Chanana: essa flor não é mato. É medicinal, anticâncer, anti-HIV

Chanana: essa flor não é mato. É medicinal, anticâncer, anti-HIV

Alguma vez você se deparou com a bela e singela chanana, uma planta rústica com uma linda flor, que pode ser encontrada até em terrenos baldios e no meio do mato?

A chanana (Turnera subulata) é encontrada de forma espontânea em áreas na América Central e do Sul.

É uma planta típica das restingas litorâneas da América Tropical, incluindo o Brasil.

Essa planta também está distribuída em outros lugares, como na Indonésia, Malásia, Indonésia, ilhas do Pacífico.

Além de ser uma planta ornamental, possui propriedades comestíveis e medicinais. Por isso, neste conteúdo, vamos passar informações sobre essa planta, pertinentes ao seu cultivoutilidades e benefícios.

Nomes populares

A chanana pode ser conhecida por outros nomes, como:

  • damiana
  • albina
  • onze-horas
  • boa-noite
  • flor-do-Guarujá
  • turnera
  • oreganillo

Características e peculiaridades

As flores da chanana se abrem apenas na parte da manhã. Por isso, também são chamadas de bom-dia.

Suas flores têm pétalas arredondadas, de cor branca amarelada com núcleo escuro.

Esta planta tem o caule ereto e galhos bem definidos.

Os ramos dessa planta em geral são arroxeados e podem atingir de 40 a 70 cm de altura.

As suas folhas são aromáticas, de formato oval e bordas serrilhadas, com a parte superior verde escura, contendo nervuras.

©Junior Cazangi/Pexels

Cultivo

Cultivar a chanana no jardim de casa é fácil, simples e vantajoso.

As vantagens do cultivo dessa planta são muitas, tais quais:

  • A chanana aprecia área com pleno sol.
  • Consegue prosperar e se desenvolver em solo pouco fértil, arenoso e salino. Até por isso é encontrada espontaneamente em muitos lugares como em muros, calçadas, matagais e vias públicas.
  • Apresenta boa ramificação e se propaga facilmente por meio de estacas (ramos e brotos) ou sementes.
  • Simples de mantê-las, elas não exigem muitos cuidados
  • É atrativa de polinizadores
  • Embeleza o jardim e alegra o ambiente.
  • É uma planta perene (duradoura), dá flores o ano inteiro e é bem resistente aos períodos mais secos.

Apesar de tantas vantagens, podem existir alguns contras, caso o local tenha pouco espaço. Isso porque a chanana tem caule e galhos compridos e se propaga com facilidade (é invasiva), podendo ocupar área considerável do jardim.

Ela irá atrair insetos que apreciam sua doçura e néctar, alguns muito bem-vindos como as abelhas, outros nem tanto. Por isso é bom avaliar bem o local de plantio, por conta de animais que têm acesso ao local e de outras plantas que estejam sendo cultivadas no espaço.

Além disso, em áreas com geadas, a chanana não prospera, pois ela não tolera muito o frio. Sendo assim, para quem quer cultivá-la em locais onde o frio é rigoroso, precisa criar condições favoráveis para ela se desenvolver. De repente, cultivando-a em áreas cobertas e mais quentes ou em grandes vasos dentro de casa.

Chanana é uma PANC

A chanana é uma Planta Alimentícia Não ConvencionalPANC, pois suas flores e folhas são comestíveis!

Como consumir as flores

Quem diria que uma planta considerada mato têm flores de sabor bem suave e adocicado e podem ser utilizadas:

  • consumidas cruas em saladas doces e salgadas
  • para adornar pratos e coquetéis
  • como ingrediente em geleia
  • cristalizadas

As flores devem ser utilizadas frescas, recém-colhidas.

Conheça outras plantas com flores comestíveis em:

Como utilizar as folhas

Já as folhas podem ser utilizadas cozidas no preparo de refogados, molhos e suflês.

Além disso, as folhas da chanana também podem ser utilizadas secas ou frescas, para fazer chá que se assemelha ao chá verde, devido às suas propriedades digestivas e antioxidantes.

Outra utilidade culinária das folhas é como tempero, sendo usadas trituradas ou moídas, para dar mais sabor e aroma às receitas.

No caso do consumo das folhas, recomenda-se o branqueamento delas, imergindo-as em água fervente por um minuto e, em seguida, mergulhando-as em água gelada.

Propriedades medicinais

A chanana tem várias propriedades medicinais e por isso ela oferece vários benefícios à saúde, tais como:

  • propriedade afrodisíaca–  aumenta a libido sexual e ajuda no tratamento da impotência masculina
  • tem ação antibacteriana – combate infecções, como por exemplo, urinárias
  • é adstringente – tem efeito purificador
  • atua como expectorante – podendo ajudar no tratamento da bronquite e alívio da tosse
  • por ser antidepressiva e ansiolítica – pode beneficiar pessoas com depressão e ansiedade.
  • tem propriedade digestiva – melhorando a função digestiva, e ainda prevenindo a prisão de ventre
  • possui efeitos semelhantes aos hormônios femininos – aliviando cólicas menstruais e secura vaginal
  • apresenta ação anti-hiperglicemiante – ou seja, tem a capacidade de prevenir o aumento dos níveis de açúcar no sangue, podendo ajudar no controle da diabetes

Além dessas propriedades, a chanana alivia os efeitos colaterais provocados pelo tratamento convencional do câncer e dos medicamentos de HIV.

Deborah Rodrigues, neste vídeo do seu canal Horta e Pomar no Vaso, mostra como é a chanana e descreve suas propriedades medicinais:

Chanana contra os efeitos colaterais da quimioterapia

Embora algumas pessoas não conheçam essa planta, ou a considerem mato, a chanana vem sendo estudada há muito tempo.

Um desses estudos vem sendo feito há décadas pela professora-doutora Terezinha Rego, do Departamento de Farmácia da UFMA.

Nesse estudo foi utilizado o extrato da chanana em pacientes portadores do câncer, principalmente após as sessões de radioterapia e quimioterapia, e obteve-se a diminuição dos efeitos colaterais desses tratamentos, reduzindo o mal estar eas  ânsias de vômito.

O estudo também envolveu o uso do chá da chanana e sua aplicação em portadores do vírus HIV, promovendo a diminuição dos efeitos colaterais de remédios alopáticos utilizados no tratamento clínico, e também promovendo a melhora do sistema imunológico dos pacientes.

Chá medicinal da chanana

O consumo da chanana para fins medicinais pode ser por meio de chá ou extrato.

Segue a receita do chá:

Ingredientes

  • 2 folhas de chanana
  • 200 ml de água fervida

Preparo

  1. Ferva 200 ml de água
  2. Tire do fogo, quando levantar fervura
  3. Coloque 2 folhas nessa água.
  4. Deixe em repouso, por cerca de 10 minutos.
  5. Em seguida, coe e beba.

Dosagem de Consumo

O recomendável é beber 2 xícaras, ao dia

Precaução

Antes de consumir esse chá para tratamento de problemas de saúde, consulte um médico para ter o diagnóstico da doença e ter as devidas orientações sobre interações medicamentosas e possíveis contraindicações.

Efeitos Colaterais

A chanana, se consumida em excesso ou indevidamente, pode provocar efeitos colaterais como:

  • problemas no fígado e nos rins
  • diarreia
  • aumento da necessidade de urinar
  • dor de cabeça
  • náuseas e vômito

Contraindicações

É desaconselhado a utilização medicinal de chanana em mulheres grávidas ou que estejam amamentando.

Pessoas com problemas hepáticos, renais e intestinais, não é recomendado o uso intensivo do chá ou extrato dessa planta.

Nesses dois casos, é necessário a avaliação, o exame e o controle por parte de um médico.

Abençoada chanana

E pensar que tem gente que considera essa planta como mato e até arranca! Que judiação!

Mal sabe que essa planta abençoada pode salvar vidas, melhorando a saúde e o estado de ânimo das pessoas!

Agora que você já sabe mais sobre a chanana, quando se deparar com essa planta, agradeça pelo todo bem que ela traz, desde sua beleza até seu poder de nutrição e cura!

Talvez te interesse ler também:

As exóticas orquídeas sapatinho e suas variedades. Como cultivar e cuidar

Como se ver livre de maria-fedida em casa e no jardim

Planta Jade: atrai riqueza e prosperidade. Como plantar e cuidar

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

2 comentários em “Chanana: essa flor não é mato. É medicinal, anticâncer, anti-HIV”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *