a era do frango
a era do frango

Europa: milhares de aves abatidas por risco de gripe aviária 

Animais pagando o pato. Primeiro desmatam e destroem habitats, depois confinam e abatem por risco de doença. Essa semana na Alemanha 16.100 perus foram abatidos a causa de gripe aviária detectada em uma granja.

A presença do vírus H5N8 foi confirmada em uma fazenda na ilha de Ruegen, pelas autoridades locais, como informou a Agência de Notícias Reuters. 23 casos de gripe aviária foram registrados em aves selvagens da localidade. Acredita-se que aves selvagens estejam espalhando o vírus que causa a gripe aviária não só na Alemanha, mas em outras localidades da Europa.

Galinhas, perus, gansos, faisões, frangos… milhares de aves estão sendo abatidas por representarem perigo aos humanos.

Na Holanda foram abatidas 48.000 galinhas, Na Grã-Bretanha 13.000 aves, na Alta-Córsega, 473 pássaros.

É verdade que o abate “serve” para controlar o risco de zoonoses se espalharem, e de surtos virarem epidemias que depois viram pandemias. Mas é fato que a agropecuária e o consumo de animais são apontados como uma das principais causas das pandemias (senão a principal). Isso porque confinar animais, além de cruel, é perigoso.

Vejam o caso dos visons abatidos porque suspeitos de hospedarem novas cepas de coronavírus. Vírus em animais sofrem mutações e podem saltar a humanos (o famoso spillover). Dependendo de muitas variantes, poderiam causar doenças até mais graves que a Covid-19.

É preciso rever conceitos. Vacinas não serão suficientes. E depois não adianta conspirar contra Bill Gates que previu a pandemia. Não precisa ser um gênio como ele, para entender do óbvio ululante.

Talvez te interesse ler também:

Agropecuária é apontada por especialistas como uma das causas do surgimento de pandemias

A pandemia de Covid-19 está longe do fim, diz infectologista top dos EUA

Próxima pandemia pode surgir na Amazônia: desmatamento contribui para zoonoses

Sobre Daia Florios

Daia Florios
Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É fundadora e redatora-chefe em GreenMe Brasil.

Veja Também

Teste do espelho: quais animais reconhecem o próprio reflexo?

Será que os animais conseguem reconhecer o próprio reflexo no espelho? Um teste desenvolvido por …

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *