Os quilos a mais natalícios desaparecerão dançando

dancar emagrecer

Você exagerou no Natal? E quem não? Daí chegou o tão sonhado repouso de final de ano, férias e tal e você está com alguns quilinhos a mais. Nada que não possa ser resolvido com uma outra festa: o réveillon!

Ao que parece, eliminar o exagero natalício da sua balança pode ser mais fácil do que se imagina. Bastaria dedicar uma hora do seu tempo com uma divertidíssima atividade: dançando!

De acordo com Andrea Strata, professor de nutrição clínica na Universidade de Pavia, dançar em ritmo frenético por uma hora queima até 600 calorias. Os melhores estilos para gastar mais? Hip Hop, oba!!!!, break, funk, samba, forró e outros ritmos latino-americanos. Que tal colocar Michael Jackson, James Brown, o saudoso “É o Tchan” na caixa? Dominguinhos, Snoop Dogg tudo tá valendo porque dançar Hip Hop pode queimar até 100 calorias a cada 10 minutos, enquanto o samba e outros ritmos animados queimam mais de 50 calorias a cada 10 minutos.

Não faltarão oportunidades de cair no ritmo neste réveillon com as atrações da Virada que com certeza sua cidade está promovendo, ou mesmo em casa com os amigos.

Assim, a gente pode ficar com a consciência tranquila depois da comilança natalícia, simplesmente se dedicando ao nosso ritmo preferido e caindo na dança pelo menos 2 vezes por semana.

Dançar, além de não deixar a gente acumular excesso de peso, ajuda a tonificar um pouco por todo o corpo: braços, pernas, nádegas...tudo ao mesmo tempo e se divertindo além do mais.

Dançando e não exagerando, especialmente com álcool, doces e alimentos ricos em gordura, a boa forma é garantida. E se tem alguém que não gosta mesmo de dançar - que pena! não sabem o que perdem! - é fundamental deixar o sedentarismo e a preguiça de lado, seja caminhando ou praticando o seu esporte preferido regularmente.

Portanto, ok! Natal passou assim como passarão outras festas e ocasiões especiais em que a gente, merecidamente aproveita e acaba exagerando um pouco. Nada de remorsos: som na caixa e caia no ritmo.

Tem coisa melhor?

Leia também:

setaBALLET: 10 BENEFÍCIOS PARA CAIR NA DANÇA