©Youtube

Água! Cristiano Ronaldo viraliza recusando Coca-Cola: ações da empresa despencam

Água! Cristiano Ronaldo viraliza recusando Coca-Cola: ações da empresa despencam

Em uma coletiva de imprensa que aconteceu em Budapeste, na segunda-feira antes de Portugal jogar contra a Hungria na UEFA EURO 2020, Cristiano Ronaldo deixou clara a sua repulsa ao refrigerante mais famoso do mundo.

Retirando duas garrafas de Coca-Cola de sua frente, colocadas propositadamente para fazer propaganda da bebida, o ato de Cristiano Ronaldo levou a empresa à uma queda de US$ 4 bilhões no preço de suas ações, segundo informou o The Guardian.

Ronaldo afasta as garrafas de Coca-Cola e coloca a de água em sua frente dizendo “água”, como quem deixa clara a sua opção e convida o público a fazer o mesmo!

Com o gesto do craque, o valor de mercado da Coca-Cola passou de US$ 242 bilhões para US$ 238 bilhões – uma queda de US $ 4 bilhões.

A Coca-Cola é um dos patrocinadores oficiais da Euro 2020. Na terça-feira, a empresa fez um comunicado dizendo que:

“todos têm direito às suas preferências de bebida” com diferentes “gostos e necessidades”.

Então tá! O recado está dado! Façam suas escolhas!

Talvez te interesse ler também:

Coca-Cola admite que produz 3 milhões de toneladas de embalagens plásticas por ano

15 razões para não beber Coca-Cola (principalmente crianças)

Sabemos que refrigerante faz mal, mas brasileiros estão entre os 10 maiores consumidores da bebida

Coca e Pepsi: até 2025 somente embalagem reciclável, reutilizável ou compostável

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *