Gordura no fígado: sintomas, causas e remédios naturais

gordura-no-fígado

Por padrão, é comum que todos tenham uma certa quantidade de gordura no fígado. No entanto, quando a gordura no fígado passa de 5 a 10% do seu peso total isto então pode ser considerado caso de esteatose.

Entenderemos os sintomas, causas, e remédios naturais que podem ser utilizados no tratamento da gordura no fígado.

Sintomas de que se está com gordura no fígado

Normalmente o excesso de gordura no fígado não causa sintomas diretamente associativos. No entanto, pode apresentar quadros de fadiga e até mesmo alargamento da área do fígado, de forma a ser percebida na parte externa. Quando há excesso de gordura no fígado, o mesmo pode inflamar e ficar extremamente inchado, causando dores e desconfortos. Um médico geral será capaz de detectar este quadro com um simples exame físico.

Quando acontece inflamação por causa da gordura no fígado, a pessoa tende a perder peso por falta de apetite, e pode também apresentar muita fraqueza e dores abdominais.

Causas da gordura no fígado

Como o fígado é o órgão responsável por processar todos os alimentos e líquidos ingeridos por nós, a gordura no fígado é muito comum em pessoas que sofrem com o alcoolismo ou mesmo naquelas que bebem demais (de forma quase eventual).

A gordura se armazena pois o fígado se torna incapaz de processar o que está sendo ingerido, começando a armazenar as células de gordura e a prejudicar seu processamento.

Embora o alcoolismo e o consumo excessivo de bebidas sejam as causas mais evidentes de gordura no fígado ou esteatose, há diversos outros fatores que também podem ocasionar este quadro (que em estágios avançados tende a ser fatal para a saúde).

Além do alcoolismo já citado, dentre as causas mais comuns da gordura no fígado (ou até mesmo “fígado gorduroso”) estão a diabetes, efeitos colaterais de alguns medicamentos como esteroides, aspirina, tetraciclina, hiperglicemia e principalmente a obesidade.

As causas mais comuns do fígado gorduroso são:

* Alcoolismo

* Obesidade

* Alta ingestão de açúcar e doces

* Consumo de medicamentos (em geral não recomendados) como aspirina ou mesmo esteroides no caso de atletas

Remédios naturais para gordura no fígado

Não há exatamente tratamentos, cirurgias ou medicamentos que possam acabar com a gordura no fígado.

Recomendações básicas que são muito eficientes a fim de evitar este quadro:

* Evitar a obesidade

* Evitar consumo de bebidas alcoólicas

* Evitar o consumo exagerado de açúcar

* Evitar ingestão de alimentos ricos em sódio e etc

É também importante manter uma alimentação saudável sem gordura. Nestes termos, aconselha-se a substituição de carnes vermelhas por carnes brancas como peixe e frango. Sempre que possível a ingestão diária de frutas como maçã, banana e mamão.

Remédios naturais que podem ser utilizados para reduzir a gordura no fígado:

 

Cebola

Pode ser servida tanto em uma salada como no tempero de alimentos.

Veja aqui algunas receita: CEBOLA EMPANADA, CARAMELIZADA E OUTRAS RECEITAS

Maçã

Por ser um desintoxicante natural a maçã será capaz de eliminar as impurezas do corpo e auxiliar o fígado em seus processos naturais.

Chás

Chá de alface e carqueja serão excelentes para a manutenção do metabolismo e circulação, favorecendo que o fígado possa exercer suas funções sem dificuldades.

Embora o fígado gorduroso ou gordura no fígado não apresentem sintomas diretos, com o passar do tempo o quadro pode se agravar, e como já mencionado, pode apresentar inflamação e dores na região. Portanto, caso você possua algum dos hábitos de risco (como alcoolismo) é importante a constante visita ao médico para que ele possa examiná-lo e saber se a gordura no fígado pode ser o seu caso, e até mesmo para eventuais outras doenças oriundas deste hábito.

Fonte: healthline.com

Especialmente indicado para você:

CONHEÇA 10 ALIMENTOS QUE PURIFICAM O FÍGADO

PURIFICAR O FÍGADO: 10 REMÉDIOS NATURAIS

ÓRGÃOS E EMOÇÕES: A QUE EMOÇÃO CADA ÓRGÃO CORRESPONDE?