©tg24.sky.it/

Invasão de javalis em Roma: atraídos por lixo, animais tomam conta da cidade eterna

Invasão de javalis em Roma: atraídos por lixo, animais tomam conta da cidade eterna

Algo inusitado está se passando em Roma: alcateias de javalis estão invadindo as ruas da capital italiana.

Vídeos dos javalis viralizaram na Itália e no mundo. O fenômeno acontece, também, em outras cidades italianas. De acordo com o Instituto Superior de Proteção e Pesquisa Ambiental (ISPRA), estima-se que haja no país europeu um milhão de javalis – número que ampliou consideravelmente nas últimas décadas.

Segundo estimativas recentes, os javalis estão presentes regularmente em 90 cidades italianas. Além de Roma, eles foram avistados em Turim, Gênova, Trieste, Florença e Bari.

 

View this post on Instagram

 

Uma publicação compartilhada por UOL (@uoloficial)

Comida no lixo e ambiente acolhedor

A razão disso, segundo informado pelo Il Post, deve-se à expansão das áreas cobertas por florestas (são quase dois milhões de hectares mais do que em 1990), habitat natural da espécie.

Acredita-se, também, que o aumento das temperaturas invernais tenha favorecido a sobrevivência de mais ninhadas. Nessa época do ano, é comum caçadores fornecerem aos javalis comedouros, favorecendo o crescimento da população da espécie.

Outro fator levado em conta é que o número de predadores naturais de javalis, como lobos e ursos, não aumentou na mesma proporção.

Mas o fator que mais salta aos olhos dos moradores de Roma é a ligação entre os javalis e o lixo urbano.

Os javalis são animais onívoros e de fácil adaptação, por isso, as latas de lixo são locais onde eles facilmente vão em busca de alimentos. Em Roma, há sacos de lixos por toda a cidade rodeados por restos de comida. Isso faz com que os javalis, que têm hábitos noturnos, saiam à caça de alimentos em plena luz do dia.

Os animais também são bastante tolerantes com as pessoas, sobretudo, aquelas que os alimentam – algo que deve ser absolutamente evitado, visto que estes são animais selvagens. O diretor do ISPRA, Piero Genovesi, conta que:

“Em Gênova há um grupo de cidadãos todos os dias que alimentam javalis com focaccias perto do Bisagno [um riacho], provavelmente para tirar suas fotos”.

Problema político

O problema do lixo e dos javalis em Roma é tão sério que virou debate político:

Não alimente animais selvagens

Não se deve alimentar espécies silvestres com alimentos ingeridos por humanos. Eles têm hábitos distintos dos nossos.

Em casos similares a este que está ocorrendo na Itália, devem ser acionados os órgãos de defesa ambiental.

Nós sempre falamos sobre isso:

Talvez te interesse ler também:

4 de Outubro é um DIA ESPECIAL: Dia de São Francisco de Assis, Dia do Cachorro, Dia dos Animais e Dia da Natureza

Carne cultivada de laboratório: carne do futuro? Como é feita?

Como saber se uma espécie não existe mais? Acompanhe o caso do pica-pau que inspirou o desenho

Uma em dois milhões: pescador captura raríssima lagosta azul

Campanha: empresas aéreas deixem os peta viajarem com seus donos

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *