©Vitolda Klein/Unpslash

Criança com olheira é normal? Quando se preocupar? 

Criança com olheira é normal? Quando se preocupar? 

Existem condições que, muitas vezes, não percebemos, mas também podem acontecer com as crianças. É o caso das olheiras.

Os sinais escuros que aparecem ao redor dos olhos, em consequência do excesso de pigmentos, e que pode deixar o rosto com um aspecto cansado, também atinge o público infantil.

Mas quando os pais devem se preocupar? O que pode ser feito para minimizar esse problema?

Acompanhe abaixo as principais causas das olheiras em crianças e os possíveis tratamentos para elas.

Por que as crianças ficam com olheiras?

Existem inúmeros fatores que podem desencadear o escurecimento das pálpebras em crianças. Entre elas, estão:

Genética

Se os pais têm olheiras bem visíveis, provavelmente os filhos terão também. A genética influencia bastante nesse quesito. O formato da região das órbitas também influencia na ocorrência de olheiras.

Má qualidade do sono

Não é mito. Ficar sem dormir ou ter um sono ruim podem realmente causar olheiras e isso acontece com as crianças também.

Alergias

Crianças com rinite, sinusite, ou alguma atopia podem desenvolver olheiras. Nesse caso, além da mancha escura em volta dos olhos, há também uma “preguinha” na pele das pálpebras inferiores. A pele da região é mais fina, e a vasodilatação que ocorre ao redor dos olhos, nessas condições, provoca as olheiras.

Resfriados e outras doenças respiratórias

A obstrução nasal e o excesso de secreções presentes nessas enfermidades provoca um escurecimento da pálpebra.

Exposição solar excessiva

O sol pode provocar um excesso de pigmentação na região, causando esse escurecimento ao redor dos olhos.

Coçar os olhos

Esse hábito também pode alterar a pigmentação dos olhos, causando as olheiras.

Como tratar olheiras em crianças?

O tratamento vai depender da causa.

Os pais devem ficar atentos se as olheiras estão acompanhadas de outros sintomas, como cansaço, perda de peso e cabelos frágeis, pois isso pode significar alguma doença sistêmica. Porém, na maioria das vezes, a olheira não representa nada grave.

Os especialistas indicam hidratar a região, pois isso ajuda na redução das olheiras.

Fazer compressas com água gelada também é uma boa opção, pois diminui a vasodilatação que causa o escurecimento da pálpebra. Mas vale lembrar que não se pode passar qualquer tipo de produto nas crianças, pois a pele delas é bem mais sensível e pode ocorrer uma reação alérgica ou mesmo piorar o problema.

Tratamentos estéticos, como laser e preenchimentos, só podem ser realizados a partir dos 15 anos, quando a face já está completamente formada.

Vale lembrar que não podemos impor às crianças uma pressão estética.

As olheiras só devem ser tratadas se forem causadas por alguma doença ou provocarem desconforto na criança.

Talvez te interesse ler também:

Cansadas de esconder olheiras, no TikTok a moda é reforçá-las!

Receita natural, simples e eficaz para tirar olheiras

Olheiras: causas e remédios naturais

23 usos alternativos para as batatas: saúde, beleza, casa e jardim

Borra de café: reutilize de 20 maneiras diferentes

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *