10 dicas para praticar esporte respeitando o meio ambiente

10 dicas para praticar esporte respeitando o meio ambiente

O título desse post parece ridículo, porque pessoas que praticam esporte deveriam “naturalmente” ser pessoas ligadas ao meio ambiente e à saúde. Mas nem sempre é assim.

Muita gente pratica esporte somente para ganhar músculo, muitas vezes contra a própria saúde. E se a pessoa não pensa em si, imagina se vai pensar no outro, no meio ambiente.

Mas para você que quer cuidar da sua saúde e também da saúde do planeta, veja algumas dicas para ser um esportista verde, por assim dizer.

  1. Adeus sedentarismo. Praticar esporte ou atividade física é uma atitude green porque, melhorando a saúde previne-se doenças, internações e impactos ao meio ambiente causados por hospitalizações, medicações, etc.
  2. Onde praticar esportes. As academias também causam impacto ambiental: é luz, energia, água, etc. Prefira as que tenham uma filosofia mais ecofriendly, ou faça ginástica ao ar livre, melhor ainda, em contato com a natureza. Os benefícios são incríveis.
  3. Respeito ao lugar. Mas não é em qualquer lugar na natureza que você vai praticar esporte para ser mais ecologicamente correto. Por exemplo, tem gente que decide correr em matas fechadas, abrindo novas trilhas, causando sérios danos ambientais. Bom senso acima de tudo. Uma coisa é correr no parque, outra coisa é invadir habitats mais ou menos preservados.
  4. Consumo consciente da água e outras bebidas. Não é necessário comprar garrafinha descartável de água toda vez que tiver sede de água gelada. Você já tem sua garrafinha térmica reutilizável? Prefira as de metal em vez das garrafas de plástico e encha ela com água do filtro de barro senão, você estará trocando 6 por meia dúzia.
  5. Barras de cereais. Não precisa tampouco comprar barrinhas de cereais que, além de conter produtos químicos, são cheias de embalagens. Faça você mesmo a sua barrinha de cereais caseira. Veja AQUI receitas.
  6. Suplementos. Você tem certeza que precisa de suplementos? Uma boa alimentação seria o suficiente para te dar todos os nutrientes necessários. Mas, mesmo assim, se quiser por exemplo, tomar proteína em pó, em vez de Whey Protein, que tal a proteína vegana em pó? Pelo menos você estará evitando contribuir para a crueldade da indústria do leite.
  7. Roupa de esportista.Você sabia que fibras sintéticas (aqueles tecidos muito usados por esportistas) poluem rios e oceanos porque nada mais são que microplásticos? Prefira roupas de algodão e outras fibras naturais.
  8. Fast fashion. Sem contar que muitas roupas esportivas são fast fashion, feitas para serem usadas poucas vezes e jogadas fora logo, e ainda por cima com trabalho escravo. Esporte não é moda. Lembre disso!
  9. Banho rápido depois do esporte. Tomar banho é “necessário” depois de suar, mas sem exageros. É só tirar o suor. Aliás, tem médico que não recomenda banho todo dia. Isso é uma polêmica mas, de qualquer forma, tá “liberado” apenas um banho rápido para refrescar, com respeito à preciosidade da água.
  10. Competições. Nem todas as competições são organizadas para serrem sustentáveis. Pense nisso, verifique inclusive os patrocinadores, como vimos o Cristiano Ronaldo que se recusou a beber Coca-Cola ainda que a empresa fosse a patrocinadora do evento. Consumo consciente é isso.

Talvez te interesse ler também:

Exercícios isométricos: tonificar e emagrecer sem se mexer

Pular corda: exercício completo. Emagrece, condiciona, tonifica

FitDance: a ginástica que você faz dançando e nem sente

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *