Os incríveis benefícios da dança para corpo e alma

Os incríveis benefícios da dança para corpo e alma

A dança promove muitos benefícios para o corpo e para a mente, pois ajuda na coordenação motora, melhora o equilíbrio e trabalha a memória. No entanto, a dança tem uma vantagem se comparada aos exercícios físicos comuns, pois ela tem o poder de transcender a nossa alma.

Tem dúvida disso? Leia o artigo até o final para entender melhor.

Benefícios da Dança

Assim como qualquer atividade física, dançar promove benefícios físicos, mentais e emocionais para o corpo.

Diversos estudos mostram que a dança ajuda a conectar corpo e alma, liberando e expressando sentimentos de bem-estar físico, emocional e espiritual.

Estamos falando de qualquer tipo de dança e da dança “amadora”, aquela música que você coloca em casa e começa a se mexer. Não precisa se inscrever em escola de dança ou em academia de ginástica para obter os benefícios dessa atividade maravilhosa.

Basta colocar som na caixa e se soltar.

Coordenação motora

A dança melhora a coordenação motora mesmo que se não se trate de dançar uma coreografia onde braços, pernas, cabeça, etc tenham que estar coordenados.

O simples e natural movimento corpóreo ajuda na coordenação motora de maneira praticamente natural e espontânea.

Ganho de massa muscular

A dança incorpora movimentos de todos os planos e direções e de uma maneira natural, consciente e fluída. Todos os músculos são trabalhados e isso ajuda seja na coordenação motora que na própria força muscular.

Este estudo analisou em mulheres idosas os benefícios da dança, e concluiu que ela aumenta a massa muscular e a flexão, contribuindo para melhorar a funcionalidade dos movimentos e evitar quedas.

Melhora a saúde cardiovascular

A dança melhora a resistência física e cardiovascular, favorecendo a saúde do coração, músculos e articulações no geral.

Todos os estilos de dança são ótimos exercícios cardiovasculares, porque a frequência cardíaca é desafiada pela execução de diferentes movimentos.

Este estudo sugere que a dança esteja relacionada a um menor risco de morte cardiovascular porque, além das breves sessões de exercícios de alta intensidade, as conexões sociais aliviam o estresse, o que também favorece a saúde do coração.

Aumenta o desempenho cognitivo

Pesquisas apontam que a dança pode manter e até aumentar a capacidade de pensar, mesmo ao envelhecer. Cientistas descobriram que as áreas do cérebro que controlam a memória e as habilidades como planejamento e organização, melhoram com a dança.

Em outras palavras, a dança é um santo remédio: curativo e rejuvenescedor, pois retarda o processo de envelhecimento do cérebro e isso é comprovado cientificamente!

Trabalha a memória

A dança desafia o cérebro, pois em todos os tipos de dança é necessário se concentrar e memorizar sequências de passos ou mesmo mover-se no ritmo da música.

Por mais livre que seja a modalidade de dança, a cadência da música faz com que o cérebro crie suas próprias sequências, as quais acabam sendo repetidas e memorizadas sem se dar conta.

Evita o mal de Alzheimer

Por causa dos benefícios acima descritos da dança para o cérebro, a dança é um retardador do envelhecimento cerebral.

Estudos recentes indicam que a dança, ao estimular a mente, pode evitar o mal de Alzheimer, a demência senil e outras doenças relacionadas ao envelhecimento cerebral, mas melhorando ainda a acuidade cognitiva em todas as idades.

Definição corporal e emagrecimento

O corpo foi feito para estar em movimento e a dança ajuda no emagrecimento e na definição corporal de duas maneiras: no ganho de massa muscular e na queima de gordura.

Com os exercícios aeróbicos, a dança ajuda a queimar gorduras, ao mesmo tempo que a definição muscular também é importante no emagrecimento, simplesmente porque os músculos, para se manterem tonificados, também gastam calorias. O tecido muscular, em repouso, queima o dobro ou o triplo de calorias do que o tecido adiposo.

Flexibilidade

Mover-se ajuda na flexibilidade do corpo, inclusive na saúde dos tecidos conjuntivos pois é o próprio movimento a estimular a criação do colágeno (proteína presente nas articulações).

Não estamos falando de ter flexibilidade de bailarino para fazer a “abertura” ou “spaccata”. A flexibilidade é útil para a qualidade da vida quotidiana, de poder abaixar-se para amarrar os sapatos, por exemplo.

Inclusão e socialização

A dança inclui pessoas de todas as idades e de qualquer tipo. Se você é capaz de mover qualquer parte do seu corpo, você é capaz de dançar.

Além de ser inclusiva, a dança é considerada uma atividade social, pois ela contagia até mesmo aqueles que preferem se mexer quando ninguém está olhando.

Os benefícios psicológicos e mentais da dança foram discutidos nesta meta-análise.

Melhora o humor

Dançar endorfina! Libera os hormônios da felicidade.

O ato de dançar faz com que a pessoa se solte e expresse seus sentimentos. Por esse motivo, dançar ajuda a reduzir o estresse, diminui os sintomas de ansiedade e depressão.

Aumenta a autoestima

Quem dança os males espanta e aumenta a autoestima. Claro, com a liberação dos hormônios do bem-estar, quem dança se sente melhor e se sentir melhor é sentir-se com boa autoestima.

Mas não é só isso.

A dança aumenta a energia feminina, e isso não é uma coisa boa só para as mulheres. A energia feminina é a energia da criatividade, do amor e da empatia. Ou seja, é uma energia boa, que faz bem a todos.

Aumenta a criatividade

Quem dança a criatividade alcança. É o que dizem psicólogos do Movement Choir: a dança aumenta a criatividade porque quem dança coloca pra fora suas forças emocionais, físicas e espirituais… o que se traduz em criatividade.

Benefícios da dança para as crianças

©Ksenia Chernaya/Pexels

Crianças estão sempre em movimento e não conseguem ficar paradas. Se estão quietinhas demais, é porque alguma coisa não vai bem com a saúde delas.

Mas para que elas canalizem melhor toda essa energia, especialistas recomendam que elas pratiquem alguma forma de dança como forma de ajudar a melhorar a linguagem do movimento. A dança ajuda as crianças a desenvolverem disciplina, memorização, coordenação, expressão, trabalho em equipe e perseverança.

A dança conecta corpo e alma

Corpo, mente e espírito são elementos diferentes, mas que precisam estar juntos para formar a totalidade do ser humano. Uma das formas de conectar esses três elementos é a dança, pois ela tem o poder de transcender o conhecimento ao sagrado.

Estudos sobre a espiritualidade do corpo apontam a dança como um fio condutor para a transcendência corporal.

Em seu trabalho de conclusão de curso, a graduanda em Ciências das Religiões da Universidade Federal da Paraíba, Maura Rahianny Cardoso Araujo, considera a dança como uma ferramenta de auto análise e de autoconhecimento, que faz com que o corpo e a alma estejam em unidade para interagir consigo mesmo e para sentir-se livre.

“Na dança o indivíduo se torna coletivo e a sociedade se torna uma, pois a cultura, o eu individual e coletivo se mesclam, a transcendência corrobora com a matéria e juntos elevam seu estado espiritual […] A dança é um dos meios mais energéticos para elevar a espiritualidade do corpo e o corpo só é a ferramenta mais importante para a dança quando este se une a alma e se completam”, conclui Maura.

Se ainda tem dúvida disso, experimente colocar uma música que goste muito e procure movimentar seu corpo conforme o som que você ouve.

Pode até estar sentado ou deitado, ou simplesmente deixar a respiração fluir no ritmo da música… De olhos fechados ou abertos, seja qual for o ritmo ou movimento, desde que seja totalmente entregue, já é considerado um tipo de dança que conecta corpo e alma.

Experimente você e desfrute dessa sensação, não precisa ser técnico ou perfeito, só precisa que seja feito com o coração, pois a prática levará à perfeição!

Qualquer tipo de dança está valendo! Let’s dance!

Talvez te interesse ler também:

Ballet Fitness: corpo de bailarina sem fazer ballet e outros benefícios

Ballet adulto → Quem dança os males espanta! Nunca é tarde para começar

Ballet: 10 benefícios para cair na dança

Pole dance: história, benefícios e curiosidades

Dança do ventre: tudo sobre esta linda dança feminina e sensual

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *