A importância do magnésio na menopausa 

A importância do magnésio na menopausa 

O magnésio é um mineral absolutamente importante para o organismo, por conter vários propriedades vitais para o seu bom funcionamento.

É o quarto mineral mais abundante no corpo estando reconhecidamente relacionado como cofator para mais de 300 reações enzimáticas!

O magnésio no corpo humano tem as seguintes funções:

  • Necessário para a síntese, reprodução e síntese das proteínas do DNA e RNA
  • Regulação da contração muscular
  • Regulação da pressão arterial
  • Atua no metabolismo da insulina
  • Regula a excitabilidade cardíaca, o tônus ​​vasomotor, a transmissão nervosa e a condução neuromuscular
  • Regula o humor
  • Promove fortalecimento da estrutura óssea
  • Garante a regularização dos níveis hormonais

Baixos níveis de magnésio estão associados a uma série de doenças como Alzheimer, resistência à insulina, diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares, enxaqueca e transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH).

Especialmente para mulheres em pré ou na menopausa este mineral é importante, pois ele ajuda a reduzir sintomas e a minimizar os desconfortos típicos desse período, possibilitando uma transição de melhor qualidade nessa fase complicada da vida feminina.

A importância usar magnésio na menopausa

Durante a menopausa a mulher pode passar por diversos sintomas relacionados a:

  • Ondas de calor
  • Aumento de peso
  • Insônia crônica
  • Redução da massa óssea e muscular
  • Mudanças hormonais.

Para minimizar esses riscos, o magnésio atua como um excelente elemento para auxiliar em reações bioquímicas realizadas pelas enzimas do organismo, o que favorece seu funcionamento mais equilibrado.

O magnésio permite gerar energia quando da ingestão de alimentos, atua em regular o sistema nervoso, no relaxamento muscular e na formação de novas proteínas, entre outras finalidades importantes para o equilíbrio do funcionamento do corpo.

Sua reposição pode ser feita através de alimentos ricos em magnésio ou pelo uso de suplementos.

Fontes alimentares de magnésio

As fontes alimentares mais ricas em magnésio são sementes e nozes, feijões e vegetais de folhas verdes também são fontes relativamente ricas.

Algumas fontes de magnésio para você incluir em sua dieta são:

Os benefícios comprovados do uso do magnésio na menopausa

Magnésio atua no fortalecimento dos ossos e cartilagens

Aproximadamente 60% do magnésio é armazenado nos ossos, sendo assim, este mineral  desempenha um papel fundamental na prevenção da osteoporose, uma condição definida como baixa densidade mineral óssea, que afeta entre 10–30% das mulheres na pós-menopausa.

Reduz estresse e ansiedade

A depressão é um sintoma comum para as mulheres na pré, durante e no pós-menopausa. Embora as causas da depressão possam ser muitas, níveis suficientes de magnésio ajudam a driblar e ou prevenir ansiedade, depressão e estresse porque o magnésio desempenha um papel fundamental na função cerebral e na regulação do humor.

Leia mais

Melhora a qualidade do sono

O magnésio pode melhorar a qualidade do sono pois ele ajuda a regular o nosso relógio biológico, e aumenta o relaxamento muscular.

Melhora a saúde do coração

O magnésio reduz os riscos de doenças cardíacas, com a melhora das funções da circulação sanguínea. Níveis mais baixos de magnésio estão associados a problemas cardíacos. Este mineral ajuda a controlar as contrações musculares cardíacas, bem como os impulsos nervosos.

Contraindicações

As fontes alimentares de magnésio são abundantes e deliciosas. Invista na alimentação saudável.

Consulte um médico se quiser fazer uso de suplemento. Embora o excesso de magnésio nos alimentos não seja preocupante, pois o corpo excreta o seu excesso pela urina, o uso de suplemento pode causar diarreia e dor de estômago ainda que a toxicidade seja rara, ela pode ocorrer.

Se você tiver redução da função renal ou qualquer outro problema de saúde, consulte o médico antes de tomar qualquer tipo de suplemento.

Talvez te interesse ler também:

Remédios naturais para menopausa: 20 opções para driblar os sintomas

Linhaça: melhor do que os medicamentos para reduzir sintomas da menopausa

Receitas de creme e óleo de magnésio: para a pele absorver este elemento fundamental à saúde

Cúrcuma, boa também para tratar sintomas da menopausa. Saiba mais!

Menopausa precoce e infertilidade: por que cada vez mais jovens com dificuldade de engravidar?

Acupuntura é melhor que reposição hormonal no combate aos sintomas da menopausa, diz a ciência

Menopausa pode ser retardada com uma dieta rica em leguminosa e ômega 3

Menopausa aos 30 anos? É possível! Tudo sobre a menopausa precoce

6 Chás para enfrentar a Menopausa

Menopausa: dicas para aceitar serenamente esta fase da sua vida

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *