Como a vida muda quando começamos a perder peso

  • atualizado: 
perder peso

Emagrecer não é apenas uma questão de estética, mas sim de saúde, não só do corpo, como também da mente. Quando emagrecemos diversas reações acontecem trazendo benefícios até então nunca associados ao emagrecimento. Vamos saber quais são?

O assunto emagrecimento está sempre em alta, pois além de mexer com a auto estima das pessoas, também influencia demais a nossa saúde em diversos aspectos que sequer imaginamos, ou até sabemos, mas negligenciamos.

Algumas dessas mudanças são óbvias e até temos certo conhecimento, mas outras nem fazemos ideia, por isso separamos algumas delas de acordo com algumas pesquisas.

O que acontece com o nosso corpo e com a nossa mente quando começamos a perder peso?

 

Nosso nível de energia aumenta

É algo bastante óbvio se você pensar bem: quanto menos peso o nosso corpo tiver, mais energia economizará para fazer outras atividades mais importantes. A perda de peso melhora a eficiência do oxigênio, gerando mais fôlego para subir escadas e praticar atividade física, por exemplo. Tudo fica literalmente mais leve e por isso mesmo nos sentimos mais enérgicos!

1. Melhora a memória

Estudos mostraram que a perda de peso pode melhorar as habilidades cognitivas relacionadas ao planejamento, elaboração de estratégias e organização. O cérebro se torna mais ativo ao armazenar novas memórias e precisa de menos recursos para recuperar as informações necessárias.

2. Pele saudável

Alimentação e dermatologia: de acordo com algumas pesquisas, alimentação tem tudo a ver com a aparência da cútis, com a saúde da pele, com o aparecimento de acnes, espinhas, psoríase e outras doenças cutâneas. Perder peso dentro de uma alimentação saudável pode promover inclusive melhorias no aspecto da pele, cabelos e unhas. 

3. Diminui a pressão nos joelhos

Essa é a mudança óbvia, pois quem nunca ouviu uma história de alguém que sofria com problemas nos joelhos devido ao excesso de peso e teve uma melhora significativa depois que conseguiu emagrecer? A regra é: perder apenas um quilo de peso corporal reduz até 4 quilos de pressão nas articulações dos joelhos e reduz o risco de desenvolver artrite.

4. Melhora as alergias

O excesso de peso sobrecarrega o sistema respiratório. Ao emagrecer, as vias respiratórias ficam mais limpas, amenizando sintomas alérgicos, eliminando inclusive o uso de aparelhos respiratórios.

5. Pés menores

Essa pode parecer engraçada, mas também é bem óbvia, pois quando emagrecemos, perdemos gordura em todo o corpo, inclusive nos pés. Portanto, não pense que seu pé encolheu, você apenas deixou de ter os pés gordinhos. O bom é que ficará mais fácil para fechar as botas nas panturrilhas.

6. Sensibilidade ao frio

Isso se explica porque, quando emagrecemos, perdemos a camada de gordura “isolante” que cobre nosso corpo e também porque a taxa metabólica diminui. Com isso, o corpo tenta conservar o máximo de energia possível porque não tem mais calorias extras. Por outro, como se sabe, sentir frio, emagrece.

7. Alterações no ciclo menstrual

Estudos revelam que os níveis hormonais estão ligados ao peso corporal. Portanto, quando perdemos peso o sistema endócrino tenta fazer alguns ajustes e ocorrem alterações nos níveis de estrogênio e testosterona que podem resultar em irregularidade no ciclo menstrual.

8. Menos dores de cabeça

As células de gordura aumentam a quantidade de inflamações no corpo, as quais podem causar enxaqueca. Perder peso ajuda a diminuir as inflamações do corpo e, consequentemente, as dores de cabeça. Além disso, qualquer tipo de inflamação está fortemente ligada ao excesso de gordura corporal, principalmente ao redor do abdômen. Portanto, perder de 5 a 10% do peso extra, reduz as inflamações e diminui também o risco de desenvolver doenças mais graves como câncer, artrite e Alzheimer, entre outras.

9. Aumenta o apetite

Essa é a parte ruim... Ao perder peso, os níveis de leptina são reduzidos. Esse hormônio é liberado pelas células de gordura que envia sinais ao cérebro para avisar que estamos satisfeitos. O aumento de apetite ocorre porque o corpo tenta normalizar os níveis de leptina a todo custo. Com isso vem o desejo forte de comer alimentos gordurosos e altamente calóricos. No entanto esses desejos desaparecem quando o corpo acostuma-se ao novo estilo de vida.

10. Melhora apneia e roncos

Pesquisadores descobriram que perder pelo menos 5% do peso corporal pode ajudar a dormir melhor e mais durante a noite. Isso porque a perda de peso diminui o volume em torno do pescoço, que bloqueia as vias aéreas superiores, agravando sintomas de apneia do sono e ronco. Consequentemente, as noites de sono ficam mais tranquilas e sem interrupções, melhorando a qualidade de vida e auxiliando ainda mais na perda de peso.

11. Diminui o risco de diabetes

O corpo precisa de insulina para absorver o açúcar do sangue e convertê-lo em energia. Por isso, emagrecer melhora a sensibilidade à insulina fazendo com que a quantidade de açúcar no sangue seja devidamente absorvida e vá para dentro das células.

12. Diminui a pressão sanguínea e evita problemas cardíacos

O excesso de peso faz com que o corpo tenha que trabalhar mais para bombear o sangue, danificando os vasos sanguíneos e enrijecendo as artérias. Ao perder peso, a pressão sanguínea se normaliza, a demanda por oxigênio diminui e a saúde do coração agradece.

13. Diminui o risco de câncer

Como falamos anteriormente, o excesso de peso causa inflamações pelo corpo, favorecendo o desenvolvimento de doenças gravas, dentre elas o câncer. De acordo com uma pesquisa feita pela American Cancer Society, nos Estados Unidos, acredita-se que o excesso de peso seja responsável por 8% dos casos de câncer no país. Isso ocorre porque o peso influencia os hormônios, o sistema imunológico e outros fatores que regulam o crescimento das células (inclusive das cancerígenas).

14. Melhora o humor

Todas essas mudanças citadas anteriormente, inclusive a questão do sono, influenciam também a saúde mental, o que nos leva a crer que perder peso melhora não só a auto estima, mas proporciona qualidade de vida, mais leveza e bem estar.

15. Cuidado com dietas radicais

Apesar de todos esses benefícios que citamos anteriormente, é importante ressaltar que a perda de peso deve ocorrer de forma saudável, mas sem o apelo para dietas muito restritivas, pois dessa forma o efeito rebote será ainda pior.

O nosso corpo é sábio e trabalha fazendo de tudo pela nossa sobrevivência, por isso, quando restringimos demais a dieta, ele acaba deixando de nutrir algumas partes "não tão importantes" do corpo para priorizar os órgãos vitais. Pesquisas mostram que, quando ingerimos alimentos calóricos ou em quantidades excessivas ao que gastamos diariamente, ocorre o acúmulo de gorduras em regiões indesejadas como abdômen, coxas e braços, por exemplo.

O segredo para um emagrecimento saudável é o equilíbrio, que só é conseguido com o acompanhamento de um profissional que irá solicitar todos os exames necessários para saber como funciona o organismo de cada indivíduo. Com base nos resultados dos exames, o nutrólogo ou nutricionista irá passar um plano alimentar de acordo com as suas necessidades.

Por isso, não arrisque a sua saúde com dietas malucas. Saúde é coisa séria e o bem estar vem em primeiro lugar!

Talvez te interesse ler também:

TRANSPLANTE DE FEZES PODE SALVAR VIDAS! VOCÊ SABIA DISSO?

CAFÉ DA MANHÃ DE REI, ALMOÇO DE PRÍNCIPE, JANTAR DE MENDIGO? PRA EMAGRECER, MELHOR NÃO

DIETA DO JEJUM INTERMITENTE 16:8 AJUDA A EMAGRECER DE VERDADE. O ESTUDO

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!