Cães e gatos NÃO transmitem Covid a humanos, diz pesquisa

Cães e gatos NÃO transmitem Covid a humanos, diz pesquisa

Uma pesquisa da UFPR – Universidade Federal do Paraná – comprovou que cães e gatos NÃO transmitem Covid-19 para humanos.

Com essa boa notícia, não há mais justificativa para abandonar cães ou gatos, colocando em risco a vida desses animais.

O estudo que descartou a hipótese de transmissão do coronavírus dos pets para os humanos foi coordenado por Alexander Biondo, médico veterinário e professor do Departamento de Medicina Veterinária da UFPR.

Apesar de cães e gatos poderem hospedar o vírus, eles não transmitem a doença:

“Cães e gatos podem ser infectados pelo vírus causador da Covid-19 nos seres humanos. Entretanto, até hoje, entre os milhões de casos que ocorreram nas pessoas ao redor do mundo, não existe nenhum único relato de transmissão do vírus Sars-CoV-2 de cães e gatos para pessoas.

Até agora, após todos esses meses de pandemia, os resultados que temos nos levam a concluir que cães e gatos não participam do ciclo de transmissão do vírus, embora se infectem e possam demonstrar alguns sinais respiratórios ou digestivos, no geral, não se detecta mais o vírus no animal após 3 a 15 dias, dependendo da espécie.

Gatos são um pouco mais suscetíveis e podem transmitir para outros gatos. Em cães não há esse relato. Mas nenhuma das duas espécies transmite para seres humanos. “

Apesar de cães e gatos não desenvolverem a doença causada pelo novo coronavírus, a Covid-19, os tutores infectados devem adotar medidas de saúde preventiva, tanto em relação a si, como a outras pessoas, como com os animais.

Isso porque os humanos sim, podem transmitir o vírus aos pets (esse foi o motivo de dois cães terem testado positivo em Curitiba) por isso, ao testarem positivos, os humanos devem evitar contato com os bichos, evitar dormir junto, abraçar, beijar, etc, e lavar as mãos antes de manusear água e comida do pet.

Os resultados desse estudo coordenado pela UFPR, e que envolveu outras universidades e instituições em 6 capitais brasileiras, é muito importante porque serve de esclarecimento não só para os cidadãos, como para os profissionais dos centros de controle de zoonoses e de órgãos gestores de saúde.

Em suma, que todos saibam que os cães e os gatos NÃO oferecem riscos de transmissão da Covid-19. Somos nós que devemos respeitar os bichos porque somos nós que desencadeamos doenças ao confinar animais. Haja vista o que está acontecendo com os visons e com aves na Europa que estão sendo sacrificadas porque representam riscos de transmissão de virus variados. Se não cuidarmos da nossa relação com os animais, um futuro de zoonoses vêm aí. Basta olhar para o passado. Não precisa ser Bill Gates para intuir isso.

Talvez te interesse ler também:

Vem aí um futuro de doenças transmitidas por animais!

No Japão suicídio mata MUITO mais que Covid-19

Covid-19: dicas para um Natal seguro na pandemia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on google