Arte e Cultura

A cidade apocalíptica de Chernobyl como você nunca viu

  • por Daia Florios

Chernobyl

Todos nós vimos as imagens, sobretudo, das consequências, do desastre nuclear de Chernobyl que seriam suficientes para sermos contrários ao desenvolvimento da energia nuclear em nosso país. Já há alguns anos começam a pipocar testemunhas de intrépidos fotógrafos e videomakers que imortalizaram as paisagens apocalípticas das cidades e vilas próximas do centro onde ocorreu o desastre, mas nunca tinham chegado tão perto. Este vídeo feito pelo diretor Danny Cooke, de fato, pela primeira vez, mostra o que resta das chamadas "zonas mortas". Com imagens aéreas, poéticas, instigantes e desconcertantes, mas ao tempo sensíveis e profundas, o vídeo faz com que reapareça a ferida que nunca cicatrizou.

Circuito Tela Verde: o meio ambiente na telona

Circuito Tela Verde

O Circuito Tela VerdeCTV – é um movimento criado em 2009 por iniciativa do Departamento de Educação Ambiental – DEA –, da Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental – SAIC – ligada ao Ministério do Meio Ambiente – MMA. O CTV é realizado ainda em parceria com a Secretaria do Audiovisual – SAv – pertencente ao Ministério da Cultura.

Jason Taylor e suas esculturas submarinas

Jason Taylor esculturas submarinas

Um artista que vem dando o que falar há algum tempo. Brilhante escultor, suas obras se destacam por um aspecto inusitado: são expostas embaixo d’água. Conheça Jason Taylor, sua proposta e sua biografia.

Eduardo Srur: um artista em prol do meio ambiente

Eduardo Srur

Nascido em São Paulo, Eduardo Srur é um artista visual que é a cara da sua cidade. Sua obra se dedica a interferir nos cenários urbanos, dialogando, com a questão ambiental, para alertar sobre os problemas pelos quais passam as metrópoles.

Do lixo às estrelas: a Trash Art de Nadia Luongo

  • por Daia Florios

Nadia Luongo

A artista plástica italiana, Nadia Luongo, nasceu em 1986 e vive em Nápoles. Mesmo sendo formada em Engenharia Biomédica, a paixão pela arte acabou por lhe render participações em tantas mostras e festivais em seu país, com sua Trash Art, ou seja, arte que vem do lixo! Muito legal!