Pele flácida: as causas e como resolver ou melhorar seu aspecto

Pele flácida: as causas e como resolver ou melhorar seu aspecto

O envelhecimento modifica o corpo e esse é um fato que vai ocorrer na vida de todos, de alguma forma. Com o avançar da idade uma das regiões que mais sofre os efeitos do tempo é a pele. Será que dá para retardar a flacidez da pele? Como melhorar o seu aspecto flácido?

Vamos ver isso e outras coisas mais. Conheça abaixo as causas da flacidez da pele, veja dicas e tratamentos para o problema.

Lembramos que a flacidez é um processo natural e pode ser intensificada em decorrência de inúmeros fatores, como exposição solar, tabagismo e má alimentação. De todo modo, existem formas de melhorar o aspecto da pele, como exercícios, sono restaurador, suplementos, produtos de beleza e procedimentos estéticos.

O autocuidado é um direito de todos, mas vale lembrar que essa busca não pode ser por perfeição e exagerada.

Existem formas saudáveis de retardar esse processo natural.

Por que a pele fica flácida?

A flacidez da pele se deve, em grande parte, a um processo natural. Com o decorrer dos anos, as atividades das células da pele vão atrofiando. Essa fisiologia natural que mantém a pele saudável pode diminuir em até 50% até a meia idade, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Algumas proteínas importantes existentes na pele vão se deteriorando, como é o caso da elastina – que dá elasticidade à pele –, o colágeno, responsável por dar estrutura e firmeza à pele, e o ácido hialurônico, que deixa a pele com aspecto hidratado e preenchido. Além disso, ocorre uma oxidação, que danifica o metabolismo celular, tornando a renovação menos eficiente.

Porém não é somente a idade que provoca a flacidez. A exposição solar é uma das principais causas, assim como o tabagismo e abuso do álcool, má alimentação, poluição e estresse.

Pessoas que perdem muito peso podem ter como efeito colateral a perda da elasticidade da pele.

A gestação também pode provocar a flacidez em decorrência das intensas modificações que ocorrem no organismo, durante o processo.

Algumas doenças, como linfoma cutâneo de células T e Síndrome de Ehlers-Danlos também podem causar flacidez.

Como resolver. Pele flácida tem solução?

Existem várias formas de manter a elasticidade da pele por mais tempo e algumas delas são bem simples de colocar em prática.

Conheça algumas dicas de como evitar a flacidez da pele e de tratamentos para reduzir o problema:

Use protetor solar

Esse é um item que não pode ser deixado de lado, pois a exposição solar, além de acelerar o envelhecimento, ainda pode causar inúmeras doenças de pele. Então invista em um bom protetor solar e use-o diariamente.

Tenha uma alimentação equilibrada e saudável

Os alimentos exercem uma forte influência no aspecto da pele. Por isso é importante investir em itens que possuam antioxidantes capazes de retardar o envelhecimento celular. Invista em alimentos ricos em colágeno, em vitamina C como as frutas cítricas (laranja, limão, tangerina, kiwi) e em proteínas pois elas ajudam na sustentação muscular.

Beba bastante água

A hidratação auxilia na renovação das fibras de colágeno, dando mais elasticidade e firmeza à pele, e melhora a circulação sanguínea, reduzindo a retenção de líquidos que causam inchaço.

Pratique atividades físicas

Exercícios físicos, como musculação e pilates fortalecem as fibras musculares e mantém a firmeza da pele. O Yoga também pode ajudar bastante. A postura do leão, por exemplo, exercita a musculatura facial, auxiliando na firmeza da pele.

Faça massagens faciais

Quando for usar cosméticos na pele, aproveite para fazer uma massagem. No caso do rosto, existem inúmeras técnicas para melhorar a circulação, ajudar na absorção do creme e na prevenção da flacidez.

Exercícios faciais

Existem evidências científicas de que exercícios faciais ajudam a reduzir a flacidez da pele do queixo, papada e garganta.

Evite o cigarro e álcool em excesso

Ambos aceleram o envelhecimento da pele e devem ser evitados, sempre que possível.

Use cremes envelhecimento

Existem no mercado inúmeras opções de produtos para pele que auxiliam no processo de manter o viço, firmeza e elasticidade. Procure sempre cosméticos com ativos, como ácido hialurônico, vitamina B5, Pro-Xylane, antioxidantes e retinol.

Use suplementos

Nesse caso, é essencial buscar recomendação médica, antes de fazer qualquer suplementação. Porém, desde que feito com apoio de um especialista, os suplementos com colágeno e ácido hialurônico podem ser de grande ajuda para reduzir a perda da elasticidade da pele, vários estudos confirmam.

Tratamentos estéticos

Em casos leves e moderados, é possível optar por terapias com laser, peeling e outras técnicas estéticas para minimizar a flacidez da pele. O tipo de tratamento a ser indicado varia para cada caso em particular.

Intervenções cirúrgicas

Casos mais graves podem exigir intervenções cirúrgicas, mas isso só deve ser feito por recomendação médica e com bastante critério para evitar o efeito inverso: uma pele que não tem aspecto natural e que não é nada bonita.

Em todos os casos é importante entender que o envelhecimento é um processo natural, mas uma ajudinha para minimizar os efeitos do tempo pode ser muito bem-vinda.

Talvez te interesse ler também:

Óleo de jojoba serve pra quê? Incríveis benefícios: pele e cabelo

Chá verde – reaproveite para usar e embelezar a pele e os cabelos

Psicodermatologia: os problemas de pele, segundo a Psicologia

Faça você mesmo creme antirrugas: receitas fáceis e econômicas

Creme de Babosa para Diversos Usos – Como Fazer em Casa

Como acabar com a flacidez do braço, sem ginástica e de uma forma natural

Clara de ovo contra rugas e queimaduras: mitos e verdades

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *