Estudo associa horário ideal para dormir a uma melhor saúde do coração

Estudo associa horário ideal para dormir a uma melhor saúde do coração

Você sabia que existe um horário ideal para dormir? De acordo com cientistas, dormir entre 22 h e 23 h pode diminuir o risco de doenças cardíacas e melhorar a saúde do coração.

O estudo foi realizado pelo UK Biobank com 88 mil voluntários e os pesquisadores analisaram que a sincronização do sono para corresponder ao nosso relógio biológico pode explicar a associação com o menor risco de ataques cardíacos, derrames e doenças cardiovasculares.

Sobre a pesquisa

Durante 7 dias, os pesquisadores coletaram dados sobre o tempo de sono e o tempo acordado dos participantes com um dispositivo como um relógio e, acompanharam por 6 anos o que aconteceu com os voluntários em termos de saúde cardíaca e circulatória.

Resultados

Mais de 3 mil pessoas desenvolveram doenças cardiovasculares. Estes casos ocorreram com pessoas que foram dormir mais cedo ou mais tarde do horário entre 22 e 23 horas.

O autor do estudo, David Plans, da Universidade de Exeter, na Inglaterra, fala que nosso relógio biológico pode ser afetado quando dormimos fora do horário “ideal”:

“Embora não possamos concluir a causalidade de nosso estudo, os resultados sugerem que o relógio biológico pode ser afetado dependendo da hora em que vamos dormir, com consequências adversas para a saúde cardiovascular.

O horário mais arriscado é depois da meia-noite, potencialmente porque pode reduzir a probabilidade de ver a luz da manhã, o que zera o relógio biológico”.

Coração saudável

Ter uma boa noite de sono é muito importante para manter o coração saudável. É preciso dormir suficiente para manter o bem-estar geral, para a saúde cardíaca e circulatória do organismo.

Segundo Regina Giblin, enfermeira cardíaca sênior da ONG British Heart Foundation, afirma que a maioria dos adultos deve dormir de sete a nove horas por dia para ter um coração saudável.

O estudo, que foi publicado na revista científica European Heart Journal indica que dormir entre 22 horas e 23 horas é o momento ideal para grande parte das pessoas manter a saúde cardíaca a longo prazo.

Fatores que também podem aumentar o risco cardíaco

O sono não é o único fator que pode afetar a saúde do coração. Também temos

  • idade;
  • peso;
  • níveis de colesterol;
  • estilo de vida;
  • pressão arterial;
  • consumo de sal e álcool;

que podem prejudicar o bom funcionamento cardíaco e circulatório do corpo humano. Regina Giblin diz que além de dormir na hora certa, a prática de exercícios e uma dieta balanceada são hábitos que ajudam para uma boa saúde do coração:

“Mas o sono não é o único fator que pode afetar a saúde do coração. Também é importante observar seu estilo de vida, como pressão arterial e níveis de colesterol, manter um peso saudável e praticar exercícios regularmente, reduzindo o consumo de sal e álcool, e uma dieta balanceada também pode ajudar a manter o coração saudável”.

A pesquisa ainda não pode provar as causas e efeitos e mais pesquisas sobre a duração e irregularidades do sono são necessárias como um fator de risco para doenças cardíacas e cardiovasculares.

Fica a dica para quem busca regular o sono: além de ser bom para saúde e para o coração, dormir o suficiente também melhora o humor.

Talvez te interesse também:

Uma receita para seu corpo consumir mais calorias durante o sono

Medicamentos para sono e ansiedade são mais mortais que drogas 

Crianças: 1 hora de exposição aos eletrônicos significa menos 15 minutos de sono 

Não consegue pegar no sono? Toma um banho quente!

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *