©papazachariasa/Pixabay

Cardo-mariano: para que serve, quais benefícios e como usar

Cardo-mariano: para que serve, quais benefícios e como usar

O cardo-mariano (Silybum marianum) é uma planta milenar que vem sendo utilizada para diversos fins medicinais. Atualmente, a própria ciência reconhece sua eficácia no tratamento de várias doenças.

Como não podia deixar de ser, o greenMe traz informações sobre essa planta para que suas valiosas propriedades medicinais possam beneficiar a saúde das pessoas.

História

Desde 400 a.C., suas sementes vêm sendo utilizadas como remédio para várias doenças, principalmente relacionadas ao fígado.

Também, serviam para fazer uma bebida semelhante ao café.

Antigamente, na Europa, utilizava-se as folhas dessa planta em saladas.

Plínio, o Velho (23-79 dC), um médico e naturalista romano, escreveu sobre o uso medicinal do cardo-mariano que considerava excelente para doenças relacionadas ao fígado.

O alquimista e médico Paracelso (1493-1541) também conhecia e indicava o cardo-mariano para o tratamento de várias doenças.

O médico e naturalista Pietro Andreia Matthiole (1501-1507) atribuía ao cardo-mariano às propriedades hidragoga (eliminar líquidos), colagoga (estimulante da secreção biliar) e o diurética (aumenta a excreção de água pelos rins).

Na Medicina Tradicional Chinesa, o cardo-mariano é considerado revigorante da energia dos meridianos do fígado e dos rins.

Origem da planta e habitats

O cardo-mariano é uma planta originária de áreas situadas desde o sul da Europa até a Ásia.

Para nossa sorte, essa planta foi introduzida em outras partes do mundo e atualmente podemos encontrá-la até no Brasil.

Nomes científico e populares

O nome científico da planta cardo-mariano é Silybum marianum. Entretanto, é conhecida por diversos nomes populares, como:

  • cardus-marianus
  • cardo-de-leite
  • cardo-leiteiro
  • cardo-de-Santa-Maria
  • cardo-de-leite-mediterrâneo
  • cardo-variegado
  • cardo-sagrado
  • cardo-santo
  • cardo-de-Nossa Senhora
  • cardo-branco
  • serralha-de folhas-pintadas

Origem do nome

Também chamado de cardo-leiteiro (milk thistle em inglês), acredita-se que seu nome popular venha de uma lenda onde a Virgem Maria, fugindo do rei Herodes, teria escondido seu filho em um bosque de cardos para protegê-lo. Dos cardos surtiam leite, dai a relação da planta com sua propriedade galactogênica, ou seja, ajuda na produção da prolactina, o hormônio da amamentação.

Características

O cardo-mariano é uma erva ereta que pode alcançar de 30 a 200 cm de altura.

O caule pode apresentar uma penugem.

As folhas são lanceoladas, com bordas espinhosas, e possuem veias brancas como leite.

As flores apresentam tonalidades da cor púrpura. São lindas e super atraentes para abelhas, e borboletas. O néctar e o pólen encontrados em abundância nestas flores fazem com que o cardo-mariano seja uma das plantas mais populares entre os insetos polinizadores e não polinizadores.

Além disso, as sementes de cardo são uma importante fonte de alimento para pássaros e outros animais selvagens, bem como para uma variedade de invertebrados.

©Michael Hodgins/Pexels
©Michael Hodgins/Pexels

Cultivo

O cardo-mariano é cultivado principalmente como planta medicinal, mas também pode ser utilizado como alimento.

Seu cultivo se dá principalmente na Europa e também na Ásia e na América do Norte.

Essa planta é resistente à seca e não exige muitos cuidados.

O pH de solo ideal varia de 5,5 a 7,6, mas também se adapta a outros níveis de pH.

Germina principalmente através das sementes.

A época ideal para realizar a semeadura dessa planta é nos períodos de outono ou primavera.

Composição Química

Nas sementes do cardo-mariano concentra-se um de seus principais princípios ativos, a silimarina.

A silimarina é constituída por uma fusão de moléculas polifenólicas e um flavonóide (antioxidantes).

Propriedades

Devido à sua composição química, o cardo-mariano possui propriedades antioxidantes, antivirais e anti-inflamatórias.

Benefícios do cardo-mariano

Por conta de suas propriedades, o cardo-mariano traz os seguintes benefícios para a saúde:

Proteção ao  fígado

Há muito tempo o cardo-mariano vem sendo usado para tratar problemas no fígado como:

Inclusive, essa revisão de estudos descreve a eficiência do cardo-mariano no tratamento de doenças hepáticas.

Esse outro estudo descobriu que o cardo-mariano pode beneficiar pacientes com cirrose hepática.

Prevenção do declínio cerebral

Outro uso tradicional e medicinal do cardo mariano é o de tratar doenças neurológicas.

O cardo-mariano tem sido útil para prevenir e retardar o avanço do Alzheimer e mal de Parkinson.

Graças às suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, a planta atua como neuroprotetor, evitando a degeneração cerebral.

Foi demonstrado nessa revisão de estudos que o cardo-mariano pode ser capaz de reduzir os danos provocados pela doença de Alzheimer.

Proteção óssea

O cardo-marciano estimula a mineralização óssea e combate a perda óssea.

Por ter essas propriedades, pode ajudar a tratar osteoporose e perda óssea decorrentes da menopausa.

Esse estudo piloto feito em mulheres pós-menopausa acometidas pela osteoporose constatou que a silimarina sozinha promoveu significativa melhora, embora menor do que em pacientes tratados só com alendronato ou combinado com silimarina.

Tal resultado levou à conclusão que a silimarina administrada isoladamente pode servir como medicamento para a osteoporose pós-menopausa.

Combate  ao câncer

Os antioxidantes da silimarina estão associados à propriedade anticancerígena, que pode ser útil como terapia complementar para quem está fazendo tratamento contra o câncer.

Vários estudos de laboratório em células de carcinoma humano evidenciaram os efeitos quimiopreventivos e anticancerígenos da silimarina e silibina, principais princípios ativos contidos no cardo-mariano.

Aumenta a produção de leite materno

O cardo-mariano pode aumentar a produção de leite materno porque estimula a produção de prolactina, hormônio responsável pela produção de leite.

Esse estudo descobriu que as mães que tomaram 420 mg de silimarina por 63 dias, produziram 64% mais leite do que aquelas que tomaram placebo.

Combate à acne

Devido aos efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios do cardo-mariano, essa planta pode ser útil para pessoas com acne.

Foi descoberto através desse estudo que pessoas com acne que tomaram 210 miligramas de silimarina por dia durante 8 semanas, experimentaram uma diminuição de 53% nas lesões de acne.

Redução dos níveis de açúcar no sangue

Essa planta pode ajudar a controlar o diabetes tipo 2.

Foi descoberto, nesse estudo, que o cardo-mariano pode funcionar de forma semelhante a alguns medicamentos para diabéticos, combatendo a resistência à insulina e diminuindo o açúcar no sangue.

Para que serve o cardo-mariano

Por conta de suas propriedades e benefícios, o cardo-mariano serve principalmente para:

  • tratar distúrbios do fígado e da vesícula biliar
  • promover a produção de leite materno
  • prevenir e tratar o câncer
  • proteger o fígado de intoxicações

Como usar o cardo-mariano

O uso medicinal do cardo-mariano pode se dar através de:

  • Cápsulas e comprimidos: dosagem vem prescrita na bula
  • : 1 a 2g ao dia
  • Tintura: 2 a 5mL ao dia
  • Extrato fluido: 1 a 2 ml ao dia
  • Chá (veja a receita aqui abaixo)

Para a sua segurança, as doses e formas de uso devem ser indicadas por um médico.

Receita do chá

Para fazer um chá de cardo-marciano será preciso:

Ingredientes

  • 1 colher de sopa dos frutos secos (aquênios) do cardo-mariano
  • 500 ml de água

Preparo

  1. Adicione 1 colher de sopa dos frutos do cardo-mariano à água.
  2. Leve para ferver.
  3. Quando levantar fervura, desligue o fogo, tampe e deixe em repouso de 10 a 15 minutos.
  4. Em seguida, coe e beba. Use os frutos que sobraram para a produção de adubo.

Dosagem do chá

Tomar de 2 a 3 xícaras ao dia.

Onde comprar cardo-mariano

É possível encontrar o cardo-mariano em suas diversas formas em farmácia fitoterápicas, casa de ervas e lojas de produtos naturais, físicas ou virtuais.

Toxicidade

Por causa do nitrato nela contido, a planta é tóxica para bovinos e ovinos.

Devido a isso, quem tem criação desses animais deve mantê-los longe dessa planta.

Efeitos colaterais

Em geral, o uso do cardo-mariano é considerado seguro. Porém, pessoas sensíveis aos componentes da planta, podem manifestar:

Contraindicações

O uso de cardo mariano não é indicado nos seguintes casos:

  • Gravidez
  • Crianças até 10 anos
  • Pessoas alérgicas à alcachofra, kiwi, ambrósia, margarida, malmequer e crisântemo, porque têm maior risco de manifestar reações alérgicas ao cardo-mariano.
  • Em indivíduos que apresentam obstruções das vias biliares.

Precaução de uso

Diabéticos devem consultar o médico antes de fazer uso do cardo-mariano, porque essa planta baixa muito o açúcar no sangue, correndo o risco de provocar uma hipoglicemia.

Por isso, se for utilizar o cardo-mariano, o faça com acompanhamento médico.

Interações medicamentosas

O cardo-mariano pode alterar os efeitos de medicamentos que tratam colesterol alto, infecções, diabete, insônia e pressão arterial,  Por isso, o recomendado é não utilizar o cardo-mariano concomitante com esses medicamentos.

Consulte o médico

Antes de fazer uso do cardo-mariano para algum tratamento, consulte um fitoterapeuta ou médico para avaliar dosagem, forma de tratamento e se existe contraindicações para o seu caso em particular.

Um remédio milenar

O cardo-mariano é usado há 2.000 anos como remédio herbal para uma variedade de doenças.

As propriedades terapêuticas dessa planta continuam sendo valiosas e cada vez mais atuais!

Para mais conteúdos sobre usos e benefícios de plantas, confira:

Do Babaçu tudo se aproveita. Conheça usos e benefícios

Óleo essencial de hortelã-pimenta: todos os usos e benefícios

Acácia-branca (Moringa oleifera): surpreendentes usos e benefícios

Mil-folhas: planta medicinal amiga das mulheres. Usos e benefícios

Óleo essencial de canela usos e benefícios: emagrece e muito mais

Páprica: propriedades, usos e benefícios desta especiaria doce e picante

SAPOTI, fruto de árvore majestosa, cheio de sabor, usos e benefícios!

Papoula: Usos e benefícios na medicina popular

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.