Como fazer vinagre em casa

vinagre em casa

Fazer vinagre é bem fácil - basta você ter um recipiente de boca larga, de vidro, frutas ou outro vegetal que possa ser fermentado, água de boa qualidade e paciência. Antigamente cada família fazia o seu vinagre, e também o seu vinho, claro, assim como a cerveja. Esses conhecimentos pertencem à nossa raiz cultural. Vamos recordar alguns aqui.

Bom, a feitura do vinagre é um processo de fermentação natural no qual concorrem determinadas cepas de bactérias Acetobacter. A gente só tem de criar o ambiente mais propício para que a acetificação ocorra. 

Basicamente, você terá de juntar frutas, sementes e fontes de açúcar (mel, melado ou açúcar mesmo) em um recipiente o mais inerte possível, então prefira vidro mas, também se costuma usar barro, esmaltado e até plástico.

O processo de acetificação, formação de ácido acético, já vai esterilizar o recipiente e todo o material então, não se preocupe muito com essa parte - claro, tire areia, terra e outras coisas que não sejam fermentáveis.

Você deverá ter à disposição:

1. Matéria prima de boa qualidade, cortadinha ou triturada. A matéria prima poderá ser frutas diversas, sementes ou cereais, fontes de açúcar, vinho, cerveja - enfim, qualquer coisa que fermente.

2. Recipiente de boca larga que você fechará com gaze para permitir a aeração e impedir a entrada de mosquitinhos.

3. Local escuro, com temperatura constante entre os 25ºC e os 30ºC.

O processo:

1. Lave o recipiente para retirar qualquer resíduo.

2. Preencha o recipiente com cascas de frutas, ou frutas cortadas, também podem ser trituradas. Tampe a massa de cascas e frutas, totalmente, com água de boa qualidade (de preferência, sem cloro e flúor, claro).

3. Cubra a boca do frasco com duas ou três gazes, de forma a criar uma tampa ventilada que você amarrará com barbante ou elástico. Este tipo de tampa vai permitir a ventilação, o escape dos gases que se formam no processo de fermentação e a colonização do vinagre pelas acetobacter.

4. Sacuda suavemente o recipiente, uma vez ao dia, durante os primeiros dez dias. Este procedimento vai assegurar a disseminação das acetobactérias por toda a massa a ser fermentada.

5. Nas seguintes semanas continue sacudindo o recipiente em dias alternados e, em algumas semanas você já poderá reconhecer o aroma do vinagre que sai pela tampa de gaze.

6. Há vinagres que ficam prontos em 30 dias, outros demoram mais - o tempo de processo varia conforme a matéria prima que você usar e a quantidade de açúcares naturais que esta contenha. Para reduzir o tempo de preparação você poderá acrescentar açúcar ao conjunto de frutas picadas e água.

7. A fórmula básica requer 5 litros de água, 1.500 gramos de fruta triturada, 1,5 kg de açúcar (demerara é melhor, claro, mas servirá qualquer um) - adapte as proporções para a quantidade de vinagre que você deseja obter.

Sugestões de frutas e verduras com as quais você poderá fazer vinagres diferenciados:

● Framboesas
● Morangos
● Mirtilos
● Pêras
● Maçãs
● Bananas
● Pepino
● Pimentas
● Cebola
● Alho
● Orégano
● Manjericão
● Tomilho
● Lavanda
● Coentro
● Cascas de frutas cítricas
● Gengibre
● Arroz
● Bambu e qualquer outro material vegetal orgânico

Cada tipo de vinagre terá seu sabor e aroma peculiares - não se esqueça de etiquetar os frascos com a indicação da planta que usou e da data em que o fez.

No vídeo você verá como produzir a “mãe do vinagre”, uma colônia de acetobacterias que te ajudarão, no futuro, a fazer os vinagres diferenciados que você quiser. A mãe do vinagre funciona como o pontapé inicial do processo de fermentação e, quando se usa, este ocorre de maneira mais rápida e segura.

Especialmente indicado para você:

setaVINAGRE DE MAÇÃ: MIL BENEFÍCIOS PARA CABELOS, PELE, SAÚDE E MUITO MAIS

setaOS USOS DO VINAGRE NA HORTA E NO JARDIM