Remédios caseiros para eliminar gases estomacais e intestinais

Remédios caseiros para eliminar gases estomacais e intestinais

Quem nunca sentiu aquele desconforto esquisito no estômago ou no intestino, acompanhado da liberação de um arzinho, que algumas vezes aproveita pra ter um cheiro desagradável?

É super normal sentir dores por conta de gases estomacais e intestinais, apesar de desagradável, e às vezes constrangedor, acontece com todo mundo!

Estes gases são produzidos constantemente em nossos corpos, e por isso, os eliminamos naturalmente.

Entretanto, existem alguns fatores que podem levar ao acúmulo dos gases no intestino, deixando a barriga dura, inchada, causando dor e desconforto.

Para melhorar essa dor e esse incômodo, não é preciso fazer grandes esforços. Existem coisas básicas e práticas que podem aliviar as dores, uma alimentação especial, certos exercícios, massagens, e claro, muitos chás e sucos!

Soltando gases

Gases também são conhecidos pelos nomes de pum, arroto, flatulência e meteorismo. Acontece que, dentro de um processo normal, fisiológico, da digestão de alimentos, dada a fermentação destes, naturalmente os gases se formam. O problema se dá quando eles são retidos.

Formando-se inicialmente no estômago, os gases devem ser eliminados com os arrotos senão, acabam indo para o intestino e sendo em parte absorvidos e em parte eliminados em forma de flatulências. O meteorismo seria o acúmulo e a retenção desses gases, que causa desconforto e dores abdominais.

Tudo isso serve para dizer que, soltar puns e arrotos é normal e saudável. A retenção deles deve ser investigada. É claro que há uma certa etiqueta nisso tudo, e que ninguém deve sair por aí soltando gases como bem quiser, mas ao mesmo tempo, não se pode reter e se a retenção for inconsciente, é preciso investigar as causas.

Voltando então para a nossa questão de como eliminar gases estomacais e intestinais, antes de tudo é bom saber:

O que NÃO é recomendado comer

  • Feijão, milho, ervilha, lentilha, grão-de-bico (as leguminosas fermentam mais e formam mais gases)
  • Brócolis, cebolas, couve-flor, pepino, pimentão, couve-de-bruxelas, nabo;
  • Leite, queijo;
  • Refrigerantes e outras bebidas com gás.

Exercícios e massagens para fazer

  • Caminhar tranquilamente por algum tempo,
  • Andar de bicicleta
  • Fazer massagens abdominais, pode-se fazer um “carinho” na barriga em forma circular no sentido horário,
  • Deitar de barriga para cima, dobrar os joelhos sob a barriga, fazendo pressão

Chás para tomar de 3 a 4 vezes ao dia

cha-todos

Erva-cidreira e Funcho

Possuem propriedades antiespasmódica que, eliminam os gases e reduzem a dor.

Ingredientes

  • 1 colher (de chá) de erva-doce
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo

Adicione a erva-doce à xícara de água fervente e deixe descansar por 10 minutos.

Beber várias vezes ao dia, sem adição de açúcar porque o açúcar favorece a formação dos gases.

Hortelã-Pimenta

Auxilia no alívio de dores e incômodos no estômago e intestino, promovendo uma melhor digestão.

Ingredientes

Modo de preparo

Adicione a hortelã-pimenta à xícara de água fervente e deixe descansar por 10 minutos.

Beber várias vezes ao dia, sem adição de açúcar porque o açúcar favorece a formação dos gases.

Erva-doce

Possui propriedade antiespasmódica e é eficaz contra as cólicas provocadas por pequenos espasmos gastrointestinais, especialmente a flatulência.

Ingredientes

  • 1 colher (de chá) de erva-doce
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo

Adicione a erva-doce à xícara de água fervente e deixe descansar por 10 minutos. Beber várias vezes ao dia.

Genciana

A genciana é uma planta medicinal utilizada a muitos anos para combater problemas digestivos, sua eficácia é comprovada cientificamente devido à sua ação reguladora de movimentos peristálticos e sua estimulação na produção de suco gástrico.

Ingredientes

  • 1g de raízes secas de genciana
  • 200 ml de água

Modo de preparo

O chá é feito através da infusão, onde a água deve ser primeiramente fervida e só então as folhas de genciana devem ser adicionadas. O chá deve ficar em infusão durante 10 minutos. Coar e beber uma xícara do chá de genciana várias vezes ao dia, de preferência antes das refeições.

Folhas de abacateiro

Uma excelente solução caseira contra gases é o chá da folha do abacate.

O chá com a folha do abacateiro é diurético e acalma o sistema gastrointestinal. Além de eliminar os gases, auxilia no tratamento de bronquite, diarreia e eliminação dos cálculos renais.

Ingredientes

  • 3g de folhas secas do abacateiro
  • 200 ml de água

Modo de preparo

As folhas do abacateiro devem ser fervidas por 5 minutos. A solução deve ser colocada em um recipiente e tampada, para que descanse por 10 minutos.

Cardamomo

Alivia sintomas como o mal-estar, fadiga e inchaços do abdômen.

Ingredientes

  • 2g das sementes de cardomomo (Elletaria cardamomum L.)
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo

Colocar o cardomomo na água fervente e deixar repousar por 10 minutos, coar e beber após as refeições. Recomendado beber apenas 2x ao dia.

Alecrim

O alecrim aumenta o volume da secreção biliar e estimula a eliminação de gases do aparelho digestivo.

Faça um chá de alecrim usando

  • 1 ramo de alecrim
  • em 1 litro d’água

Coloque o ramo lavado em água fervente, desligue o fogo e deixe em infusão por 5 minutos. Beba morno.

Mil-folhas

A mil-folhas é uma planta medicinal incrível que, entre seus tantos benefícios, é usada para diminuir flatulências e diarreia havendo propriedades digestivas e antiespasmódica.

Use

  • 2 colheres de sopa de erva seca
  • em 1 litro de água

Leve para ferver, quando iniciar a fervura, desligue e deixe em infusão por 10 minutos.

Poejo

Uma outra erva super indicada para combater gases é o poejo. Essa planta é carminativa (antiflatulenta) e antiespasmódica (relaxante muscular).

Use

  • 1 colher de chá rasa
  • para 200 mL de água

Faça uma infusão levando para ferver e desligando o fogo após fervura. Deixe abafar por alguns minutos e beba morno.

Outras Bebidas e Comidas

pepino cesta

  • Suco de laranja batido com mamão e aveia
  • Vitamina de banana
  • Pepino – Ajuda a diminuir o inchaço. Pode ser consumido em saladas ou como ingrediente de sucos.
  • Banana – Fonte de fibra solúvel, que previne a prisão de ventre
  • Mamão – Essa fruta contém papaína, uma enzima que melhora a digestão de proteínas. Também é fonte de fibras, que melhora o funcionamento do intestino.
  • Iogurte com probióticos – Melhora o processo digestivo e diminui a fermentação e a formação de gases.
  • Gengibre – Pode ser comido cru, adicionado à comida ou tomado como chá. Alivia as dores e diminui os gases. – 3 vezes ao dia, se possível.
  • Sementes de erva-doce – Diminuem as cólicas e os espasmos causados pelos gases. Use o chá ou mastigue as sementes para alívio do desconforto.
  • Carvão vegetal – Dilua uma colher de chá de carvão vegetal em um copo cheio de água. Deixe descansar pela noite e tome no dia seguinte.
  • Vinagre de Maçã – misturar uma colher de sopa de vinagre de maça em um copo de água morna ou quente. Beber lentamente

Tintura de coentro

O coentro é uma outra erva incrível, digestiva e antioxidante. Faça uma tintura com essa planta, usando

Ingredientes

  • 1 colher (sopa) de sementes secas de coentro
  • 1 xícara (chá) de álcool de cereais a 60%.

Modo de preparo

Adicione as sementes de coentro na xícara com álcool e deixar de molho por 5 dias. Esse processo chama-se maceração.

Depois dos 5 dias a mistura deve ser coada e com um contador de gotas, deve-se adicionar 20 gotas deste remédio caseiro em um copo com água (200 ml) e tomar 1 vez por dia.

Talvez te interesse ler também:

Pariri: planta de excelente ação medicinal. Como usar de diversas formas

Ervas medicinais para doenças do fígado: cure-se com remédios naturais

Conte-me o seu problema e eu lhe direi que chá você deve tomar

10 Remédios Naturais ÓTIMOS para tratar Vermes

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *