Coronavírus: é pandemia, declara OMS. O que isso significa?

Coronavírus: é pandemia, declara OMS. O que isso significa?

A OMS (Organização Mundial da Saúde) acaba de declarar pandemia para a Covid-19. Até então, para a OMS tratava-se de uma epidemia. O que isso significa essa mudança?

“É uma pandemia”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, na conferência de imprensa em Genebra sobre o coronavírus. Em teoria, o termo indica que a contaminação pela doença se tornou global, é mortal e afeta um grande número de pessoas ao mesmo tempo.

Mas não é de agora que o vírus, SARS-CoV-2, foi detectado em todos os continentes, porém a OMS talvez tenha “demorado” a declarar pandemia pois a contaminação parecia ser suficientemente controlável ou, o seu alcance global estava sendo aparentemente relativizado, como dissemos aqui:

“A OMS avaliou que a Covid-19 pode ser caracterizada como uma pandemia. Nunca vimos uma pandemia de coronavírus, esta é a primeira. Mas nunca vimos sequer uma pandemia que possa, ao mesmo tempo, ser controlada”, explica Ghebreyesus.

Iniciada em Wuhan, na China, a doença tem quase 120.000 infectados, mais de 4.000 mortos, dos quais 600 na Itália. A declaração da OMS significa que a partir de agora, os Estados terão que cumprir as medidas impostas pela Organização Mundial da Saúde.

“Estamos profundamente preocupados com os níveis alarmantes de difusão e com a gravidade da falta de ação. O termo ‘pandemia’ não deve ser usado com superficialidade ou levemente. É um termo que, se usado incorretamente, pode causar pânico irracional ou conformismo injustificado, como se a luta tivesse terminada, causando sofrimento e mortes evitáveis. Somos gratos pelas medidas que estão sendo tomadas no Irã, na Itália e na Coréia para diminuir a velocidade do vírus e conter epidemias. Sabemos – continuou – que essas medidas têm um forte impacto na sociedade e nas economias, como aconteceu na China”, afirmou o diretor.

O que mudará de fato da transição da epidemia para a pandemia?

Agora, a OMS poderá emitir diretrizes e enviar equipes aos países mais afetados sempre com respeito à soberania. Isso já foi feito na China, Itália e no Irã. Quem declarou que a epidemia pelo novo coronavírus se tornou pandemia foi o diretor da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, depois de avaliar a curva crescente do vírus em toda a Europa, mas também na América.

“Há países que não estão fazendo de tudo para conter a epidemia“, alertou um Ghereyesus alguns dias atrás.

Daí a decisão de tomar medidas drásticas para conter o vírus.

Talvez te interesse ler também:

Por que secar as mãos é tão importante para combater o coronavírus?

Coronavírus: caos na Itália sugere que não sabemos lidar com epidemias

Vem aí um futuro de doenças transmitidas por animais!

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *