Elefante reconhece o veterinário que salvou sua vida 12 anos atrás!

Elefante reconhece o veterinário que salvou sua vida 12 anos atrás!

Mais uma história incrível que mostra como os animais são seres sencientes, inteligentes, têm memória e senso de gratidão.

Aconteceu em 2009 na província de Lampang, Tailândia. Este elefante chamado Plai Thang, de 31 anos, estava gravemente doente e conseguiu sobreviver a uma doença terrível graças aos cuidados, ao profissionalismo e à dedicação que recebeu do veterinário Pattaraapol Maneeon.

Há 12 anos, o elefante apresentava um caso grave de tripanossomíase (infecção causada por protozoários, transmitida pela picada de uma mosca), como conta o The Nation Thailand.

Inchado, com febre muito alta, sem força e sem apetite, Plai Thang estava à beira da morte.

Depois de meses de tratamento, o elefante se recuperou e foi devolvido ao seu habitat. Anos se passaram e eis que surge uma surpresa: o elefante encontraria o humano que salvou sua vida.

O encontro aconteceu em abril, quando Pattarapol, o veterinário, estava percorrendo a área onde o elefante foi solto e reconheceu o som de Plai Thang, chamando pelo paquiderme. Plai Thang respondeu ao seu chamado e ergueu a tromba para ter contato com o humano.

Os elefantes são reconhecidos como os animais oficiais da Tailândia, existem entre 3.000 e 4.000 exemplares em todo o país.

Fonte fotos: Fascinating Things

Não é à toa que dizem “memória de elefante”. Estes animais são muito inteligentes e, infelizmente, são um dos mais explorados pelo homem.

A dura vida dos elefantes: do circo aos experimentos científicos

Esperamos que essa história ajude as pessoas a entenderem a sensibilidade dos animais: porcos, vacas, frangos, galinhas… todos os animais sentem dor e amor.

Talvez te interesse ler também:

Carne de porco: pense bem antes de comê-la

Senado, proíba a exportação de animais vivos! Assine a petição!

Milhares de animais selvagens comercializados em péssimas condições de higiene na China, antes da pandemia

É por isso que estamos na era do frango

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *