Disseminação do coronavírus entre animais preocupa cientistas

Disseminação do coronavírus entre animais preocupa cientistas

A infecção pela Covid-19 em animais selvagens está preocupando os cientistas, principalmente no veado-de-cauda-branca (Odocoileus virginianus). Os pesquisadores descobriram que o Sars-Cov-2 se espalha como um vírus entre estes animais nos Estados Unidos.

A preocupação é de que o vírus possa evoluir entre os veados-de-cauda-branca e assim, contamine os humanos. Os cientistas querem saber o que significa essa disseminação para o risco de futuras pandemias.

O que está acontecendo?

As pessoas são a principal fonte do vírus e também são as que mais podem infectar os animais.

Alguns bichos de estimação como os gatos, animais de zoológico como gorilas, leopardo-das-neves e visons estão ameaçados pelo vírus. Muitos casos de infecção foram relatados, e agora os veados-de-cauda-branca estão chamando atenção dos biólogos e especialistas.

O Dr. Suresh Kuchipudi, do Laboratório de Diagnóstico Animal da Universidade Estadual da Pensilvânia faz uma analogia interessante sobre como pode acontecer a transmissão do vírus para os animais:

“Se alguém mordesse uma maçã e jogasse ela ou mesmo se eu espirrasse em um lenço de papel e deixá-la cair”

Ainda, foi descoberto que os esgotos carregam o vírus, então água poluída pode ser uma fonte, ou pessoas cuspindo ou contaminando o meio ambiente de outras maneiras. O cervo pode, então, pode espalhar o vírus de um para o outro.

Kuchipudi afirma:

“Lembre-se de que esses animais são altamente suscetíveis e, enquanto isso, você não sabe a quantidade de vírus que eles precisam para ser infectados.

Isso levanta uma questão urgente — sabemos que os cervos estão transmitindo vírus entre si, e então a quem eles estão transmitindo?”

Também é possível que outra espécie esteja pegando o vírus de pessoas e infectando veados.

Se o vírus estiver circulando em outras espécies, pode continuar evoluindo, talvez de maneiras que o torne mais perigoso ou infeccioso, prejudicando os esforços para desacelerar a pandemia. Esses animais são mais sensíveis e os cientistas estão lutando para entender melhor como o vírus está se espalhando entre as espécies.

Talvez te interesse ler também:

Próxima pandemia pode ter origem nos camelos, dizem especialistas

O boto cor-de-rosa está em perigo: tirar fotos e alimentar animais silvestres é proibido por lei 

O sofrimento dos animais explorados pela indústria do leite 

Primeiro caso de Covid veio do mercado de horrores em Wuhan, revela nova pesquisa

Plástico pandêmico: 26 mil toneladas de lixo da Covid poluindo os oceanos do mundo

Próxima pandemia pode surgir na Amazônia: desmatamento contribui para zoonoses

Uma Espiral Viral: Steve Cutts mostra como evitar pandemias

Milhares de animais selvagens comercializados em péssimas condições de higiene na China, antes da pandemia

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

2 comentários em “Disseminação do coronavírus entre animais preocupa cientistas”

  1. Avatar

    Acredito que todos abrimos mais a atenção para vírus e bactérias com essa pandemia.
    Eu sempre banalizava quando lia algo sobre esses assuntos, agora paro para ler e fico com medo kk.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *