Como Fazer Conserva de Pimenta (em azeite, vinagre e com óleo de soja)

  • atualizado: 
Conserva de Pimenta

Pimentas conferem um ardidinho gostoso em salgados, caldos, sopas, molhos, patês, recheios de sanduíches, tortas, ou mesmo no arroz e feijão de cada dia. Podem ser consumidas puras in natura ou na forma de molhos e conservas. Seja como for, elas dão um gosto sui generis ao pratos além de muita saúde ao corpo. Neste conteúdo serão apresentadas algumas informações sobre os benefícios da pimenta, além de formas de uso, receitas para fazer conserva de pimenta em casa e outras dicas.

1. As principais pimentas produzidas no Brasil

As principais pimentas do gênero Capsicum produzidas no Brasil são:

  • dedo-de-moça
  • malagueta
  • jalapeño
  • pimenta de cheiro
  • cumari-do-Pará
  • pimenta-de-bode
  • murupi
  • biquinho
  • cambuci ou chapéu de frade

Leia mais em PIMENTA: OS DIVERSOS TIPOS E TODOS OS BENEFÍCIOS

2. Propriedades e benefícios da pimenta

As pimentas além do ardidinho que conferem à comida são muito benéficas para nossa saúde, devido às suas propriedades nutricionais e terapêuticas tais quais:

  • é antimicrobiana
  • anti-inflamatória
  • anticancerígena
  • digestiva
  • tem efeito gastroprotetora
  • diminui o colesterol ruim
  • tem efeito termogênico, acelerando o metabolismo, ajudando a emagrecer

As pimentas que trazem estes benefícios são as do gênero Capsicum. Essas pimentas são benéficas para a saúde porque têm como princípio ativo os capsaicinoides.

Os índios brasileiros e os da América Latina já conheciam as propriedades dessas pimentas e as utilizavam em sua alimentação.

A quantidade de capsaicinoides varia em cada uma dessas pimentas e é perceptível pela intensidade da ardência, quanto mais picante for a pimenta, maior a quantidade do princípio ativo.

Os principais benefícios de consumir pimenta para a nossa saúde são:

  • As pimentas do gênero Capsicum são ricas em vitamina C, fortalecem a imunidade e combatem as infecções.
  • São antioxidante, neutralizando os radicais livres que causam danos ao organismo.
  • Contêm vitamina E, que age retardando o envelhecimento.
  • Os carotenoides, os mesmos encontrados na cenoura, estão presentes nas pimentas e são responsáveis pela produção da vitamina A, que é importante para a saúde de nossa pele, cabelo e visão.
  • Por suas propriedades, as pimentas podem ajudar na preveção do câncer
  • no emagrecimento.
  • Promovem a saúde do coração.
  • Protegem dentes e gengivas, pois neutraliza a acidez da boca.
  • Melhora a função digestiva.

foto

3. Quantidade ideal de consumo

A única recomendação de consumo da pimenta é não exagerar. Pode-se comer pimenta, cerca de 3 a 4 vezes ao dia.

4. Como consumir a pimenta

A forma mais benéfica de consumir a pimenta é comê-la fresca, pois assim se aproveita melhor todos os seus nutrientes. Mas ela pode ser consumida também nas seguintes formas:

  • em molhos de pimenta
  • em conservas
  • em geleias
  • na páprica
  • desidratada
  • dessecada

5. Contraindicações

Não há dados científicos que atestem que a pimenta cause úlceras ou outros distúrbios digestivos, entretanto, por prevenção, é recomendado que pessoas com úlcera ou gastrite, evitem o consumo desse alimento.

Pessoas com hemorroidas também devem evitar o consumo da pimenta, porque em grandes quantidades, esse alimento pode causar a irritação do endotélio, que constitui a camada celular interna dos vasos sanguíneo, resultando em veias inchadas e dolorosas, agravando o quadro da hemorroida.

6. Riscos do consumo excessivo

É recomendável não exagerar no consumo de pimentas principalmente na forma de conservas e molhos.

Pimentas muitos fortes ou consumidas em excesso, podem causar queimaduras, bolhas na boca ou na língua, náusea, alteração respiratória e vômitos.

7. Como fazer conserva de pimenta em casa

As conservas e molhos de pimenta prontos, podem ser encontrados para comprar na maioria dos supermercados, mercearias, armazéns e lojas de produtos naturais, mas o ideal mesmo é fazê-la em casa.

Veja como é fácil fazer conserva de pimenta caseira, nas receitas abaixo:

8. Conserva de Pimenta em Azeite

Simples e fácil. Repare no vídeo do C.H.S Entretenimento que ele reutiliza o vidro do azeite para fazer a sua conserva e o vidro é escuro, que conserva melhor o óleo. A receita dele é super simples, mas dá para colocar temperinhos se você quiser embora as coisas mais simples sejam as melhores.

9. Conserva de Pimenta em Óleo de Soja

Se você achar que o azeite é caro ou que seu sabor seja demasiado marcante, saiba que dá para fazer a conserva no óleo comum, de soja ou qualquer outro. o Alex Amorim ensina direitinho no vídeo abaixo como fazer a conserva, desde a assepsia das pimentas. Confira o tutorial simples e prático:

10. Conserva de Pimenta no Vinagre

Drica na Cozinha ensina a fazer essa conserva onde você vai precisar de vinagre, água e sal, além das pimentas claro, e folhas de louro para dar um toque especial na conserva. Confira!

11. Conserva de Pimenta com Vinagre e Azeite

E para finalizar, nesta receita do Cook'n Enjoy usa-se azeite e vinagre, para ficar com os dois, no caso de dúvidas sobre em qual ingrediente é melhor conservar:

Aprenda também: RECEITAS DE MOLHO DE PIMENTA PARA INCREMENTAR SUA SAÚDE

12. Dicas de Conservação

Estas dicas garantirão a qualidade da conserva caseira de pimenta

  • Antes de mais nada, utilize pimentas em bom estado de conservação, ou seja, sem manchas e bolor .
  • Melhor optar por usar azeite de oliva extravirgem, devido ao seu PH, que contribui para manter melhor a conserva.
  • Reutilize vidros vazios de azeitona, palmitos ou afins, para colocar a conserva de pimenta.
  • Esterilize os utensílios à serem utilizados,com água fervida, seque bem.
  • Use luvas para manusear as pimentas, principalmente se sua pele for sensível.
  • Se for utilizar as pimentas inteiras na conserva, faça um pequeno corte, de comprido, de aproximadamente 2 cm, para que o vinagre entre dentro das pimentas, evitando que se deteriorem, de dentro pra fora.
  • Abra de vez em quando o vidro de conserva de pimentas curtidas no óleo, porque se ficar muito fechado, pode criar gás e explodir.
  • O uso do vinagre na conserva torna as pimentas menos ardidas.
  • Adicione uma colher de açúcar orgânico no vidro de conserva das pimentas para evitar o bolor.
  • Pode-se optar por escaldar as pimentas antes de fazer a conserva. Este processo chama-se branqueamento e diminuirá o ardido das pimentas. Para isso, é só mergulhá-lhas em água muito quente, por 15 segundos; em seguida, rapidamente, mergulhar em água com gelo ou gelada.
  • Outra forma de utilizar as pimentas na conserva é ressecanda-as ao Sol; no caso das maiores, é recomendável cortá-las no meio, senão apodrecem e não secam direito.
  • Pode-se adicionar na conserva os seguintes temperos e especiarias: alecrim, cebola, cebolinhas, salsa, pimentão, alho, folhas de louro, lascas de canela e outros.
  • Cubra todas as pimentas da conserva com o azeite, pois se alguma ficar sem o contato com esse produto, poderá embolorar e comprometer toda a conserva.
  • Mantenha a conserva bem fechada e sob refrigeração.

Depois de saber dos benefícios e formas de utilização da pimenta , que tal ter uma pimenteira em casa?

Saiba mais em: COMO PLANTAR PIMENTA. CONSELHOS PRÁTICOS, FÁCEIS E COMPLETOS

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!