Eliminar a papada é possível? Todas as soluções existentes

Eliminar a papada é possível? Todas as soluções existentes

Verdades precisam ser ditas: uma hora a cara cai. Com o passar do tempo, a pele perde elasticidade. No rosto, isso tem nome: papada.

Não que isso seja um problema, afinal, mais do que nunca, é preciso deixar bem claro que estética não é a mesma coisa que saúde, principalmente para que as mulheres não morram enquanto tentam ser mais bonitas (ou perfeitas).

Mas, e se a papada for um incômodo muito grande na vida da pessoa, será que dá pra resolver? E será que dá para resolver de uma maneira não invasiva?

As soluções oferecidas são várias: cremes, ginástica facial, tratamentos estéticos e até cirurgia. Vamos dar uma olhada em cada uma delas.

O que é papada

 Afinal, o que é a papada?

Conhecida também por queixo duplo, é uma sobra de pele localizada abaixo do queixo. Ela é um acúmulo de gordura localizada ou de flacidez que pode aparecer em homens e mulheres.

Causas da papada

A causa da papada, em geral, está associada ao envelhecimento natural, quando a pele começa a tornar-se mais flácida.

Mas também pode surgir em qualquer idade após perda de peso, fator genético, alterações hormonais, tabagismo, má alimentação e sedentarismo.

Tipos de papada

Há diferentes tipos de papada, segundo a dermatologista Luciana Pepino:

  • Queixo duplo: em geral, está relacionado ao excesso de gordura na região. Pode ser encontrada em pessoas magras devido a má alimentação ou características genéticas.
  • Flacidez: está relacionada ao envelhecimento e emagrecimento.
  • Características pessoais: a falta de mento (conhecido como queixo) pode afetar a projeção da face, provocando a papada.

Tratamentos

Existe uma cartela de tratamentos para pôr fim à papada, seja lá de que tipo for, mas o procedimento adequado varia de acordo com a idade, o tamanho da papada e o nível do incômodo que ela provoca.

Procedimentos estéticos

O Tua Saúde listou os procedimentos mais frequentemente utilizados para eliminar a papada:

  • Radiofrequência: técnica que ajuda a diminuir a gordura localizada e a aumentar o tônus da pele através da liberação de gordura pela corrente sanguínea.
  • Laser: os lasers Nd: YAG e o laser diodo costumam ser os mais indicados.
  • Acido deoxicólico: é feito a partir de uma molécula produzida naturalmente pelo organismo cuja função é derreter a gordura. Quando aplicado na região, causa uma reação que ajuda a diminuir a gordura e a flacidez.
  • Mesoterapia: consiste na aplicação de injeções com substâncias drenantes, lipolíticas e reafirmantes.
  • Criolipólise: tratamento estético que resfria a região tratada cristalizando a gordura localizada, que é eliminada naturalmente pela circulação linfática.
  • Lipocavitação: esse procedimento só é indicado para pessoas com uma papada maior, pois é necessário formar uma prega de gordura.

Ginástica facial e exercícios

Realizando 4 exercícios simples, você pode começar a sentir a papada ir embora, segundo o Correr Y Fitness.

  1. Alongamento de pescoço: sentando em uma cadeira, estique o pescoço para frente e para trás. Quanto mais puder fazer isso com a boca fechada, mais se pode esticar o pescoço. Cuidado com a cervical.
  2. Pratique a sonoridade das cinco vogais: fale cada vogal pausadamente exagerando no gesto: “aaaaaaaa”, “eeeeeee”, “iiiiiiiiiiii”, “oooooooo” “uuuuuuuuu”. Cuidado para não rir tanto a ponto de deixar de fazer o exercício.
  3. Tensione os músculos do pescoço: feche a boca, aperte os dentes e ative todos os músculos do pescoço. Repita o movimento, ao menos, dez vezes.
  4. Mastigue chiclete: você pode fazer isso a qualquer hora do dia. Apenas evite os chicletes que contêm açúcar.

Este vídeo é muito interessante, ele ensina a realizar exercícios fa2ceis para tonificar a região da papada:

 

Cremes

Para ver o efeito de um creme, é preciso constância no uso. Não existe fórmula mágica para nada, mas existem alguns produtos com efeitos redutor e firmador.

Algumas marcas atuam especificamente nesse segmento e uma pesquisa na cartela de produtos é o pontapé inicial para adquirir algo apropriado para diminuir a papada.

A cafeína, por exemplo, é um ativo que ajuda na redução de medidas e no combate à flacidez da pele. Ela também é antioxidante, o que ajuda a prevenir o envelhecimento precoce e a revitalizar a pele. Cremes com a substância na composição podem ser uma boa aposta para obter os efeitos redutor e firmador na área da papada.

Cirurgias

Há duas opções:

  • Lifting cérvico-facial: método cirúrgico indicada para o paciente que, além de excesso de gordura, apresenta acentuada flacidez na região da papada. O cirurgião plástico faz a suspensão da musculatura flácida por meio de suturas internas. Pode ser complementada com a lipoaspiração. 
  • Lipoaspiração: método cirúrgico que consiste na aspiração da gordura localizada na região da papada com o auxílio de cânulas finíssimas aplicadas nos lóbulos na parte de trás das orelhas e na parte de baixo do queixo. Em geral, o procedimento dura cerca de uma hora e o paciente recebe alta hospitalar no mesmo dia.

Cirurgias têm sempre algum tipo de risco associado, então, talvez, não seja a melhor opção para muitos casos.

Qual é o melhor tratamento?

 Cada caso é um caso e somente um profissional qualificado pode recomendar o melhor tratamento para o paciente.

Segundo o especialista João Tassinary, o melhor método costuma ser a radiofrequência porque a técnica tem dupla função: eliminar gordura e combater a flacidez.

De qualquer forma, é preciso passar pela avaliação de um bom profissional.

Enquanto isso, tente os exercícios. Como em qualquer parte do corpo, no rosto existem músculos que sustentam e dão firmeza à pele. Cremes também podem funcionar mas, antes de jogar dinheiro pela janela, pergunte à quem já usou e peça recomendações.

Talvez te interesse ler também:

Gordura nas axilas: como acabar com aquela gordurinha chata

Como acabar com a gordurinha nas costas

Prancha: exercício perfeito – seca barriga e fortalece tudo. Dicas e como fazer

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *