Aproveite a quarentena para ficar em forma com esses vídeos

A ameaça do novo coronavírus obrigou muita gente a ficar isolado ou em quarentena, para interromper a disseminação da doença. Com isso, muitas pessoas que tinham o hábito de se exercitar ou não, acabaram ganhando um tempinho de sobra em suas rotinas. Que tal aproveitar esse tempo livre para ficar em forma na quarentena?

Para muitas pessoas, o isolamento social atrapalhou vários planos de vida, inclusive as promessas do início do ano de perder algumas gordurinhas e ficar em forma. Com o tempo ocioso em casa, a vontade de comer não tem fim e começam a saltar aos nossos olhos aquele pneuzinho na barriga, uma sobra nas coxas ou mesmo o músculo do “tchauzinho” balançando.

Esses “problemas”, por assim dizer, são aqueles que até mesmo quem está habituado a fazer academia, sempre diz querer melhorar.

Infelizmente, a aparência física ainda incomoda muita gente (quando não deveria), mas o bom de tudo é que tem solução, só não é tão fácil como gostaríamos. Primeiro de tudo, é importante entender que não existe fórmula mágica, pois para conseguir emagrecer e ficar com o corpo definido, precisamos ter uma alimentação saudável e fazer atividade física.

Não só pela imagem no espelho

Não só pela imagem que vemos no espelho, mas principalmente porque a atividade física é um dos pilares para a construção de uma mente saudável. O neurologista Fabiano Moulin explica o funcionamento do cérebro humano e a importância de estar em movimento para que os neurônios continuem funcionando.

Segundo ele, “estar em movimento é algo tão essencial para a vida, que a natureza colocou a atividade física como critério para a saúde”. É como se o cérebro dissesse: “Eu só vou investir no reparo dos órgãos, se eu tiver uma sinalização de que eu sou útil e estou vivo”. E essa maneira de sinalizar, é a própria atividade física.

Uma vez entendida a importância da atividade física para mantermos o nosso cérebro saudável, podemos investir em alguns exercícios específicos para melhorar o aspecto das áreas críticas do corpo. Porém, é importante falar que exercício físico é diferente de atividade física, pois para colocá-la em prática basta apenas movimentar o corpo (seja limpando a casa, correndo com as crianças ou brincando com o cachorro).

Todavia, o intuito desse artigo é indicar exercícios físicos específicos para determinadas áreas do corpo. No entanto, cabe a nós orientar que não adianta fazer exercícios localizados se a alimentação não for adequada e não fizer uma combinação com atividades aeróbicas para potencializar a queima calórica.

Dado o recado, vamos aos exercícios?

Reduzir gordura na parte interna das coxas

Uma gordura fácil de formar e difícil de sair é aquela do interno das coxas, até porque os músculos daquela região não são tão usados como outros das pernas.

No vídeo a seguir, Carol Borga ensina três variações de exercícios para o interior da coxa. Ela faz 1 minuto de cada lado, totalizando 5 minutos de cada série. Depois orienta repetir mais 2 vezes a série, dando um intervalo de 45 segundos entre elas. Veja a seguir:

Perdendo a barriga em 12 minutos

Um outro lugar onde a gordura adora se depositar… na famosa barriga.

É claro que em 12 minutos a gordura abdominal não vai sumir mas, nessa vídeo aula do canal Exercício em casa, a apresentadora faz uma série intercalando vários exercícios de perna e abdômen, mantendo a frequência cardíaca mais acelerada. Essa tática potencializa a queima de gordura. Coloque a prática como rotina e que os resultados prometem! Veja o vídeo:

Tríceps (músculo do tchau) – 10 variações para ter braços impressionantes

Outro lugarzinho difícil de levantar e fácil de depositar gordura…. o assim apelidado músculo do tchau.

Nesse último vídeo, são apresentadas 10 variações para trabalhar o tríceps com o intuito de tonificar esse músculo, evitando que eles fiquem flácidos.

Apesar de serem áreas difíceis de trabalhar, se conseguimos ter uma alimentação adequada e fazer atividade física constante, todo o corpo começa a trabalhar em conjunto para manter o equilíbrio e, por consequência, tonificar todos os músculos.

Lembrando sempre de respeitar os limites do seu corpo e fazer dessa prática um hábito para a vida toda.

Esperamos que essas dicas tenham sido úteis para ajudar você a aproveitar a quarentena para ficar em forma!

Talvez te interesse ler também:

Musculação: fundamental com o avanço da idade

Prancha: exercício perfeito – seca barriga e fortalece tudo. Dicas e como fazer

Faça você mesmo pesinhos para ginástica com garrafas PET

Alongamento: por que e como fazer?

Formada em Administração de Empresas e apaixonada pela arte de escrever, criou o blog Metamorfose Ambulante e escreve para GreenMe desde 2018.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Instagram
Siga no Facebook