Recém-nascido que dorme muito é normal? Quando se preocupar?

Recém-nascido que dorme muito é normal? Quando se preocupar?

O sono dos bebês tem representado há muito tempo uma das preocupações maiores dos pais, especialmente nos primeiros meses de vida. Só quem já conviveu com um recém-nascido, sabe o quanto o sono deles pode ser caótico. Porém, além de dormirem de uma forma totalmente diferente, existem aqueles que dormem demais.

Sim, alguns pais chegam a ficar preocupados com o excesso de sono de seus bebês. Mas será que é normal recém-nascidos dormirem tanto?

Confira abaixo como funciona o padrão de sono deles e quando se preocupar.

O padrão de sono dos recém-nascidos

Nas primeiras semanas, os bebês costumam fazer duas coisas muito bem: comer e dormir. E isso significa que eles estão se desenvolvendo bem.

Como o estômago deles é muito pequeno, uma pequena quantidade de leite já os deixa saciados, e bebês saciados ficam exaustos…e dormem.

Depois disso, alguns podem acordar mais rápido que outros, mas o que vai os fazer despertar com mais frequência é a fome.

À medida que crescem e o estômago aumenta de tamanho, as mamadas vão ficando mais espaçadas, o que faz os bebês dormirem menos.

Porém, nas primeiras semanas, é normal eles dormirem bastante e de forma irregular. Com o tempo, eles entram no próprio ritmo circadiano (o relógio interno de cada um) e dormem melhor.

Quando se preocupar?

Um recém-nascido precisa sempre de acompanhamento de um pediatra. Ele vai avaliar o crescimento, ganho de peso e demais questões médicas. Logo que os bebês nascem, há uma queda de peso, mas depois, com a alimentação, o peso se estabiliza, e os pequenos começam a engordar e crescer, de modo constante.

Dormir muito não significa que há um problema médico, desde que, nas primeiras semanas, o recém-nascido acorde para fazer de 8 a 12 mamadas em um período de 24 horas. Se o bebê estiver ganhando peso bem e as fraldas estiverem sempre cheias (o que é um bom sinal), especialmente com urinas que não sejam muito amarelas e com boa quantidade de fezes, os pais podem ficar tranquilos.

É interessante levar a dúvida sobre o sono excessivo do bebê para o pediatra descartar algumas doenças, como infecções e icterícia, que podem levar o recém-nascido a dormir mais.  

Caso os pais queiram que o bebê acorde mais, algumas dicas podem ajudar:

  • Exponha o bebê à luz natural, levando-o para passear;
  • Evite estimular demais o bebê, pois isso pode deixá-lo cansado, fazendo com que ele durma mais;
  • Não coloque tantas camadas de roupa no bebê na hora de dormir, pois assim eles acordam com mais facilidade para se alimentar;
  • Tenha uma rotina de sono noturno para ir ajudando o recém-nascido a diferenciar o dia e a noite;
  • Caso ele esteja dormindo demais ou durante as mamadas, tente colocar uma toalha molhada, com delicadeza, no rosto dele, ou faça-o arrotar antes de trocar o lado onde ele está mamando.

Talvez te interesse ler também:

Os melhores óleos essenciais para dormir

Polvo de crochê: para que serve e por que funciona

Leite no copinho é a melhor opção? Por que dar e como dar

Criança com olheira é normal? Quando se preocupar? 

Fraldas ecológicas: bom para o bebê, o meio ambiente e o bolso

Comida para bebês cheia de metais pesados. O que fazer?

Pedagogia Waldorf o que é? 10 princípios para entender a filosofia de educação de Rudolf Steiner

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *