Pimenta rosa: tempero delicado e cheio de benefícios. Como usar

Pimenta rosa: tempero delicado e cheio de benefícios. Como usar

Em casa, é comum todo mundo ter pimenta preta, também conhecida como pimenta-do-reino. Mas o mundo das pimentas é variado e cheio de sutilezas. Existe um outro tipo de pimenta que você pode usar nos seus preparos culinários cheia de beleza e delicadeza: é a pimenta rosa.

Sobre a planta, a aroeira

A pimenta rosa, também conhecida como aroeira-vermelha, aroeira-pimenteira ou poivre-rose, é uma planta do gênero Schinus. A que costumamos ver por aqui, principalmente no litoral, é a Schinus terebinthifolia, espécie nativa da América do Sul, com frutos de sabor suave e perfumado.

Outros nomes populares dela são: aguaraíba, aoreira, aroeira-branca, aroeira-da-praia, aroeira-do-brejo, aroeira-do-campo, aroeira-do-paraná, aroeira-mansa, aroeira-negra, aroeira-precoce, aroerinha-do-iguapé, bálsamo, cambuí, fruto-do-sabiá.

As suas folhas têm propriedades balsâmicas e sua casca tem efeitos adstringentes e antissépticos.

É uma boa planta para cultivo, visto que as abelhas são atraídas por suas flores, contribuindo para a polinização.

Embora seja chamada de pimenta, a pimenta rosa não é uma pimenta verdadeira (Piper nigrum).

A aroeira é PANC (Planta Alimentícia Não Convencional). Isso porque a pimenta rosa que compramos no supermercado geralmente vem da França, sendo que se trata do mesmo gênero de planta, ou seja, da aroeira.

Veja outras curiosidades sobre essa PANC no vídeo da Epagri:

Usos medicinais

A pimenta rosa pode ser usada em forma de chás, banhos, sabões e unguentos sobre a pele com lesões e mucosas.

Seu efeito curativo atua não apenas na derme, mas também sobre problemas ginecológicos, podendo ser usada como pomada ou banho de assento.

Na medicina popular brasileira, a planta ainda é usada para o tratamento de diversos males:

  • febres
  • reumatismo
  • sífilis
  • atonia muscular, distensão dos tendões, artrite
  • problemas digestivos
  • doenças respiratórias
  • hipertensão
  • hemorragias
  • e dor de dente

O site Health Benefits Times ainda lista uma série de outros usos:

  • depressão
  • problemas oftalmológicos
  • diarreia
  • problemas digestivos

Claro que qualquer utilização médica da planta deve ser feita apenas após recomendação médica. Nunca se automedique, atenção à interação medicamentosa se tiver tomando medicamentos.

Benefícios da pimenta rosa

A pimenta rosa é rica em diversas vitaminas: A, B1, B2, C e E, além de minerais como cálcio e ferro.

Segundo a Veja Saúde, pesquisas realizadas pela Universidade de São Paulo (USP) descobriram potentes antioxidantes na planta, princípios ativos que ajudam a retardar o envelhecimento das células e diminuir o risco de doenças degenerativas.

A planta funciona como um tônico natural para o estômago, ajudando no processo digestivo.

Suas propriedades antissépticas atuam no tratamento de feridas e infecções, além de contribuir para amenizar as dores de cólicas menstruais e de dente.

Como e onde usar

Com tantos benefícios e com esse sabor refinado, adocicado e delicado, é hora de usar a pimenta rosa nas receitas.

Em preparos culinários, as pimentas precisam antes passar pelo processo de secagem. Se inteiras, podem ser usadas em pratos quentes, da marinada ao cozimento. Se moídas, podem ser usadas na finalização de saladas.

Por sua consistência macia e sua cor vibrante, pode ser aplicada na decoração culinária  pois dá vivacidade e elegância aos pratos.

Por seu sabor suave, a pimenta rosa harmoniza bem com praticamente todos os tipos de pratos: legumes, cremes, suflês, molhos e omeletes.

A Bombay Herbs & Spices dá a dica de utilizá-la inclusive para aromatizar pratos doces, como sorvetes e trufas de chocolate meio amargo ou em uma trufa cremosa de chocolate branco!

O site italiano Cure Naturali lembra que no Equador, a pimenta rosa é muito popular, usada também para dar sabor a licores e vinagres. No Chile, é usada para aromatizar vinhos, enquanto no México é usada na preparação de pulque, uma bebida tradicional alcoólica muito antiga.

Você poder colocar na tua caipirinha fit ou em outros coquetéis.

Por fim, que tal fazer um molho de pimenta com pimenta rosa? No molho agridoce ela vai cair como uma luva.

Humm… que delícia!

Talvez te interesse ler também:

Vinagre de romã emagrece! Todos os benefícios e como tomar

Comidas africanas: resgatando a cultura afro-brasileira pela boca

Goma Xantana: o que é, para que serve, é saudável ou faz mal?

Alimentos termogênicos: o que são, quais são, por que ajudam a emagrecer? 

Bolo de banana fit: escolha a sua receita. Veja 6 opções

Alface americana: a mais gostosa é também a mais saudável?

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *