Rhodiola rosea ou Raiz de Ouro → Planta Valiosa no Combate ao Estresse

  • atualizado: 
Rhodiola rosea

A Rhodiola rosea tem nomes muito chamativos - ela é conhecida como Raiz de Ouro e Raiz do Ártico ou, simplesmente, Rodiola. Mas, sua importância para o ser humano é enorme. Esta plantinha, que só nasce em terras muito frias e pedregosas, é uma “salvação” quando você está esgotado.

Da rodiola são usadas as raízes, ricas em um princípio ativo conhecido como salidroside rosea, rodioloside ou rodopsina, substância capaz de agir sobre a nossa produção de adrenalina, serotonina e dopamina melhorando nossa capacidade de recuperação em situações de estresse e também, nas funções metabólicas do organismo.

Por isso, essa plantinha e sua raíz são especialmente benéficas em casos de esgotamento físico, mental ou psíquico.

Lista do que a rodiola pode fazer por você:

Seus benefícios são muitos, veja uma lista deles e abaixo a descrição destes superpoderes.

  • age sobre a produção de adrenalina, serotonina e dopamina,
  • ajuda a nos recuperar de situações de estresse,
  • ótima em casos de esgotamento físico, mental ou psíquico,
  • combate a fadiga e o cansaço,
  • a depressão,
  • o estresse psíquico e
  • a fraqueza sexual
  • reduz a ansiedade,
  • otimiza a memória,
  • melhora da concentração,
  • aumenta a libido (é afrodisíaca) e ainda,
  • melhora o metabolismo corpóreo.
  • É coadjuvante nas dietas de emagrecimento quando o problema é metabólico e ou psicológico

Historicamente, as raízes da rodiola eram usadas pelas populações da sua região de origem - as montanhas siberianas próximas ao círculo polar ártico - como tônico e estimulante, no combate à fadiga e diversas outras situações que acometem o ser humano nessas regiões inóspita.

Na medicina popular local a rodiola também é usada para tratar problemas de depressão, estresse psíquico e fraqueza sexual pois a sua ingestão "promove energia, resistência, função sexual e desejo, reduz os produtos químicos induzidos pelo estresse, resultando em um senso de bem-estar" logo após a primeira dose.

rhodiola rosa rocha

Fonte foto

Planta adaptógena

A rodiola é uma planta adaptógena o que quer dizer que ela tem a capacidade de ajudar nosso organismo a se adaptar a situações estressantes de qualquer tipo, calibrando de maneira mais adequada a resposta energética do nosso corpo e mente, melhorando o rendimento (no trabalho, no estudo, na caminhada) e reduzindo a sensação de fadiga e cansaço.

Ela tem um efeito energizante, antioxidante e estimulante do sistema imunológico também.

Um dos efeitos do uso da rodiola é a redução da ansiedade, otimização da memória, melhora da concentração, aumento da libido e melhora do metabolismo corpóreo o que faz desta raiz um coadjuvante nas dietas de emagrecimento onde o problema é metabólico e psicológico (a ansiedade é um fator de engorda para muitas pessoas em estresse).

Na esfera sexual a rodiola atua como afrodisíaco, estimulando o contato pelo aumento da libido e, por outro, levando a uma melhora da circulação sanguínea da região pélvica, favorecendo a ereção e a irrigação do clítoris. Portanto, é benéfica para todos nós.

Contraindicações de uso

rhodiola rosa flor raiz

Flor e raízes

Segundo o site Livestrong a ingestão de rodiola deve ser cuidadosa e suas doses não devem ser excedidas pois, no excesso, sua boa ação tônica e estimulante poderá causar alguns desajustes bastante desagradáveis como, por exemplo:

Insônia - não se deve tomar rodiola, em pó ou em chá, nas horas noturnas pois afetará significativamente seu sono mantendo-o em estado de alerta (aliás, esse é um dos seus benefícios, melhorar o estado de alerta).

Irritabilidade - como é um estimulante, orgânico e mental, o excesso ou sua combinação com outros tipos de estimulantes poderá aumentar o nervosismo e a irritabilidade.

Tontura - em algumas pessoas pode causar tonturas.

Boca seca - doses prolongadas maiores do que 240 mg ao dia por 10 semanas podem resultar neste sintoma, segundo um estudo realizado pela Universidade de Califórnia de 2008.

Dose boa para usar rodiola

As doses normalmente indicadas da rodiola vão de 200 a 600 mg ao dia e deve-se tomar 1 semana, interromper 1 semana (durante a qual, se você precisar, poderá tomar outra planta adaptógena como o ginseng, por exemplo).

Talvez te interesse saber sobre outras plantas medicinais:

seta

RAÍZES DE CURA → GENGIBRE, GINSENG, DENTE-DE-LEÃO, INHAME, EQUINÁCEA, GALANGA

setaGINSENG-BRASILEIRO - "PARA-TUDO" - QUE PLANTA É ESSA?

setaGINSENG: QUANTO E COMO TOMAR POR DIA PARA VER SEUS EFEITOS