Páprica: certos insetos pode contaminar esse tempero. Saiba como evitar

  • atualizado: 
paprica insetos

A páprica é um tempero extraído do pimentão vermelho (da variedade páprica) pertencente à espécie Capsicum annuum.

Existem dois tipos de páprica: a picante que deriva do pimentão inteiro (com sementes) e a doce extraída do pimentão sem as sementes. Ambos os temperos se apresentam sob a forma de pó e podem ser utilizados para temperar molhos, sopas, caldos, massas, pastas, patês, recheios de tortas e vários tipos de pratos salgados.

É uma especiaria muito utilizada na culinária húngara e espanhola.

Realmente, é um tempero saboroso que não pode faltar em nossa cozinha, além de ser muito saudável e de ter várias propriedades benéficas para nossa saúde - sendo excelente para a circulação sanguínea e para o sistema cardiovascular - possui ação anti-inflamatória e é digestiva.

Para poder usufruir dessa especiaria é fundamental saber conservá-la e armazená-la em lugar adequado, pois é um tempero suscetível à ação de determinados insetos, como acontece com a farinha de trigo, o arroz, a aveia e outros alimentos.

Quando a páprica não é bem guardada ou fica muito tempo sem uso, corre o risco de ser infestada pelos insetos que costumam invadir alimentos estocados na cozinha.

O armário ou a prateleira onde guardamos os temperos e outros alimentos, podem receber a visita indesejável destes insetos. A páprica, em especial, por não ser de uso frequente, comparada com outros alimentos que são usados diariamente, pode ser alvo desses insetos, por isso antes de utilizá-la é recomendável ver o estado e a aparência do condimento, pois os insetos pode estar escondidos e passarem despercebidos no meio do pó do tempero.

Os dois insetos que costumam assolar a páprica e outros alimentos estocados são:

  • Besourinho do fumo (Lasioderma serricorne)
  • Caruncho do pão (Stegobium paniceum).

Como a páprica é um tempero que se usa de forma específica para certos pratos, não sendo utilizada com frequência, nem sempre sua preservação acontece de forma adequada, facilitando a ação desses insetos sobre essa especiaria.

Estes insetos, inclusive, podem contaminar o tempero, com suas fezes e, também por terem tido contato com outros produtos deteriorados, antes, vão passando de uma alimento a outro alterando o estado e as propriedades de cada produto.

Pode até ocorrer destes insetos entrarem, antes mesmo, de adquirirmos o produto no mercado ou no armazém.

Dependendo das condições do local onde se encontrava armazenado, pode ocorrer desses tipos de insetos perfurarem as caixas ou plásticos onde os produtos estavam embalados.

Estes pequenos insetos podem ser castanhos ou pretos e podem ser vistos circulando no meio ou em em torno da área onde o tempero está armazenado. No caso da páprica, devido à sua cor avermelhada, os insetos podem passar despercebidos, por isso antes de utilizá-la é bom fazer uma inspeção detalhada.

Como conservar bem a páprica

Como conservar adequadamente a páprica e outras especiarias, mantendo afastados os insetos da cozinha, recomendamos:

  • Guarde a páprica e outros temperos em recipientes herméticos feitos de vidro ou cerâmica, pois estes materiais protege o alimento da ação e da entrada de insetos que atacam os alimentos.
  • Mantenha o local onde fica armazenada a páprica e outros temperos, bem limpo e seco, pois lugar úmido é o tipo de ambiente que os insetos gostam de viver.
  • É recomendável arrumar os temperos de modo a organizar e separar os mais antigos para usar primeiro, evitando que vençam a validade, por falta de uso e que fiquem muito tempo estocados, sendo chamariz para insetos.
  • Uma dica é utilizar vinagre branco na limpeza do local onde ficam armazenadas as especiarias e os alimentos, pois o vinagre afasta insetos.
  • Outra ações que contribuem para preservar as especiarias é evitar de comprar grande quantidade delas, pois a estocagem favorece o surgimento de insetos e outras contaminações, principalmente, se o local for úmido e/ou contiver muitos alimentos estocados e armazenados.
  • Se for guardar a páprica e outros temperos na geladeira, mantenha o local sempre seco, pois a umidade contribui para deteriorar o produto e alterar sua qualidade.
  • É melhor ir comprando o tempero, conforme for acabando, assim a especiaria é mais fresca ou mais recente e não fica por muito tempo armazenada, criando condições para atrair insetos. 
  • Coloque etiquetas em cada vidro de tempero com a data de validade, assim não se corre o risco de usar produto vencido e nem de esquecer de usar o produto mais antigo antes do mais novo.

Saiba mais sobre: Páprica: Propriedades, Usos e Benefícios desta especiaria doce e picante

Confira também esse artigo sobre o uso de temperos: Ervas, especiarias e temperos: o que combina com o quê

Agora, sabendo da importância da conservação da páprica e de outras especiarias, como mantê-las protegida de insetos, dá para aproveitar bem mais os seus benefícios e toque especial que elas conferem aos pratos.

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!