Acabe com infestação de pulga e carrapato com remédios naturais

Acabe com infestação de pulga e carrapato com remédios naturais

É comum, principalmente no verão, aparecerem pulgas e carrapatos nos animais de estimação ou em áreas da residência.

Quando surgem esses parasitas já é sinal de alerta, de que se não tratar logo do ambiente e cuidar da higiene do animal, irá ocorrer uma infestação.

Para evitar que isso aconteça é importante fazer um controle frequente do ambiente, pois é nele onde se encontra o maior foco desses parasitas, nas formas imaturas deles que são os ovos e pupas. Por isso, não adianta tratar do animal e não cuidar do ambiente, pois acontecerá uma nova infestação.

Sendo assim, seguem algumas dicas caseiras e naturais que poderão impedir que as pulgas e os carrapatos se procriem no ambiente de sua moradia, e infestem o pelo de seu animal de estimação.

Como as pulgas e os carrapatos procriam no ambiente

Para impedir a infestação desses parasitas é importante saber como eles se procriam no ambiente.

As pulgas apreciam se alojar em frestas de tacos de madeira ou rachaduras no pisos.

Nesses locais, elas põem seus ovos, que viram pupas e depois se tornam pulgas adultas.

Por isso, é importante manter a limpeza e a desinfecção desses locais.

Já os carrapatos se concentram nos batentes das paredes e portas, nas frestas em volta das janelas, no interior de canaletas e nas divisões das mobílias, pois eles preferem estes esconderijos.

Tratamento do ambiente

É necessário que o tratamento do ambiente seja feito sem a presença de animais e crianças, e que só depois que tiver acabado, com tudo seco e arejado, permitir que eles circulem.

Etapas da limpeza

Para fazer a desinfecção e higienização do ambiente, a fim de eliminar criadouros de pulgas e carrapatos, impedindo a infestação desses parasitas sem precisar fazer usos de inseticidas, dedetização e venenos para insetos, será necessário o uso de um aparelho vaporizador e higienizador portátil (leia bem as instruções de uso, para manuseá-lo corretamente).

Instruções

  1. Varra bem o chão, se tiver tapete faça o mesmo. Caso tenha um aspirador de pó, também o utilize, jogando o saco bem fechado e de forma imediata no lixo.
  2. Em seguida, passe o vaporizador nas frestas e na superfície do chão, no tapete e também nos cantinhos, no caso de haver pulgasSe o problema for carrapatos, passe o vaporizador nos batentes, nas frestas das paredes e móveis. Pois, enquanto as pulgas ficam no solo, os carrapatos sobem em superfícies escondidas do ambiente.
  3. Lave todos os panos e tapetinhos que você usa no chão e coloque no Sol bem quente ou passe o vaporizador sobre eles.
  4. Faça o mesmo com as cobertas suas e do seu animal de estimação e também com a caminha dele.
  5. Limpe o local onde seu animal de estimação dorme,  tirando o pó e higienizando com o vaporizador
  6. Caso houver suspeita de pulgas no colchão de sua cama e nos estofados, utilize o vaporizador neles.
  7. Após essas etapas, você pode passar pano molhado com uma mistura de 2 litros de água com 5 gotas de óleo essencial repelente diluído em 1 colher de álcool de cerealMais adiante serão listados os vários óleos essenciais que afastam pulgas e carrapatos.
  8. Deixe o ambiente secar e  o mantenha-o arejado para sair o cheiro que pode causar reação alérgica em animais, crianças e em adultos mais sensíveis.

Veja neste vídeo como funciona um vaporizador e sua forma de utilização:

Cuidados com o jardim ou área externa da casa

Se na sua residência tiver jardim, gramado, quintal ou canteiro, mantenha-os limpos sem o acúmulo de folhas, mato alto e cheio, ou com amontoado de galhos secos para que não se tornem ninhos de pulgas ou carrapatos.

Procure manter o solo úmido, regando o jardim ou lavando o quintal com frequência, porque esses parasitas gostam de locais bem secos e, sendo assim, a umidade é uma forma de afastá-los.

Prevenção e controle de pulgas e carrapatos no animal

Ao levar o animal na rua a possibilidade dele voltar com pulga ou carrapato aumenta. Por isso, sempre observe e passe um pente fino nele ou faça uma vistoria abrindo o pelo de seu pet com as mãos.

Ao perceber qualquer coceira realize uma nova vistoria e penteie seu animal com o pente fino.

Se achar algum parasita, segue uma lista de maneiras mais saudáveis e naturais para impedir que seu animal seja hospedeiro de pulgas e carrapatos:

Óleos essenciais

Você pode realizar tratamentos naturais tópicos (uso externo) em seu animal, utilizando óleos essenciais.

Se for optar por essa alternativa, siga a devida orientação de um especialista em aromaterapia animal, pois existem formas variadas de diluição desses óleos e a dosagem muda de animal para animal.

Lista de óleos essenciais que afastam pulgas e carrapatos

Diversos óleos essenciais têm a propriedade de impedir que pulgas e carrapatos façam morada no animal, como por exemplo:

Observação: os três últimos, NÃO devem ser usados em gatos, porque os felinos têm o olfato mais sensível.

Leia mais em:

Como utilizar o óleo essencial no pet

O  emprego do óleo essencial no animal de estimação, sob a orientação de um veterinário especialista em aromaterapia, irá variar na dosagem e diluição, de acordo com a espécie, raça, tamanho e características do pet.

Seguindo a dosagem correta, pode-se utilizar algumas gotas de óleo essencial, diluído antes em um óleo base, que pode ser óleo de amêndoas, óleo de oliva e óleo de jojoba, aplicando ou pulverizado no pelo do animal, em uma área no dorso (parte de cima do corpo do animal), afastada de sua cabeça e mucosas, nas partes que ele não consiga lamber.

Antes de aplicar efetivamente, faça o teste com um pouquinho menos de 1 gota, para ver se o pet é sensível ou alérgico. Caso ele demonstrar reação ou incômodo, dentro de 24 horas, suspenda o uso.

Tenha o cuidado de não esbarrar as mãos nos olhos ou nas mucosas de seu pet. Por isso, lave-as em seguida à aplicação.

Todas estas orientações valem também no caso de outros animais, que não sejam cachorros e gatos. Entretanto, é importante enfatizar, que a dosagem, a diluição e a essência mais indicada varia de espécie para espécie e até entre raças da mesma espécie.

Banho no animal

O banho no animal também é uma forma de evitar que pulgas e carrapatos permaneçam nele.

A higiene corporal de seu animal é vital para protegê-lo da incidência de pulgas e carrapatos.

Para reforçar essa proteção você pode utilizar shampoo, sabonete ou spray a base de neem para pets

Combatendo parasitas no animal através da alimentação

Outras formas mais naturais de prevenir que seu animal seja chamariz de pulgas e carrapatos, consistem em adicionar suplementos a base de neem à alimentação dele, o que deve ser feito também mediante  acompanhamento de um médico veterinário, de preferência especialista em nutrição animal.

A prévia orientação de um veterinário visa avaliar se existe alguma contraindicação para tratar o problemas de parasitas no animal, com suplementação a base de neem.

Sugestão de suplemento a base de neem na alimentação

O Suplemento Neem Pet- Preserva Mundi (Azadirachta indica) é feito para pets e tem a finalidade de impedir que os parasitas continuem sugando seu o animal.

A azadirachtina, princípio ativo do neem, impede o desenvolvimento e infestação de vários parasitas no animal, porque quando vai para a corrente sanguínea dele, esta substância cria um efeito repelente de dentro para fora do organismo.

Este suplemento é constituído de folhas e galhos finos do Neem, planta de origem indiana, cujo princípio ativo é a azadirachtina, cuja propriedade é impedir  que os parasitas sigam se alimentando do sangue do animal.

Além disso, serve como tratamento fitoterápico para o controle de parasitas comuns- além das pulgas, carrapatos – como vermes, ácaros, moscas e outros insetos.

Os galhos de Neen também contém nimbina e nimbidina, que possuem propriedade antibactericida, prevenindo a formação de placa bacteriana nos dentes do animal, e cuidando de sua saúde bucal.

Outra propriedade do Neem como suplemento, é que ele coopera para que vários endoparasitas (vermes) que se encontram no animal, saiam do organismo dele pelas fezes.

Além de todos esses benefícios, este suplemento fornece nutrientes para a boa saúde dos pets e não contém corantes, conservantes, transgênicos ou glúten.

Modo de Uso:

Segundo orientações do fabricante, a porção de consumo consiste em:

  • 1 grama, por dia, misturada à alimentação, para cães e gatos até 15 kg.
  • 2 gramas, por dia,  para cães acima de 15 kg

Cuidados de Consumo

  • Não exceder essa dosagem
  • É recomendado a interrupção do uso 30 dias antes do acasalamento e durante a gestação.
  • Não utilize em filhotes no período de vacinação.

Este suplemento é mais indicado quando ocorre parasitas no animal. Por isso, não é para ser administrado de forma contínua, até para evitar efeitos colaterais pelo o uso excessivo dos princípios ativos contidos neste suplemento.

Quando suspender o uso

Suspenda o uso caso seu animal tenha sensibilidade a algum dos ingredientes das fórmula desse produto, e ou apresente alguma reação adversa, como por exemplo, algum distúrbio digestivo ou intestinal.

Quando for dar esse suplemento pela primeira vez, observe a aceitação e a reação do animal. Por isso, a qualquer sinal de desconforto orgânico descontinue o uso desse suplemento.

Coleiras repelentes com extratos de ervas

Utilizar coleiras de ervas repelentes, podem ser úteis para evitar e afastar pulgas e carrapatos, principalmente quando for sair com o pet ou deixar ele no quintal.

Só tome cuidado para ele não tirar a coleira e mordê-la, pois o extrato de erva e os óleos essenciais utilizados nesse produto, se ingeridos, podem causar reações adversas ou alérgicas no animal.

Sempre observe a reação do animal ao utilizar um produto repelente natural pela primeira vez.

Se ele demonstrar incômodo, inquietação e reações alérgicas, tire imediatamente a coleira.

Outros produtos naturais que existem no mercado pet

Atualmente existem diversas opções de produtos naturais antipulgas e anticarrapatos na forma de sprays, glóbulos homeopáticos, loções  e soluções que podem ser encontrados em pet-shops físicos ou virtuais.

Antes de comprar determinado produto, veja as avaliações dos consumidores para saber se é eficaz mesmo, para não gastar dinheiro de bobeira.

Fontes para mais informações

Para obter mais informações sobre formas naturais de evitar infestação de pulgas e carrapatos, você pode encontrar mais informações nos sites Bicho Integral e Cachorro Verde.

Evite produtos altamente tóxicos

Todas essas dicas são formas de evitar a utilização produtos altamente tóxicos, inseticidas e afins, que podem causar alergias, intoxicações, sobrecarregar o fígado e os rins do animal.

As dicas também servem para prevenir que a infestação de pulgas e carrapatos cheguem ao ponto de não dar mais para fazer o controle com os produtos naturais.

Se você tiver mais alguma dica natural que costuma aplicar em seus pets ou em sua casa, conte para nós! Deixe seu comentário!

Vamos ampliar as informações e evitar infestações de pulgas e carrapatos!

Talvez te interesse ler também:

Picada de carrapato: sintomas, prevenção e o que fazer

Bichos aparecendo, invadindo casa: o que isto pode significar?

Gambá tenta remover carrapato de um cervo: a foto que captura a profunda simbiose entre diferentes espécies

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *