10 alimentos alcalinos para comer todos os dias

10 alimentos alcalinos para comer todos os dias

De acordo com a dieta alcalina, um dos problemas típicos da alimentação moderna, composta principalmente de alimentos embalados, refinados e processados, proteínas animais e açúcares, é que esta tende a ter um efeito acidificante sobre o corpo, causando graves consequências para a saúde.

Acredita-se que a alimentação moderna aumente, por exemplo, o risco de doenças inflamatórias e câncer. Seguindo este ponto de vista, seria válido consumir alimentos alcalinos mais e mais vezes, pois eles seriam capazes de trazer o pH sanguíneo para alcalinidade e, portanto, reequilibrar o corpo.

O pH do alimento é importante?

Os divulgadores da dieta alcalina acreditam que a alcalinidade testada em exame de urina, possa significar que o sangue também o seja. Mas um pH da urina mais alcalino, não significa necessariamente que o pH do sangue também seja alcalino.

Alguns estudos demostram que os alimentos consumidos têm um efeito muito pequeno no pH do sangue. No entanto, uma dieta alcalina pode ser benéfica à saúde, especialmente para algumas pessoas. Acredita-se que ela seja especialmente útil para aqueles que sofrem com problemas renais.

Ainda que os benefícios da dieta alcalina não tenham sido cientificamente comprovados, principalmente a ligação entre câncer e alimentos acidificantes não tem relação comprovada, os  alimentos recomendados pela dieta alcalina (todos do reino vegetal) são, sem dúvidas, saudáveis, e suas propriedades já foram estudadas e se mostraram bastante benéficas para o organismo.

Recomendamos então, que você os agregue em sua dieta, alternando, dependendo da época do ano e de seu gosto pessoal, alguns destes alimentos.

Por que não?

Raízes

Beterrabas, nabos, cenouras, rabanetes e todas as outras raízes e tubérculos têm um efeito alcalinizante sobre o corpo. Além disso, são ricos em minerais e fibras e, portanto, sem dúvida, contribuem para uma boa saúde geral do organismo. Podem ser comidos crus ou cozidos ao vapor ou em água fervente e temperados com um fio de azeite extravirgem, sal e ervas aromáticas como hortelã ou salsinha.

Crucíferas

Os efeitos benéficos dos vegetais crucíferos (toda a família dos repolhos e brócolis) são agora conhecidos. Além de mudar o pH do corpo, no sentido de proporcionar uma ligeira alcalinidade, reforçam o sistema imunológico, melhoram a digestão e têm reconhecidas propriedades preventivas a certos tipos de tumores. Na época das crucíferas, podemos abusar destes alimentos comendo-os todos os dias, porque de fato, a sua variedade é muito grande, podendo escolher entre brócolis, couve-flor, couve, repolho branco, roxo, etc.

Vegetais de folhas verdes

Os vegetais de folhas verdes estão entre os alimentos mais saudáveis que existem e devem ser consumidos crus ou cozidos a vapor – preferencialmente, alternando-se o preparo, a cada vez que for consumido -. Por exemplo, espinafre e acelga, são perfeitos para manter o equilíbrio ácido-base do corpo adequadamente. Também contêm fibras, minerais e vitaminas, necessárias para o bem-estar diário do nosso corpo.

Alho

O alho tem muitas propriedades e é considerado um dos melhores alimentos que você pode consumir, se deseja manter-se em bom estado de saúde. Além de ser alcalinizante, o alho é um antibiótico natural, melhora a saúde do coração e ajuda o sistema imunológico, tem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e contribui para uma boa desintoxicação. Pode, portanto, ser considerado, por todos os efeitos, um superalimento, entre outros de baixo custo e sempre disponível.

Limões

Pode parecer estranho falar de limões como fonte de alimento, mas é a verdade. O limão como fruta alcalinizante é extraordinário, porque tem um pH ácido, devido ao teor de ácido cítrico. Na verdade, o efeito alcalinizante ocorre uma vez que o limão é absorvido pelo corpo, especialmente se a ingestão foi feita com um pouco de água na parte da manhã, com estômago vazio. As vantagens são muitas: ajuda o sistema imunológico, contribui para a desintoxicação do fígado, melhora a digestão e auxilia na perda de peso. Também acaba garantindo energia e vitalidade da pessoa, já no início da manhã.

Pepino

O pepino é um alcalinizante vegetal particularmente valioso, devido a sua composição, riquíssimo em água, que chega a 95% do seu peso. Não é por acaso que a estação deste vegetal é o verão, mesmo porque torna-se essencial por conta de seu poder de hidratação, bem como por causa de sua composição rica em antioxidantes, vitaminas e minerais. Os pepinos são geralmente consumidos crus em saladas, mas uma ótima maneira de comê-los é também incluí-los em sucos, junto com outras verduras ou frutas.

Aipo

Assim como pepino, aipo é também um vegetal alcalino particularmente rico em água. Utilizado muitas vezes em sopas e como condimento base como a cebola, seria mais interessante se fosse consumido cru em saladas ou adicionado a sucos. Aipo fornece uma boa dose de vitamina C e é recomendado como um lanche ou petisco, mesmo para aqueles que querem perder peso, pois tem muito poucas calorias e é diurético. No verão um petisco leve e muito saudável pode ser feito com aipo e cenoura cortados em tirinhas e servidos com um molho feito de azeite, limão, sal e pimenta-do-reino em pó. Chic!

Maçãs

Maçãs, como a maioria das frutas, são alcalinizantes e ainda apresentam a vantagem de fornecer ao corpo, fibras essenciais para o bom funcionamento intestinal, e nutrientes tais como vitaminas, minerais e outras substâncias úteis para o corpo se manter saudável. O ideal seria a consumi-las com a casca, que é a parte mais rica em nutrientes, mas para comê-las inteiras é muito importante que sejam de origem orgânica pois a cultura de maçãs é uma das mais bombardeadas de agrotóxicos.

foto

foto: rawforbeauty.com

Abacate

O abacate pode ser considerado um verdadeiro presente da natureza. Do abacateiro tudo se aproveita, folhas, frutos, casca.

O abacate tem a reputação de ser muito calórico, pois contém muitas gorduras, mas na realidade são gorduras boas (incluindo Ômega 3) e, caso seja comido com equilíbrio, em porções controladas, não contribui para o ganho de peso.

Essa fruta também contém minerais, vitaminas, antioxidantes e detém um bom pH alcalinizante.

Uva

Outro fruto incrível, dado seu poder alcalinizante, é a uva. Cada vez que comer um cacho, ou uma porção, são fornecidos ao nosso corpo: água, minerais, vitaminas e antioxidantes, como o famoso resveratrol.

Um método que é muitas vezes usado, não apenas para equilibrar o pH do corpo, mas também para purificar e desintoxicar, é a cura de uva – uma dieta baseada toda em uva ou sucos dessa fruta, para seguir geralmente por um período de 1-2 ou 3 dias. Obviamente a ser feita mediante recomendação médica.

Resumindo…

Incluir alimentos alcalinos no teu dia a dia pode não deixar o pH do teu sangue alcalino, e de qualquer maneira, não existem estudos que comprovem que alimentos acidificantes causem doenças como o câncer.

No entanto, muito além das promessas de que uma dieta alcalina possa prevenir doenças, você fará bem em incluir mais frutas e verduras na tua alimentação. Disso ninguém duvida!

Talvez te interesse ler também:

10 ALIMENTOS QUE DEVERÍAMOS COMER TODOS OS DIAS

BRÓCOLIS PARA SE DESINTOXICAR DA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA

METADE DE UM ABACATE POR DIA MANTÉM A FOME BEM LONGE

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

1 comentário em “10 alimentos alcalinos para comer todos os dias”

  1. Avatar

    Dr. Deives Francis – Nutricionista esportivo em Santos
    Muito boa a Matéria, alerto apenas que apesar das carnes, assim como outros alimentos, serem classificados com “ácidos”, devem também ser consumidos, pois fornecem diversos outros nutrientes fundamentais para o corpo. O importante é o equilíbrio entre alimentos alcalinos e ácidos. Por isso deve se atentar para não deixar faltar da sua alimentação os alimentos citados neste artigo. Dr. Deives Francis nutricionista esportivo e educador físico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *