Dicas de alimentação, segundo o Yoga

alimentação e Yoga

Apresentamos algumas sugestões dos mestres do Yoga para alimentar-se bem, e ajudar em uma melhor qualidade de vida em seu dia a dia.

Nada de refrigerantes ou fast-food

Bem, essa dica não tem nada de nova, não é mesmo? Mas, já que as redes de fast-food têm lucros astronômicos a cada ano, o que significa que as pessoas continuam a consumir tais alimentos, não custa lembrar sempre que, mesmo que agrade ao teu paladar, pode ter certeza de que a sua digestão se incomoda quando você come esses sanduíches e comidas processadas. Isso porque o teu sistema digestivo terá muito trabalho para extrair algum nutriente desses alimentos, apresentando uma digestão lenta e difícil também pelo trabalho de quebrar as famigeradas gorduras trans, que podem causar muitas doenças, desde a obesidade à problemas na dentição e diabetes e até mesmo o câncer.

Faça seus alimentos

Deixe de comer fora de casa e tente fazer, você mesmo, o máximo da comida que consumir, assim você saberá o passo a passo para obtê-la e poderá garantir a higiene no preparo, a seleção dos ingredientes, entre outros. Adicionando azeite extra-virgem e outros temperos, você ainda pode queimar calorias extras e chegar ao resultado pretendido, em termos de boa forma e saúde.

Concentração total no ato de comer

Em geral, comemos enquanto fazemos outras coisas, seja ver TV, digitar mensagem ao celular, ou escrever ao computador. Por isso, acabamos por não mantermos tanto controle sobre a nossa ingestão de alimentos. Ou seja, o estômago já está cheio, mas o cérebro não percebe isso com clareza e pede por mais alimento. Isso leva ao excesso alimentar.

Alimentar-se é nutrir o corpo, dando-lhe energia vital para desenvolvermos as tarefas do dia a dia e para mantermos uma boa saúde. Faça um pausa para as refeições, agradeça pelo fato de alimentar-se e tente nutrir também a alma, permitindo-se o direito de comer bem, com paz e tranquilidade.

Não deixar de ingerir café da manhã

Não à toa é reputada como a refeição mais importante do dia. É aquela que vem após um período em que o corpo está em repouso, por isso é o momento em que o corpo precisa de alimentos energéticos para um dia inteiro de atividades de todos os tipos. Deve ser rico em nutrientes.

Pensar em digerir melhor

Certas posturas do Yoga ajudam a haver uma digestão melhor e mais rápida, como por exemplo a chamada “Postura do Diamante” – Vajrasna – por um período. Assim, aumenta-se a circulação do sangue pela região do baixo abdome e o processo digestivo ganha com isso.

Os hábitos alimentares ajudam até mesmo a moldar a própria personalidade. Essa é a justificativa que antigos mestres usam para sempre ingerirem alimentos frescos e ter uma dieta equilibrada, em termos de nutrientes.

Alimente-se com consciência e prazer e não apenas para matar a fome.

Fonte foto: yogajournal.it