Vida Livre exposição Eduardo Srur

Vida Livre: as impactantes obras de Eduardo Srur nas ruas de São Paulo

Vida Livre: as impactantes obras de Eduardo Srur nas ruas de São Paulo

Manter animais confinados e em gaiolas é uma atitude cruel e triste.

É nessa perspectiva que o artista brasileiro Eduardo Srur está tentando alertar as pessoas com sua nova exposição chamada ‘Vida Livre‘.

A arte tem impactado o público pelas ruas de São Paulo, trazendo uma reflexão sobre os animais presos e em cativeiro para entretenimento.

Feitas com restos de plástico e gaiolas, cada peça procura mostrar a relação entre humanos e animais, denunciando o “confinamento eterno” a que os animais são submetidos, por exemplo, nos jardins zoológicos.

Srur afirma:

“A ideia nasceu durante a pandemia. Sentimos por nós mesmos o quão difícil é ficar confinado, perdemos o direito de ir e vir.

Então, por que ainda tratamos os animais dessa maneira? Por que os deixamos presos em gaiolas e aquários para entretenimento humano?”

Vida Livre de Eduardo Srur

A exposição traz três instalações de arte chocantes pelas ruas de SP neste mês.

Uma das peças, instalada no Parque do Povo, é construída com mais de 1.000 gaiolas apreendidas pela Polícia Ambiental em operações contra o tráfico de animais silvestres.

Outra obra, chamada ‘Aquário‘, foi instalada em frente ao lago do Parque do Ibirapuera. Possui um tanque azul com 30.000 litros de água.

Dentro dele está cheio de lixo plástico e esculturas realistas de crianças olhando desesperadamente para o lado de fora, podendo avistar um urso polar.

Esta instalação também aborda o problema do aquecimento global causado pelos combustíveis fósseis e o uso excessivo de plástico, que polui os oceanos e sufoca a vida marinha.

A terceira obra de arte, talvez a mais chocante, é uma enorme gaiola montada na movimentada Avenida Paulista.

Macacos realistas ficam pendurados do lado de fora de uma gaiola olhando para um ator humano.

O artista explica:

O Brasil é o país com o maior índice de tráfico de animais silvestres do planeta.

São quase 40 milhões de animais que são retirados de seu habitat natural para serem vendidos e comercializados. Isso é crime e tem que acabar”.

A filha de Eduardo, de oito anos, foi uma das inspirações por trás do projeto. Segundo o artista, as obras de arte são destinadas principalmente às crianças.

Ele espera que a futura geração mude a visão da relação entre humanos e animais.

A exposição ‘Vida Livre‘ está aberta até o dia 2 de junho.

Leia AQUI o manifesto do artista.

Parabéns Eduardo, o Brasil se orgulha de você!

Talvez te interesse ler também:

O que é especismo 

Capoeira: 10 Benefícios para Corpo, Mente e Alma 

Morre Jaider Esbell: figura central na arte indígena contemporânea do Brasil 

Guerra cultural: Rússia pede à Itália obras de arte de volta 

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.