Crianças

O exemplo britânico para combater o bullying e as drogas

bullying em escola
  • por Cíntia Ferreira

Todo mundo que já passou pela escola sabe que o bullying é uma constante triste na vida de muitos alunos. Uma pesquisa feita em 2016 pelas Organizações das Nações Unidas (ONU) mostrou, por exemplo, que de 100 mil crianças e jovens de 18 países, metade deles sofreu algum tipo de bullying.

Síndrome da Criança Imperador – O que é e como lidar com esse problema

Síndrome da Criança Imperador
  • por Cíntia Ferreira

A convivência com crianças é cheia de desafios. Elas estão aprendendo, todos os dias, a lidar com os próprios sentimentos, com os outros, com o mundo. Embora seja comum que vez ou outra elas façam birras ou tornem-se mais “difíceis”, é importante que os pais fiquem atentos quando a criança parece “mandar” na casa.

Por que as crianças veem mil vezes as mesmas coisas?

crianças veem
  • por Cíntia Ferreira

O livro já foi lido tantas vezes que as páginas já estão descolando, a capa está desbotada e a história propriamente dita já foi decorada pelos pais. No entanto, a criança segue pedindo sempre por aquela história.

Veja por que bebês não devem nunca beber água antes dos 6 meses

bebê beber água
  • por Redação

Água? Nunca para os recém-nascidos! No primeiro ano de vida, mas especialmente nos primeiros seis meses, de fato, os bebês nunca deveriam beber água, caso contrário, poderiam ter complicações renais. Enquanto os adultos são compostos por 55-60% de água, a criança tem uma média de 75%. Isso significa que até mesmo a menor quantidade de água poderia afetar o já delicado equilíbrio do corpo de uma criança.

Gengiva inchada no bebê – como curar o mais rápido possível

gengiva inchada no bebê
  • por Cíntia Ferreira

Quase que de um dia para o outro aparece na boca do bebê um dentinho. É óbvio que os pais se derretem com o nascimento dos primeiros dentes, mas sabem também que antes desse importante acontecimento, eles precisaram aguentar por algum tempo irritação, noites mal dormidas e choro. Isso por que quando o dente está nascendo, a gengiva do bebê fica muito sensível e pode doer.