©Chinese Herbs Healing/Pinterest

Fruta-dos-monges: o que é, para que serve. Benefícios e riscos

Fruta-dos-monges: o que é, para que serve. Benefícios e riscos

Este conteúdo traz informações sobre uma fruta pouco conhecida pelos brasileiros, que possui propriedades medicinais e é usada como adoçante dietético natural e saudável. Já ouviu falar da fruta-dos-monges ou fruta-do-monge?

Devido às sua propriedades, benefícios e utilidades, essa fruta sempre foi utilizada pela Medicina Tradicional Chinesa, mas agora está recebendo muita atenção da comunidade científica ocidental, interessada em investigar seus atributos funcionais, nutritivos e curativos.

Conheça melhor essa fruta com as informações a seguir.

Fruta-dos-monges: características da fruta

A fruta-dos-monges, espécie Siraitia grosvenorii, pertence à família das Cucurbitaceae, a mesma família da abóbora, do chuchu, do pepino, melancia, cabaça e melão. Aliás ela se parece com um pequeno melão verde, embora sua polpa seja bem diferente.

É uma fruta nativa da Tailândia e China e tem esse nome porque os monges budistas a cultivam há séculos.

Para que serve

Na China essa fruta é conhecida como luo han guo e é tradicionalmente utilizada para tratar doenças como a diabetes, obesidade, distúrbio intestinal, dor de garganta, tosse, resfriado e problemas de saúde relacionados com os rins ou fígado, entre outras doenças.

Mas o seu uso principal é como matéria-prima para fazer um adoçante natural e saudável.

Um doce sucesso

Uma das características mais marcantes dessa fruta é seu acentuado sabor adocicado que pode ser de 200 a 300 vezes mais doce que o açúcar. Essa doçura provém de seus compostos antioxidantes.

Apesar de ser bem doce, possui baixo índice calórico. Por isso, o uso do adoçante à base dessa fruta vem gradativamente aumentando.

Como é produzido o seu adoçante

O “açúcar de monge” é feito seguindo as seguintes etapas:

  1. A fruta é amassada, para extrair o suco
  2. Em seguida este suco é misturado com água quente e filtrado para obter o extrato da fruta.
  3. O extrato doce é seco para produzir o pó que será convertido como adoçante da fruta-dos-monges

Um adoçante saudável

A International Food Information Council Foundation-IFIC(Conselho Internacional de Informação Alimentar), reconhece o poder super adoçante e saudável da fruta-do-monge.

Esse adoçante tem zero calorias, zero carboidratos, não aumenta os níveis de glicose no sangue e não costuma apresentar efeitos colaterais. Por isso, é uma alternativa saudável ao açúcar e aos adoçantes artificiais e químicos que costumam causar efeitos colaterais como gases, inchaço ou reações alérgicas.

A U.S. Food & Drug Administration-FDA (Administração de Alimentos e Medicamentos) informa que a fruta-dos-monges é um produto geralmente reconhecido como seguro para todos, incluindo mulheres grávidas e crianças. Entretanto, há necessidade de mais pesquisas para avaliar melhor os efeitos de seu consumo a longo prazo.

Devido a todos esses atributos, o uso do adoçante da fruta-dos-monges vem se amplificando no mercado.

Vantagens e benefícios da fruta-dos-monges e seu adoçante

O adoçante feito a partir da fruta-do-monge é diferente dos adoçantes químicos, pois tem pouco gosto residual e não apresenta sabor amargo.

Outra vantagem do açúcar dessa fruta é que uma pequenina quantidade é suficiente para adoçar, por isso dura mais que o açúcar comum.

Além dessas vantagens, essa fruta e seu adoçante trazem vários benefícios:

Reduz calorias

Por ter zero calorias e carboidratos, pode ser utilizado para quem quer emagrecer.

É anti-inflamatório

O princípio adoçante contido no açúcar da fruta-dos-monges, conhecido como mongrosides, tem efeitos anti-inflamatório e, inclusive, pode ajudar a combater o câncer.

Não afeta o açúcar no sangue

Pelo fato de não alterar o índice glicêmico, pode ser utilizado por diabéticos a fim de manter o controle da glicemia.

Estudos sobre a fruta-do-monge

Na China, as propriedades medicinais da fruta-dos-monges é bem conhecida, porém, o mesmo não ocorre no Ocidente, pois o conhecimento dessa fruta é algo mais recente por aqui. A fruta-dos-monges vem despertando a atenção de pesquisadores que buscam conhecer melhor as suas propriedades curativas, adoçantes e dietéticas.

Veja alguns estudos sobre a fruta-dos-monges:

Adoçante nutritivo e saudável

Na últimas década, estudos avançaram no conhecimento das propriedades bioquímicas e farmacológicas da fruta-dos-monges, conseguindo isolar e identificar vários compostos, principalmente triterpenóides, flavonóides, óleos essenciais, aminoácidos, vitaminas, minerais e polissacarídeos, que comprovam o valor nutricional e curativo dessa fruta.

Outra constatação diz respeito à propriedade extremamente adoçante e saudável que resulta de um dos compostos contidos nessa fruta, o glicosídeo triterpeno, que faz parte  de um grupo de mogrosídeos.

Propriedades antibióticas

Outros estudos sinalizam que a fruta-do-monge possui propriedades antibióticas.

Tais estudos evidenciaram um composto bioativo denominado siraitiflavandiol. Sua estrutura foi determinada com base em estudos espectroscópicos.

Esse composto apresentou capacidade inibitória contra o crescimento de espécies bacterianas orais Streptococcus mutans, Porphyromonas gingivalis e levedura Candida albicans, causadora da candidíase.

Desvantagens

Como visto, a fruta-dos-monges tem muitas qualidades, porém, tem também algumas desvantagens, principalmente no que diz respeito à acessibilidade para compra e o preço.

Isso ocorre porque é uma fruta difícil de cultivar, por isso demora para crescer, colher e secar a fim de produzir seu extrato, que servirá de matéria-prima para fazer o adoçante.

É possível  importar o extrato da fruta-dos-monges para produção local do adoçante, mas isso encareceria demais o produto.

Por esses motivos é difícil encontrar esse adoçante para comprar nos supermercados. Mas alguns poucos supermercados no Brasil comercializam o produto, ainda que com preços altos.

Outra desvantagem é que apesar de não ter aquele gosto amargo, como a sacarina e o aspartame, o adoçante tem um gosto residual peculiar da fruta-dos-monges que pode não agradar a todos.

Riscos

Os riscos da fruta-dos-monges e seu adoçante causarem alguma reação adversa são bem remotos, porém, pode ocorrer em indivíduos sensíveis ou alérgicos aos compostos contidos na fruta.

Os sinais de reação alérgica podem ser:

  • dor de estômago ou vômito
  • tontura
  • língua inchada
  • urticária ou erupção na pele
  • dificuldade para respirar
  • pulsação rápida ou fraca
  • respiração ofegante

A qualquer uma dessas reações, suspenda o consumo e vá ao médico.

Maneiras de usar o adoçante da fruta-dos-monges

O adoçante de fruta dos monges serve para adoçar:

  • café
  • chá quente ou gelado
  • sucos, como limonada
  • molhos agridoces para salada
  • smoothies
  • glacês
  • mingau de aveia
  • banana com cereais
  • bolos
  • pães doces

Veja nos conteúdos abaixo receitas que dá para usar esse adoçante natural:

Vídeos sobre a fruta-dos-monges

Neste vídeo, do canal PabloOmniSalud, em espanhol, fala sobre as propriedades e benefícios da frutas dos monges.

Observação: para ver a legenda em português, clique no botão de configuração.

Este outro vídeo, do canal Paulo Americo Vieira-Chinese Herbal Medicine, traz esclarecimentos sobre os usos da fruta-dos-monges na Medicina Tradicional Chinesa, além de informar sobre o seu adoçante que é vendido no Brasil.

Agora, que você conhece a fruta-dos-monges e seu adoçante, deu com vontade de experimentar?

Caso já tenha experimentado, conta pra gente o que achou.

Para mais conteúdo sobre usos e benefícios, consulte:

Farinha de ora-pro-nóbis: como fazer, benefícios, usos e receitas

Para que serve a farinha de grão de bico? Veja benefícios e novas receitas

Xilitol: o que é, benefícios e usos  

Chá de amora para que serve: todos os benefícios e como fazer

Vinagre de romã emagrece! Todos os benefícios e como tomar

Spirulina: o que acontece ao corpo se a consumirmos todos os dias?

Tudo que você queria saber sobre o trigo-sarraceno

Fonte foto: ©Chinese Herbs Healing/Pinterest

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *