O Gato e sua Maestria, com seus Mistérios e Sabedoria

  • atualizado: 
gato

O gato é um animal que expressa mistério e sabedoria. Ele, com sua natureza e seu modo de agir, nos dá verdadeiras lições de vida.

Não é à toa que, desde a antiguidade, é tido como símbolo místico e, em várias religiões milenares, personifica vários deuses e símbolos de magia.

Pelo aprendizado que podemos adquirir com os bichanos, a escritora espanhola Paloma Díaz-Mas extraiu do comportamento desse felino, vários ensinamentos para nossa existência e escreveu o livro “O que aprendemos com os gatos” (Editora Planeta).

Nesta matéria, vamos abordar alguns aspectos desse aprendizado com o mestre Gato:

  1. O que aprendemos com os gatos
  2. O misticismo e o mistério do gato
  3. Simbologia do gato
  4. Conclusão

1. O QUE APRENDEMOS COM OS GATOS

gato sorri

O sentido das coisas está no valor que as damos

Os gatos valorizam o que faz sentido para eles.
Um fio de barbante para eles, representa horas de diversão.
E onde quer que seja, vai com seu fio de barbante, para cá e para lá!
Valoriza muito seu barbante mastigado e desfiado.
Se seguirmos o exemplo do amigo felino, vamos valorizar a simplicidade em nosso dia a dia.
Viver sem sentido, não faz sentido! 

Viver com atenção

Os gato nos ensinam a importância de estarmos atentos em cada situação.
Eles são ágeis de escapar dos perigos, quando se deparam com o que pode fazer mal à eles, não ficam analisando e pensando:
O que faço?
Eles, simplesmente, agem!
Os professores gatos nos ensinam à ter mais atitude, nem que seja desviar do que nos faz mal!

Não desperdiçar energia

O gato é hábil em utilizar sua energia com equilíbrio.
Age, conforme o momento
Só reage quando precisa reagir.
E relaxa quando necessita relaxar.
Ele não fica se preocupando com o que tem que fazer amanhã, como nós fazemos, desperdiçando nossa energia.

Capacidade de se aquietar

Gatos meditam melhor do que nós.
Quando se aquietam, relaxam e ficam em paz no cantinho que escolhem, para isso, não ficam forçando para relaxar, como fazemos quando tentamos meditar.
Os gatos vivem o momento, de forma inteira e presente.

Ser da perspicaz e observador

Gatos são perspicazes (têm agudeza de espírito).
Antes de se aproximar de alguém, ou de alguma situação, observam à distância e quando vêm que podem confiar se aproximam
Nós, ao contrário, nos iludimos com as aparência e nos deixamos enganar pelos outros.

Organização no dia a dia

Gatos têm seu modo de se organizarem e na rotina, do dia-a-dia, refletem isso.
Se percebem alguma alteração, ficam alertas e vão dar um jeito de reorganizar a situação, assim se sentem seguros.
Um exemplo disso é o gato estar acostumado com a brincadeira de seu tutor, ao chegar em casa, se um dia, ocorrer dele chegar e não der atenção à ele, perceberá que tem algo errado ou que seu humano não está bem!
Não vai sossegar enquanto a situação não se normalizar.
Irá seguir o seu amigo humano e miando atrás, até chamar à atenção dele, e vê-lo bem e brincando, novamente, com ele.

Respeito é sempre bom

Gatos são sérios e altivos (elevados), ao contrário do cachorro que não liga que seu tutor faça certas brincadeiras, como por exemplo, colocar fantasias nele.
O gato se impõe e não aceita brincadeiras que não gosta e tirem seu sossego.
Enquanto não arrancar a fantasia, não vai sossegar, isto se o humano conseguir colocar nele, pois,é provável que nem deixará com sua reação felina.

2. O MISTICISMO E O MISTÉRIO DO GATO 

gatos afofam ou amassam pão 2

Os gatos são nossos guardiões no mundo invisível, assim como os cães são nossos guardiões no mundo físico.

Os felinos têm a capacidade de transmutar as energias negativas do ambiente em que vivem e das pessoas com as quais convive.

Eles enxergam outras dimensões, por isso, têm momentos que eles ficam olhando para o nada, para nós que não enxergamos pode ser nada, mas eles estão vendo o que não vemos.

Quando nosso amigo felino fica demais em determinado lugar, provavelmente, ele está percebendo a vibração negativa do local e isso é indício que a energia desse ambiente precisa ser melhorada.

Se o "humano de estimação" do gato está com energia negativa, o felino sente e se aproxima dele para desencadear a transmutação (transformação) dessa vibração energética.

Caso a quantidade de energia densa e negativa for enorme, o gato pode adoecer.

Isso nos chama a atenção que por amor a nós e a nossos animais, precisamos cuidar de nossa energia, assim não adoecemos e nem adoecemos nossos amorosos animais.

Quanto mais vivemos com harmonia, melhor o nosso ambiente e nossa energia, consequentemente, nossos "pets" (animais de estimação) serão mais felizes e saudáveis.

O gato como ser interdimensional (se relaciona e interage com as dimensões) pode nos acompanhar quando dormimos e vamos à quinta dimensão, o mundo dos sonhos.

Nessas viagem astral, eles protegem nosso corpo astral, além de ao dormir conosco no quarto nos dar proteção espiritual.

Os gatos nos ajudam em nossa evolução, eles transmitem informações sobre nós, aos seres das dimensões superiores, para recebermos ajuda e orientação deles.

Estes seres são professores do amor. Um amor livre e independente, sem apego, respeitando a individualidade e o espaço do outro, pois é assim que os gatos amam!

Existem pessoas que não aceitam essa forma do gato ser e o rotulam de frios e interesseiros, mas isso não passa de uma projeção que, de repente, representa a forma apegada e dependente que a pessoa se relaciona com os outros.

Outra lição que os gatos nos dá é que eles são conquistados pela confiança e pelo respeito, não por chantagem para ter o afeto deles.

Os felinos são muito sinceros e desapegados, quando não sentem vontade de mostrar afeto, não mostram, ficam na deles.

Um gato, quando aparece em nossa vida, vem para nos ajudar, de alguma forma, se não pudermos adotá-lo retribuamos a amorosidade dele, arrumando um lar para ele.

A forma como gato reage à determinada visita retrata como essa pessoa é, e o amigo felino percebe.

Das pessoas que os gatos confiam, eles se aproximam, é a forma que nosso amigo felino tem de nos proteger e sinalizar que a pessoas são de confiança.

3. A SIMBOLOGIA DO GATO

gato maestria

 

Segundo o Xamanismo, o gato, é considerado um totem de força e cura, está associada aos seguintes aspectos:

  • misticismo;
  • proteção espiritual;
  • superação;
  • forte imaginação;
  • agilidade;
  • precisão;
  • magnetismo;
  • sensualidade;
  • autoconfiança;
  • organização;
  • liberdade;
  • vontade;
  • plenitude;
  • prudência;
  • vitalidade;
  • perspicácia;
  • e independência.

Para o Xamanismo quando uma pessoa tem o gato como animal de poder, ela possui as mesmas características desse animal:

  • vive com magia e aprecia o mistério e o oculto;
  • é independente e livre;
  • gosta da noite, do oculto e do mistério;
  • só se relaciona com pessoas que confia (seletividade) ;
  • é reservada e calma, entre outras características.

No Egito Antigo o gato simbolizava a deusa Bastet, representada, comumente, com corpo de mulher e cabeça de gata.

Segundo a Astrologia Chinesa pessoas nascidas sob a influência do signo do gato possuem as características desse animal:

  • Assim como os gatos, são pessoas muito independentes e agem conforme a vontade delas, não aceitam ser controladas.
  • São charmosas, estratégicas, curiosas e atentas;
  • Têm flexibilidade, gostam de conforto;
  • Possuem postura altiva e elegante, mas apreciam a simplicidade;
  • Amam, sem anular sua vontade;
  • São mansas e observadoras;
  • Só reagem quando necessário;
  • Apreciam a solidão;
  • Gostam de ambientes calmos e de sossego.

Na Alquimia, os gatos são vistos como magos, pelo poder que têm de cura e transmutação e a capacidade de interagirem com outras dimensões.

Os gatos são vistos pelos praticantes da Yoga como verdadeiros iogues, por através de seus movimentos expressaram, de forma instintiva e natural, as asanas (posições) dessa prática oriental.

Esotericamente, o gato é tido como arquétipo de espiritualidade e magia, por ser um animal que une sensualidade com espiritualidade, nos remetendo ao fato que mundos espiritual e físico não são separados, fazem parte de um todo.

gato maestria 2

4. CONCLUSÃO

Para concluir, é importante compreender que estamos cercados por mestres que fazem parte da Natureza, e o gato é um deles!

Leia também: OS ENSINAMENTOS E A SIMBOLOGIA DA CORUJA

Respeitemos e aprendamos com os ensinamentos dados por esse felino, e por todos os outros animais!

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!