Arte Urbana

Hortas urbanas em São Paulo: uma forma sustentável de bem viver

foto

A vida nas cidades, especialmente naquelas que são grandes, imensas, como a cidade de São Paulo, vota seus moradores ao isolamento. Já não se conhecem os vizinhos, já não se conversa ao final das tardes, nas frentes das portas. As pessoas andam prioritariamente em seus carros, fechadas em seus mundos particulares, perdendo a capacidade de trocar informações e energias saudáveis com os que vivem no mesmo bairro.

Mais árvores para o conforto e a saúde humana

árvores para o conforto

A degradação do meio ambiente não é só um tema muito em voga hoje em dia pelas questões de falta de água e mudanças climáticas, mas também porque o verde pode nos proporcionar confortos que o consumo desenfreado de hoje não é capaz. Prova disso é a pesquisa realizada pela pós-graduada em Recursos Florestais, Léa Yamaguchi, ao determinar as influências da arborização urbana no bem-estar físico e psicológico nas pessoas.

Bairros: quanto mais pobres, menos árvores

Bairros pobres, menos árvores

Quem nunca andou pelos principais bairros dos estados brasileiros em termos de infraestrutura e qualidade de vida e não reparou o grande número de árvores ao redor? Isso não é uma coincidência, pelo menos é o que revelou o estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os bairros com o metro quadrado mais caro ostentam melhor iluminação pública, pavimentação, calçada, bueiro e...abundância de árvores. Enquanto que os bairros com metro quadrado mais barato, carecem de tudo isso.

Garrafas PET: uma ponte construída com 157 mil garrafas

  • por Daia Florios

uma ponte construída com 157 mil garrafas PET

A nova ponte sobre a cidade romena de Timisoara possui cerca de 23 metros de comprimento e tem uma característica que a torna especial: fora construída com resíduos, particularmente, com garrafas de plástico.