Nozes são remédios: comer 3 por dia melhora o intestino, reduz ataques cardíacos e derrames

As nozes não apenas são deliciosas e ótimas na hora daquela fominha, como são também são um verdadeiro remédio para os intestinos e o coração.

De acordo com um novo estudo, consumir nozes diariamente promove o crescimento de bactérias intestinais que equilibram a flora intestinal e isso traz benefícios ao sistema cardiovascular, diminuindo o risco de ataques cardíacos e derrames.

O estudo

A pesquisa envolveu 42 participantes com sobrepeso e obesidade com idades entre 30 e 65 anos. O grupo passou inicialmente por uma dieta norte-americana típica por duas semanas, após as quais os participantes receberam três dietas separadas, a serem seguidas por seis semanas.

Todas as três dietas incluíram menos gordura saturada que a dieta inicial. Além disso, uma das três dietas incluía o consumo de nozes inteiras, enquanto uma outra previa a ingestão de quantidades de ácido alfa-linolênico (ALA) igual ao contido nas nozes.

Depois que a dieta terminou, os pesquisadores analisaram as bactérias no trato intestinal dos participantes. Os resultados dos testes, publicados no Journal of Nutrition, mostraram que a dieta que incluía o consumo de nozes promoveu a população de bactérias intestinais benéficas para a saúde, tais como eubactérias ammissens e Butyricicoccus.

A melhora do microbioma intestinal proporcionada pelo consumo de nozes também tem sido associada à diminuição do risco de doenças cardiovasculares, graças à redução da pressão arterial, do colesterol total e LDL. O mesmo não ocorreu nas outras duas dietas, apesar da redução de gordura saturada e da integração do ALA.

Segundo os pesquisadores, alimentos como nozes são capazes de fornecer substâncias benéficas, como fibras e compostos bioativos, além de ácidos graxos essenciais, que fornecem alimento para bactérias benéficas. Essas bactérias geram metabólitos que melhoram nossa saúde geral.

Pesquisas futuras investigarão outros possíveis benefícios trazidos pelo consumo de nozes, avaliando, por exemplo, se essas frutas também são capazes de influenciar os níveis de açúcar no sangue.

No momento, graças à esta nova pesquisa, sabemos que, para melhorar o microbioma intestinal e se proteger do risco de doenças cardiovasculares, seria suficiente comer duas ou três nozes por dia como merenda, obviamente dentro de uma dieta variada, saudável e equilibrada.

Talvez te interesse ler também:

O segredo para não engordar: coma um punhado de nozes e frutas secas por dia

20 gramas de nozes por dia fazem bem ao coração, combate o câncer e outras doenças

Receita de bolo de nozes sem lactose

Sobre Eliane A Oliveira

Eliane A Oliveira
Formada em Administração de Empresas e apaixonada pela arte de escrever, criou o blog Metamorfose Ambulante e escreve para GreenMe desde 2018.

Veja Também

Comer ou não comer: eis a questão. A culpa e as leis da alimentação

Será que comer ou não comer deveria mesmo ser uma questão? Afinal, comer nos mantém …