Potássio: para que serve, benefícios e em quais alimentos encontrar 

Potássio: para que serve, benefícios e em quais alimentos encontrar 

O potássio é um mineral de suma importância para o nosso organismo, e sua falta, ou excesso, pode desencadear muitos distúrbios orgânicos e disfunções metabólicas.

Por isso, este conteúdo traz esclarecimentos sobre o que é o potássio, para que ele serve, quais benefícios para a saúde e em quais fontes de alimentos esse nutriente pode ser encontrado.

Vamos lá?

O que é potássio?

O potássio é um mineral e também um eletrólito, dessa forma, ele tem como propriedade conduzir impulsos elétricos por todo o corpo, atuando no bom funcionamento do metabolismo.

Esse nutriente é um dos principais componentes das células, além de ter participação na síntese de ácidos nucleicos e das proteínas.

Para que serve o potássio

O potássio é muito importante porque além de funcionar como eletrólito, ele ajuda:

  • no equilíbrio dos fluidos orgânicos
  •  dos sinais nervosos
  • das contrações musculares
  • no equilíbrio do pH (acidez e alcalinidade)
  • no balanço hídrico normal
  • na manutenção do bom funcionamento da pressão arterial
  • na digestão
  • e no ritmo cardíaco

Propriedades e Benefícios

O bom nível de potássio permite o equilíbrio da pressão arterial, previne retenção de água, além disso:

Sendo um eletrólito que determina a quantidade de água no interior das células, o potássio atua “em parceria” com outro mineral, o sódio, que é um outro eletrólito responsável por regular a quantidade de água fora das células.

Dessa forma, esses dois minerais mantêm o equilíbrio hídrico do organismo, através do controle da pressão arterial e do transporte de nutrientes para as células, evitando assim a retenção de líquidos no corpo.

Em suma, para o corpo estar em bom funcionamento, é preciso haver um equilíbrio desses dois minerais, a fim de não faltar água dentro e nem fora das células.

Fontes alimentares que contêm potássio

Ter uma alimentação com fontes de potássio contribui para manter o corpo hidratado, com bom equilíbrio de fluidos no organismo e suas funções vitais em plena atividade.

Para suprir o nosso corpo com potássio é necessário que certos alimentos façam parte de nossa alimentação.

Segue uma lista de alimentos vegetais que são fontes desse mineral:

  • damasco
  • ameixa
  • banana
  • kiwi
  • laranja
  • abacaxi
  • mamão
  • cenoura
  • batata
  • feijões
  • nozes
  • beterraba
  • inhame
  • cogumelos
  • abacate
  • batata-doce
  • espinafre
  • folhas verdes
  • couve
  • ervilha
  • melão
  • toranja
  • manga
  • frutas secas
  • pepino
  • abobrinha
  • abóbora
  • tomate
  • soja
  • lentilha
  • grão-de-bico
  • melaço
  • arroz integral e selvagem
  • cereais
  • pão de trigo integral
  • arroz integral
  • chá preto e chá mate

Causas que podem provocar a deficiência de potássio

A deficiência de potássio provoca a hipocalemia (nível baixo de potássio) e pode ser desencadeada por diversas causas:

  • doença renal
  • sudorese excessiva
  • diarreia
  • vômito
  • deficiência de magnésio
  • uso de medicamentos diuréticos ou antibióticos, como carbenicilina e penicilina

Sintomas de deficiência de potássio

Os sinais que denotam a falta de potássio no corpo podem ser:

  • fadiga extrema
  • fraqueza
  • espasmos musculares
  • cãibras
  • arritmia cardíaca
  • constipação
  • náusea ou vômito

Para saber com precisão o grau de carência do potássio, o médico solicita exame de sangue. Também, dependendo da situação, pode requisitar eletrocardiograma do coração e uma gasometria arterial para medir o pH do corpo.

O tratamento para reverter o baixo nível de potássio pode compreender a administração de suplementos de potássio, ou até a utilização de medicamentos diuréticos poupadores de potássio.

Em casos mais graves, onde já esteja ocorrendo anormalidade cardíaca, pode ser necessário tratamento intravenoso.

Excesso de potássio: o que pode desencadear

As causas que podem provocar o excesso de potássio no organismo, caracterizando um quadro de hipercalemia, podem ser:

  • tomar suplementos de potássio em demasia e sem controle médico
  • doença renal
  • fazer exercício com exagero
  • uso de cocaína
  • muita utilização de diuréticos poupadores de potássio
  • quimioterapia
  • diabetes
  • queimaduras graves
  • idade avançada

Reações adversas causadas pelo excesso de potássio

O potássio em excesso pode causar arritmia (batimento cardíaco anormal), e se não for tratado em tempo, pode até levar a morte.

O tratamento para esse desequilíbrio pode ser prescrito com a utilização de medicamentos que aumentam a excreção de potássio, como diuréticos (mas não os poupadores de potássio).

Nos casos de maior gravidade, o médico pode recomendar insulina e glicose, a fim de transportar o potássio do sangue às células, e encaminhá-lo para sua devida remoção orgânica.

Se o paciente sofrer de insuficiência renal, pode ocorrer o tratamento com diálise renal, que é uma intervenção artificial para suprir a função renal, com a finalidade de remover o potássio.

Mantendo em dia o nível de potássio

Além do consumo de uma alimentação balanceada para suprir a quantidade necessária de potássio, de acordo com a necessidade específica de cada organismo, é preciso cuidar da saúde dos rins e manter o bom funcionamento deles, consumindo a quantidade necessária de água que o corpo precisa.

Dessa forma, o potássio, que é um mineral com tantas funções fundamentais para o metabolismo humano, pode ser melhor metabolizado pelo organismo.

Talvez te interesse ler também:

Terapia da água: o que é e como funciona

Zinco como prevenção à Covid-19. Quais alimentos contêm

Farinha de ora-pro-nóbis: como fazer, benefícios, usos e receitas

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *