Maçãs: receitas versáteis e saudáveis de todos os tipos. Confira

Maçãs: receitas versáteis e saudáveis de todos os tipos. Confira

Dentre as mais de 7,5 mil opções que existem de maçãs, apenas cerca de 30 tipos são explorados comercialmente no mundo.

Aqui no Brasil as variedades mais comuns são gala, fugi, argentina, ambrosia e maçã verde.

Com muitas propriedades que trazem ótimos benefícios para a saúde, além de muito saborosas, as maçãs rendem excelentes pratos, com receitas clássicas de origem internacional, de países onde a fruta também é muito apreciada.

Neste artigo, tentamos reunir as receitas mais clássicas de alguns países, unindo com o paladar brasileiro, com um toque aos veganos e uma pitada aos “crossfiteiros”.

Strudel de maçã

Embora o nome seja de origem alemã, e por isso o doce também tenha ficado conhecido como de origem alemã, segundo o Wikipédia, “o Apfelstrudel (folhado de maçã) é uma sobremesa tradicional austríaca, nascida em Viena, tendo-se tornado popular na Europa Central pelo nome Strudel, idioma alemão”.

Usando a massa pronta, que pode ser comprada no mercado, ele é prático e fica pronto rápido. Vale a pena!

Ingredientes

  • 150 g de massa semi folhada
  • 1 maçã verde grande
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • ¼ de xícara (chá) de nozes
  • 2 colheres (sopa) de uvas-passas brancas
  • ½ colher (sopa) de rum
  • ½ colher (chá) de canela em pó
  • 1 ovo para pincelar

Modo de preparar

Retire a massa folhada do congelador 2 horas antes de começar o preparo. Pré-aqueça o forno a 200 Cº (temperatura média).

Numa tigela, misture as uvas-passas com o rum e deixe hidratar por alguns minutos.

Enquanto isso, numa tábua, descasque, retire as sementes e corte a maçã em cubos pequenos.

Pique fino as nozes.

Transfira os cubos de maçã e as nozes para a tigela com as uvas-passas, junte o açúcar e a canela e misture bem.

Com um rolo, abra a massa folhada, mantendo o formato retangular, até ficar com cerca de 0,5 cm de espessura e transfira para uma assadeira.

Distribua a mistura de maçã cobrindo metade da massa no sentido do comprimento. Deixe uma borda de 0,5 cm sem recheio para fechar o strudel.

Pincele as bordas com água, dobre a outra metade da massa sobre o recheio e aperte bem as bordas para fechar.

Numa tigela, quebre o ovo, junte 1 colher (chá) de água e bata com um garfo apenas para misturar.

Pincele sobre o strudel e leve para assar em forno preaquecido durante 30 minutos ou até dourar.

Torta de maçã

Como no caso do strudel, que também é um prato muito consumido na Alemanha, mas sua origem é diversa, a torta de maçã ficou conhecida como um prato genuinamente norte-americano, e de fato o é, inclusive os EUA viraram um dos maiores produtores de maçãs do mundo, mas a sua origem é atribuída por alguns estudiosos ao continente europeu, principalmente Inglaterra.

Ingredientes

  • 4xcs de farinha de trigo
  • 1colher de sopa de açúcar
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 colher de chá de fermento
  • 200 gramas de manteiga gelada (dica: deixar em pedaços, não dissolver tudo na hora de misturar)
  • 1 lata de creme de leite

Misture todos os ingredientes na ordem descrita, separe 1/3 para cobrir e abra o resto. Forre a forma de 24cms com a massa, cubra com papel manteiga e asse por 10 minutos a 180°C (forno pré-aquecido)

Recheio

  • 4 maçãs verdes grandes fatiadas com casca
  • 1xc de açúcar
  • 1 1/2 colher de chá de canela
  • 1 colher de chá de noz moscada
  • 1 colher de sopa de baunilha
  • 1/2 xc de farinha de rosca

Misturar tudo – Colocar farinha de rosca por cima da massa, coloque o recheio e mais um pouco de farinha

Cubra a torta, fazer um corte em x por cima

Asse por 1h20m, pincele 1 gema com um pouco de água e asse mais 10 minutos.

Veja o vídeo com o passo a passo: 

Tarte Tatin de maçã

A tarte tatin é uma das sobremesas mais conhecidas da França, um verdadeiro símbolo cultural francês, cheia de histórias e estórias sobre a famosa torta que leva massa, maçãs, açúcar e manteiga.

Ingredientes da Massa

  • 1 ½ xícara (chá) de farinha de trigo
  • 100 g de manteiga gelada em cubos
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 1 a 3 colheres (sopa) de água gelada

Modo de preparo

Corte a manteiga em cubinhos de cerca de 1 cm. Se não for usar imediatamente, volte à geladeira. É importante que eles estejam gelados para que o resultado seja uma massa crocante.

Numa tigela, coloque a farinha, o açúcar, o sal e misture bem.

Junte os cubos de manteiga e misture com as mãos, rapidamente, sem desmanchar completamente a manteiga.

Adicione uma colherada de água gelada por vez, conforme a necessidade, e misture apenas até conseguir formar uma bola. (Evite trabalhar demais a massa, pois ela acaba ficando menos crocante. O segredo é deixar pontinhos de manteiga aparentes, sem serem incorporados à farinha).

Faça uma bola e embrulhe a massa com filme. Leve à geladeira por 2 a 24 horas, o que for melhor para você.

Para o recheio

  • 6 maçãs verdes
  • ½ limão
  • 120 g de manteiga
  • 1 ¼ xícara (chá) de açúcar
  • canela em pó a gosto

Com uma faquinha afiada, descasque as maçãs e retire as sementes.

Corte a maçã (na vertical) em 4 partes e regue com o suco de ½ limão.

Numa panela, coloque o açúcar e a manteiga e leve ao fogo médio. Deixe a mistura escurecer um pouco. Em seguida, baixe o fogo e coloque as maçãs.

Deixe cozinhar por cerca de 10 minutos, ou até que as maçãs sejam facilmente perfuradas com a ponta de uma faca. Desligue o fogo.

Numa forma redonda antiaderente, distribua as maçãs sem deixar folgas, formando uma escama. Regue com o restante da calda que ficou na panela. Polvilhe um pouco de canela em pó.

Retire a massa da geladeira. Com um rolo de macarrão, abra a massa numa superfície enfarinhada, até ficar um pouco maior que a fôrma. Coloque a forma sobre a massa para medir e aproveite para cortar os excessos de massa com uma faquinha, deixando uma margem de pelo menos 1 cm.

Com cuidado, dobre a massa na metade duas vezes (formando ¼ de disco). Coloque a massa sobre as maçãs, num canto da forma, e desdobre cobrindo toda a superfície.

Com a ajuda de um garfo, force as bordas da massa para baixo (lembre-se de que a torta será virada depois de assada).

Leve a torta ao forno preaquecido e deixe assar por 50 minutos ou até que a massa fique dourada. Espere esfriar e desenforme.

Fonte e foto: Panelinha

Maçãs do amor

Quem resiste a uma bela e brilhante maçã do amor? Impossível! Também de origem internacional, atribuída aos EUA.

Ingredientes

  • 1 kg de açúcar
  • 500 ml de água
  • 1 colher (sopa) de vinagre
  • corante vermelho (pó ou líquido)
  • 12 maçãs (pequena/média)palitos de sorvete

Modo de preparar

Lave e seque as maçãs.

Espete-as com 1 ou 2 palitos (ajudará na firmeza na hora de caramelizar).

Unte formas de alumínio (pode ser de bolo) com óleo, bem pouco.

CALDA

Coloque todos os ingredientes dentro de uma panela.

Nesta receita não se usa nenhuma colher (pois, pode açucarar a calda).

Misture/mexa apenas a panela – não use nenhum tipo de colher, pois, pode quebrar o ponto da calda.

Até a fervura, pode usar fogo alto, quando ferver, mude para médio e mantenha por aproximadamente 25 minutos.

Mergulhe a ponta de um palito de sorvete na calda e pingue na forma em segundos.

Pressione com o dedo (ela amassará) e solte sobre a forma; se ela fizer barulho de sólida, desligue imediatamente e comece o processo de mergulhar as maçãs e colocá-las sobre a forma previamente untada.

Note que o ideal é realizar este processo o mais breve possível, pois a calda vai, naturalmente, endurecer.

receita maçãs caramelizadas

Maçãs assadas

Outra receita internacional, esse prato é tipicamente russo, segundo o site Russia Beyond, as maçãs são comidas no café da manhã bem quentinhas depois de assadas.

Ingredientes

  • 3 maçãs médias
  • 100 g de “tvôrog” (ricota)
  • 50 g de mirtilo
  • 30 g de nozes comuns ou pecã
  • 2 colheres de sopa de mel
  • ½ colher de chá de canela em pó

Modo de preparo

Em primeiro lugar, com uma faca pequena e afiada, retire os núcleos de cada maçã, fazendo um buraco no centro e deixando o fundo intacto – certifique-se de retirar todas as sementes.

Para esta receita, as maçãs mais azedas funcionam melhor após o cozimento.

Agora passe para o recheio: misture o “tvôrog” (ricota) com o mel e as bagas – se você quiser, pode usar bagas congeladas.

Pique finamente um punhado de nozes com a faca. Adicione as nozes ao recheio e misture.

Recheie cada maçã até a borda e polvilhe o topo com canela.

Coloque as maçãs em uma assadeira coberta com uma folha de papel alumínio ou papel manteiga e leve ao forno a 190°C por 30 a 40 minutos dependendo do tamanho das maçãs.

As maçãs estarão prontas começarem a soltar suco e estiverem macias nas laterais. Então, retire do forno, deixe esfriar por um minuto e sirva ainda quente.

Bolo integral de maçã

Esse bolo é tipicamente brasileiro. Mas como já demos muitas receitas doces, esse bolo leva um mix de farinhas integral e aveia, além da casca de maçã, deixando-o muito saudável e leve.

Ingredientes

  • 4 maçãs (preferência fugi)
  • 1 limão
  • 3 ovos
  • 1/3 de xícara de óleo
  • 1 xícara de açúcar
  • 2 xícaras de mix de farinha (trigo integral, aveia, amido de milho)
  • fermento em pó
  • bicarbonato de sódio

Modo de fazer

Descasque as maçãs e reserve as cascas.

Pique as maçãs em quadradinhos pequenos.

No liquidificador, bata os ovos, com o açúcar, o óleo e as cascas das maçãs. Despeje o líquido numa tijela e junte ½ xícara de farinha de trigo integral, misture bem. 1/2 xícara de aveia em flocos, misture. ½ xícara de farinha de aveia, misture bem e ½ xícara de amido de milho (maisena).

Misture uma pitada de sal, meia colher de bicarbonato de sódio e meia colher de fermento em pó. Misture bem. Pegue as maçãs picadas, junte o caldo de um limão, uma colher de canela, junte à massa e misture bem.

Coloque numa forma untada e leve ao forno pré-aquecido a 180°C por 40 minutos.

Bolacha vegana de maçãs e canela

Sem ovos, leite e farinha. Vegana e sem glúten.

Ingredientes

  • 200 grs aveia flocos
  • 130 grs de maçãs cruas e com pele
  • 15 grs de tâmaras amolecidas (sem caroço)
  • 2 colheres de sopa de coco ralado ou linhaça moída
  • 1 colher de chá canela (ajustar ao gosto pessoal)
  • 30 grs de óleo de coco
  • pitada de sal

Modo de fazer

Misture todos os ingredientes muito bem, até formar uma bola consistente, leve ao congelador ou a geladeira para firmar.

Depois abra a massa e modele em forma de círculos (ou na forma que tiver), numa altura 4 mm de altura e coloque numa forma sobre um tapete de silicone ou papel manteiga, pincele óleo e leve ao forno por 20 minutos ou até ficarem douradas, em temperatura de 180 Cº.

biscoitos dia dos namorados

Maçãs desidratadas

O método de secagem consiste em retirar toda a água do alimento, de forma que bactérias, fungos e leveduras não tenham umidade para se desenvolver.

Trata-se de um método antigo e muito eficaz de conserva de alimentos. Inclusive, no caso das frutas, que dependem de estações climáticas para frutificarem, a desidratação é uma excelente forma de manter os alimentos até outras épocas do ano.

Existem diversas formas de secagem, no sol, ao ar livre, penduradas em varadas ou nos fornos com ou sem aquecimento, além de secadores solares artesanais.

No caso de frutas, dê preferência às maduras, mas não passadas ou moles.

Ao sol

No caso das maçãs, o melhor método de secagem é fatiadas em rodelas ou tiras, mergulhe-as no suco de limão ou laranja por 4 minutos, como proteção de escurecimento, e deixe-as secar ao ar livre, tirando e retirando do sol, mas a duração, somente a temperatura ambiente do local é que poderá determinar, normalmente, no mínimo, 2 dias.

Para testar se o processo finalizou, faça o teste do toque, devem estar secas e desgrudarem da assadeira facilmente.

Tanto ao sol quanto no forno, use uma assadeira antiaderente ou com papel manteiga por causa dos açúcares e a fruta não ficar melecada e grudar.

Para o processo de secagem disponha os alimentos em uma única camada. Cubra-as com um protetor feito de tule para evitar moscas.

No forno

O processo também pode ser feito no forno, mas o risco de ficarem secas demais, porque o processo não é lento, é mais agressivo e retira a umidade muito rápido é grande. Atenção, tente assar num processo mais lento possível, numa temperatura bem baixa, é possível até deixar o forno entreaberto.

Retire as sementes das maçãs e corte em aneias de até 5mm de espessura.

Mergulhe as maçãs numa solução de água, suco de limão e uma colher de açúcar e uma pitada de canela.

Enxugue com papel toalha e coloque os anéis em uma grade no forno pré-aquecido a 45-55 Cº por 3 a 5 horas.

Dura de 3 a 6 meses.

Geleia de maçãs

Toda geleia é feita da mesma maneira: a fruta é aquecida com açúcar para ativar a pectina (agente natural de gelificação) e depois armazenadas em um pote.

Algumas frutas não têm pectina suficiente, então é possível acrescentar com outras frutas, por exemplo a laranja e o limão ou mesmo de forma industrializada, na forma de líquido ou pó.

Dicas: verifique se o açúcar dissolveu totalmente antes de levantar fervura, ou a geleia poderá ficar granulada. Use açúcar cristal a geleia ficará mais brilhante. Não faça grandes quantidades, o tempo será maior e a fruta pode desmanchar. Retire a espuma que se forma quando a geleia ficar no ponto.

Ingredientes

  • 3 maçãs
  • ½ xícara de açúcar cristal
  • suco de 1 limão
  • 1 litro de água

Modo de preparar

Corte as maçãs em quadradinhos pequenos. Numa panela média coloque os pedaços de maçã, e o açúcar. Cubra com a água e leve ao fogo baixo. Deixe cozinhar a partir da fervura por cerca de 15 a 20 minutos, mexendo de vez em quando, até a maçã ficar macia. Junte o caldo de limão e deixe cozinhar por mais 5 minutos. Sinta o ponto em calda da geleia. Armazene num pote de vidro.

Sidra

Sidra é um suco de maçãs picadas e prensadas e depois fermentadas. Por isso, somente vale a pena, se for feito em grande escala.

É uma arte. Antes de prensar, deixe as maçãs empilhadas por alguns dias para ficarem moles, isso se tiver uma prensa.

De forma caseira, as pessoas recomendam ferver as maçãs e depois bater no liquidificador ou mix, num processo bem mais lento e demorado.

Depois de prensadas as maçãs para retirada do suco, deve-se acrescentar alguma levedura para o processo de fermentação, podendo ser fermento de vinho e açúcar se quiser uma bebida mais adocicada.

Uma vez terminada a fermentação, dentre um período de 10 dias a um mês, a bebida poderá ser transferida para garrafas usando um sifão. Normalmente nesse processo, as bebidas devem ser consumidas em um ano, mas podem duram mais.

Assista esse vídeo com o passo a passo:

Suco detox de maçãs

Esse suco é altamente detox, recomendado para tomar à noite, antes de dormir. Pode ajudar no emagrecimento se aliado à uma dieta balanceada e exercícios físicos.

Ingredientes

  • 1 maçã
  • ½ pepino
  • 1 limão
  • 1 copo de água

Modo de fazer

Bata todos os ingredientes no liquidificador (o limão, pode ser com casca, só retire o miolo branco e as sementes, porque amarga demais), coe e está pronto para beber.

Molho picante de maçãs

Mas nem só de doces vivem as maçãs. Esse é um molho agridoce picante que vai te surpreender.

Ingredientes

  • 25g de manteiga
  • 1 kg de maçã sem e sem sementes
  • 800 g de açúcar
  • 500 ml de sidra
  • Canela
  • Cravo
  • Pimenta-da-jamaica ou de sua preferência
  • Uma pitada de sal

Modo de fazer

Derreta a manteiga, adicione as maçãs e deixe cozinhar lentamente até ficar macia. Após, coloque os demais ingredientes e mexa bem.

Deixe ferver e cozinhe por 20 minutos, após, escorra e guarde num vidro esterilizado.

Rende 1,5 kg.

Chutney de maçã verde

O chutney pode ser feito com praticamente qualquer fruta ou legume. Trata-se de um molho com a consistência mais firme, mais parecido com uma geleia em alguns casos.

Mas a forma de uso e preparo, não deixa de ser um molho e nesse caso, na melhor forma agridoce, afinal leva vinagre, fruta e açúcar como base.

O segredo é cozinhar bastante, deixando apurar, até obter uma consistência espessa, como a de geleia.

Outra coisa a se considerar é a ousadia para misturar sabores, quanto mais contraste, melhor.

Ingredientes

  • 500 g de maçã verde descascadas e picadas em cubos pequenos
  • 2,5 kg de tomate verde fatiados
  • 500 g de cebola
  • 1 colher de sal
  • 500 g de uva passa branca
  • 1 litro de vinagre
  • 500g de açúcar mascavo
  • 5 pimentas vermelhas picadas sem sementes
  • 2 colheres de gengibre em pó

Modo de fazer

Coloque a cebola e os tomates numa tigela, polvilhe sal e reserve por algumas horas antes do preparo. Escorra e transfira para uma panela, junte a maçã e a uva-passa e cozinhe até as frutas estarem macias, junte os demais ingredientes e cozinhe por 45 minutos. Armazene em potes.

Dica de como intensificar os sabores: Escolha as especiarias, cominho, coentro, cravo, pimentas e pimentões, gengibre, páprica, sementes de mostarda e alho.

Essas são a base de tempero do chutney.

Soque os condimentos num pilão antes de usar.

Talvez te interesse ler também:

Chips para todos os gostos: 10 receitas alternativas para a batatinha frita

Bolo De Maçã: 11 Receitas Fáceis e Saudáveis

Suco de maçã: motivos para consumir e a receita super fácil

Receita de Rosa de Maçã com Massa Folhada: muito fácil fazer

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *