Festas de fim de ano sem Covid. Veja as recomendações

Festas de fim de ano sem Covid. Veja as recomendações

Vacinas, infelizmente, não são suficientes para conter a difusão do coronavírus, nem com terceira dose. Por mais que queiramos ser esperançosos, a verdade é que na Europa as festas de fim de ano estão sendo protagonizadas pelo vírus, especialmente pela variante Omicron.

Com mais de 80% da população vacinável vacinada, lockdown, novas restrições, vacinação forçada para muitas categorias profissionais, passaporte verde e terceira dose para todos, o cenário europeu parece não ter mudado de um ano pra cá. Nada está contendo a difusão do vírus. Na Itália, por exemplo, novo recorde ontem, 23, com o registro de 44.595 infecções em 24 horas, o maior número desde o início da pandemia!

Com as festas de fim de ano o cerco aperta e a expectativa é de um novo boom de casos, e mortes, embora digam que a Omicron é mais “tranquila” ou que a vacinação reduz hospitalização.

A verdade é que ninguém nada sabe, então, para aqueles que querem evitar a doença Covid-19 a todo custo, o melhor é apelar para o método antiviral old school, como se vacinas não tivessem surtido efeito (ainda).

Quais são então as novas recomendações?

  1. Use máscara mesmo tendo sido vacinado até com a 3ª dose. Máscaras são essenciais. Estudos confirmam que a FFP2 é eficaz quase 100%.
  2. Esteja ao ar livre o quanto possível, ou seja, organize a festa em lugares abertos.
  3. Dentro de casa use a ventilação correta mantendo janelas abertas, desligando ar-condicionado, fazendo o ar circular e se renovar.
  4. Evite lugares lotados e mal ventilados.
  5. Faça testes, se possível, antes de encontrar pessoas, principalmente antes de encontrar pessoas em lugares fechados.
  6. Evite viagens e deslocamentos o quanto possível.
  7. Continue lavando ou higienizando  as mãos.
  8. Não compartilhe copos nem talheres.

Essas são as recomendações da OMS do tipo “não digam que não avisamos”. As pessoas estão cansadas de tanta restrição, de tanto cuidado e de tanta preocupação, principalmente porque a maioria dos países, com poucas exceções, está vacinada.

Mas é importante dizer isso porque muito se apostou nas vacinas e, infelizmente, ou a aposta foi demasiado alta ou o vírus foi demasiado sagaz.

Mas no Brasil, com o calor, a tendência vai ser ficar no quintal (para quem tem, é claro), enquanto no frio do norte global as pessoas estarão fechadas nos lugares para a festa do vírus.

Ninguém aguenta mais, mas é o que temos para hoje!

Talvez te interesse ler também:

Cãorreios: neste Natal, que tal adotar ou apadrinhar um animal abandonado?

Ceia de Natal Vegana: o Menu para um Natal sem Crueldade!

Campanha SP Invisível: um Natal sem Fome para quem Vive na Rua

Doces de Natal Veganos para uma Ceia sem Crueldade

Natal last minute: 10 presentes no pote de vidro faça você mesmo

Significado do Natal: 33 Curiosidades e Símbolos

Presentes sustentáveis para o Natal: 10 ideias faça você mesmo

Não sabe que presente de Natal dar, dê um curso profissionalizante

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *