©maria mendiola/Unplash

Coca-Cola é o lixo mais comum nessas praias

Coca-Cola é o lixo mais comum nessas praias

Quais são os tipos de lixo mais comuns nas praias de todo o mundo? O plástico descartável do delivery, como recentemente revelou uma pesquisa.

Latas, garrafas, sacolas, embalagens de comida. Tem redes de pesca também que configuram a chamada pesca fantasma, todo tipo de entulho deixado no mar pela atividade pesqueira.

Mas tem uma marca famosa também entre os tipos de lixo: a Coca-Cola!

Suas garrafas e latas foram a marca mais vista em praias do Reino Unido, de acordo com um relatório feito pela ONG de preservação marinha Surfers Against Sewage (SAS), depois de 3.913 voluntários terem coletado lixo no maior evento de limpeza coletiva realizado no Reino Unido.

Como sabemos, 20 empresas produzem mais de 50% de todo o plástico descartável do planeta, são as empresas petroquímicas que fabricam os “polímeros”, ou seja o plástico, que servirá depois à empresas como a Coca-Cola que, na verdade, já declarou sua mea culpa na poluição do planeta:

Coca-Cola admite que produz 3 milhões de toneladas de embalagens plásticas por ano

A SAS registrou 9.998 peças de lixo de marcas vinculadas a 328 empresas.

De acordo com a ONG, 12 empresas são responsáveis por quase 2/3 do lixo marinho encontrado na costa britânica. São elas: Coca-Cola, PepsiCo, AB InBev, McDonald’s, Mondelēz International, Heineken, Tesco, Carlsberg Group, Suntory, Haribo, Mars e Aldi.

Como são marcas multinacionais, é bem capaz que sejam as mesmas a poluírem o resto do mundo e, embora a culpa possa ser dada aos fabricantes do plástico, a solução precisa vir de todos.

O retorno do retornável

Agora, com esses dados, a organização pede ao governo britânico que se dê inicio a um esquema de devolução das embalagens, como antigamente se fazia.

A própria Coca-Cola se diz favorável a um esquema de devolução, bastaria colocar em prática uma política de logística reversa em todo mundo. A questão porém envolve a nossa mania por limpeza, portanto seria necessário um bom planejamento ou, simplesmente, um bom retorno ao passado: consertar em vez de comprar, reduzir e reutilizar.

Já a reciclagem não! Reciclagem não é a solução, sabe por que? Porque reciclar é sempre fabricar de novo, ademais, a extra grande maioria do plástico nem é reciclável.

A solução para o fim do plástico, se é que há solução, é combater o material na fonte ou seja, reduzir ao máximo sua fabricação, investindo em embalagens sustentáveis, reutilizáveis, compostáveis, retornáveis ou biodegradáveis.

Você voltaria ao passado e compraria bebidas em embalagens retornáveis?

Sobre a questão da poluição por plástico, talvez te interesse ler também:

Apenas 9% do plástico no mundo é reciclado! 91% vai ficar aí por + 400 anos

Em Londres, o leite é entregue em garrafas de vidro para reduzir o lixo plástico

O plano de reciclagem da Noruega que pode salvar o planeta do lixo plástico

Europa proíbe mas poluição por plástico já é quase irreversível, diz estudo

Sobre a Coca-Cola, talvez te interesse ler também:

Água! Cristiano Ronaldo viraliza recusando Coca-Cola: ações da empresa despencam

15 razões para não beber Coca-Cola (principalmente crianças)

Sabemos que refrigerante faz mal, mas brasileiros estão entre os 10 maiores consumidores da bebida

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *