Suplementos à base de “ervas” podem ser danosos para o fígado e as mulheres são as mais prejudicadas

Suplementos à base de “ervas” podem ser danosos para o fígado e as mulheres são as mais prejudicadas

Uma pesquisa realizada pela Associação Americana de Gastroenterologia – AGA, teve como objetivo analisar o crescente consumo pela população latino-americana, principalmente por parte das mulheres, de suplementos fitoterápicos e dietéticos e a correlação destes com a toxidade hepática como causa e efeito.

A pesquisa, analisou 367 casos de lesões hepáticas entre outubro de 2011 a dezembro de 2019, e verificou que em 29 deles, ou seja 8%, a causa foi o uso de fitoterápicos e dietéticos à base de ervas.

Os pacientes apresentavam tipicamente lesão hepatocelular (83%) e icterícia (66%). Mas houve casos graves, uma média de 17% desenvolveu insuficiência hepática aguda e 21% necessidade de transplante de fígado.

Conforme a revista Veja noticiou, a pesquisa concluiu que em casos de toxidade hepática por uso de fitoterápicos a chance de ocorrência de forma mais grave é de 21%, enquanto que pelo uso de anabolizantes e fármacos tradicionais as chances caem pela metade, 11%.

Para chegar a essa conclusão, as análises foram comparadas com 322 casos de hepatotoxicidade devido à drogas convencionais e 16 casos devido a esteróides anabolizantes.

Herbalife e Garcinia cambogia

Como resultado, a Associação Americana de Gastroenterologia faz um alerta: a maioria dos casos envolveu o consumo dos produtos feitos com Camellia sinensis (a planta que dá origem aos chás verde, branco, oolong e preto), produtos Herbalife® e Garcinia cambogia, usados ​​principalmente para perda de peso.

Mulheres jovens são as mais afetadas

Ainda de acordo com a pesquisa, as mulheres são as mais afetadas, porque são as que mais fazem uso desse tipo de fitoterápicos.

A idade média foi de 45 anos, em 66% dos casos entre as mulheres.

Não tome suplemento sem indicação médica

Com base nestas informações, nem precisa falar que todo e qualquer suplemento deve somente ser usado mediante indicação médica.

Muitas vezes, as pessoas usam suplementos fitoterápicos e dietéticos sem nenhuma análise prévia, sem nenhum critério o que além de não trazer resultados, é um desperdício de dinheiro e ainda pode causar, como vimos, sérios danos à saúde.

Compartilhe com aqueles amigos que vivem inventando moda de suplemento. Ademais, para emagrecer não existe ainda nenhuma fórmula milagrosa. Essa é a realidade.

Talvez te interesse ler também:

Nutracêuticos: o que são e para que servem

Ginástica hipopressiva: diminui barriga, dor nas costas e muito mais

Fígado gordo: novo estudo confirma que a proteína animal favorece a esteatose hepática

Suplementos alimentares podem fazer mal? É proibida a automedicação

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *