Ansiedade e pensamentos negativos: aumentam se você dormir pouco ou for para a cama tarde

Ansiedade e pensamentos negativos

Problemas de ansiedade? Você pode melhorar a situação indo para a cama mais cedo e dormindo o número certo de horas! Estas são as conclusões tiradas de um novo estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Binghamton nos Estados Unidos.

A equipe de pesquisa, liderada por Meredith Coles e Jacob Nota, analisou a possível relação entre o sono com o surgimento de pensamentos negativos e a ansiedade. Os cientistas tomaram uma amostra de 100 alunos que foram avaliados através de um questionário de hábitos relacionados principalmente aos horários vespertino e noturno. Em seguida, um outro teste analisou eventuais presenças de preocupações ou de um lado emocional tendente ao negativo.

Observou-se que os jovens que muitas vezes iam dormir tarde e que tinham horários irregulares e dormiam pouco, foram aqueles que tendiam mais facilmente a se deixarem levar por pensamentos negativos, pessimismo e ansiedade. Enquanto aqueles que iam para a cama mais cedo e dormiam bem, por pelo menos sete horas, eram em geral mais positivos.

A divisão substancial é entre aqueles que à noite não queriam ir para a cama e de manhã não queriam se levantar; e aqueles que iam para a cama cedo e de manhã acordavam facilmente.

De acordo com a investigação os favoritos são aqueles que pertencem ao segundo grupo, em geral, mais positivos do que os do primeiro grupo, que tendem a martelar a cabeça com pensamentos negativos.

Os pesquisadores publicaram seus resultados na revista Cognitive Therapy and Research e lançaram este slogan: "Don’t worry, be happy, just go to bed earlier” - não se preocupe, seja feliz, basta ir para a cama mais cedo - em livre tradução.

Certamente o conselho é muito válido e não contém contra-indicações. Desfrutar de um bom descanso pode colocar em dia o nosso equilíbrio mental e físico, o que é suficientemente capaz de dar adeus, sem precisar de medicação, ao desanimo, à ânsia e ao pessimismo. Simples assim :)

Leia também: Ansiedade: verificar o e-mail com muita freqüência aumenta o estresse