Contra obesidade: chá de cedrico, a planta brasileira reduz peso e gordura no fígado

Contra obesidade: chá de cedrico, a planta brasileira reduz peso e gordura no fígado

Uma pesquisa brasileira realizada pelo Programa de Pós-graduação em Biotecnologia Industrial da Universidade Positivo (UP), no Paraná, revelou animadoras propriedades terapêuticas de uma planta conhecida como cedrico.

Nativa das Florestas de Araucária, a cedrico, Picramnia excelsa, mostrou resultados satisfatórios no tratamento da obesidade, pois favorece a redução do peso corporal.

O estudo

O chá da casca da planta foi administrado em ratos em um período de 30 dias, depois dos animais terem sido alimentados com uma dieta hipercalórica durante 24 semanas.

Como explicou ao Bem Paraná, a pesquisadora e professora do Programa de Mestrado em Biotecnologia Industrial da UP, Eliane Carvalho de Vasconcelos:

“Observamos que o chá administrado nos animais, que receberam dieta hipercalórica e hiperglicêmica, se mostrou capaz de reduzir o ganho de peso e os índices glicêmicos. E, inclusive, notamos redução da gordura no fígado”.

Além de ajudar no combate à perda de peso e obesidade, a planta também se revelou portanto promissora no tratamento da diabetes. “Os benefícios foram claros”, atestam os pesquisadores.

A ideia agora é testar e desenvolver um produto fitoterápico, aprová-lo na Anvisa para poder comercializá-lo. Ademais, a planta não apresentou toxicidade.

Embora o teste em animais seja realmente uma crueldade, a equipe informou que a pesquisa seguiu todas os protocolos para garantir respeito e ética aos animais testados, tendo sido previamente aprovada pelo Comitê de Ética em Uso de Animais em Pesquisa da Universidade Positivo e seguido as recomendações do Colégio Brasileiro de Experimentação Animal (COBEA).

Talvez te interesse ler também:

Gordura no fígado: sintomas, causas e remédios naturais

Contra diabetes e fígado gordo: extrato de jabuticaba

Um ouro verde: o abacate é precioso para o fígado

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *