Menopausa pode ser retardada com uma dieta rica em leguminosa e ômega 3

  • atualizado: 
Menopausa

Você já pensou que a chegada da menopausa também pode depender da tua dieta e nutrição? Se, ao que parece, os carboidratos aceleram a entrada da mulher na menopausa, uma dieta rica em peixes e ômega 3, no entanto, a atrasaria. Portanto, não é apenas uma questão de ovários: o período de vida em que as mulheres deixam de ser férteis também pode ser resultado do que ela come.

É o que sustentam alguns pesquisadores britânicos que examinaram pela primeira vez os possíveis efeitos da dieta sobre a idade da menopausa, afirmando que as mulheres que comem alimentos como peixes oleosos e leguminosas frescas, como ervilhas e feijões verdes,  iniciam a menopausa mais tarde do que aquelas que mais consomem mais carboidratos refinados, como macarrão e arroz.

Mais de 14.000 mulheres residentes no Reino Unido foram incluídas na pesquisa do UK Women Cohort Study.

Informações sobre saúde reprodutiva foram adquiridas e, à todas as participantes fora solicitado de preencher um questionário dietético. Após 4 anos, uma pesquisa adicional baseada em um segundo questionário avaliou a composição da dieta das mulheres que entraram na menopausa.

Ali verificou-se que a ingestão de grandes quantidades de leguminosas e peixes ricos em ômega 3 pode estar associada a um atraso no início da menopausa, pelo menos, três anos do que a média. Por outro lado, em mulheres que fizeram uso extensivo de carboidratos refinados, a idade em que a menopausa aparece foi de aproximadamente 1,5 anos mais cedo do que a média nacional.

Mais de 900 mulheres com idades entre 40 e 65 anos resultavam ter entrado em menopausa fisiológica (entendida como a ausência de ciclos menstruais durante pelo menos 12 meses consecutivos, não por problemas oncológicos, drogas ou cirurgia) entre a primeira e a segunda investigação.

"A idade do início da menopausa - diz Janet Cade, Professora de Epidemiologia Nutritiva e de Saúde Pública na School of Food Science and Nutrition em Leeds - tem sérias implicações para a saúde de algumas mulheres. Esclarecer como a dieta pode influenciar a idade da menopausa pode ser de grande benefício para as mulheres em risco ou com história familiar positiva para algumas complicações da menopausa."

Se, de fato, por um lado, há uma tendência em associar uma menopausa precoce a uma densidade óssea reduzida e a um risco aumentado de doença cardiovascular, por outro, uma menopausa "tardia" pode estar ligada a um risco aumentado de câncer de mama, tumor de ovário e do endométrio. Uma análise então não apenas sobre os vários fatores, como genética ou estilo de vida, mas também do que se come, poderia evitar vários problemas relacionados à menopausa.

Sobre ômega 3, talvez te interesse ler:

ÔMEGA-3: QUAL A DIFERENÇA COM O ÔMEGA-6?
ÔMEGA 3 - VOCÊ SABE QUE BENEFÍCIOS TRAZ O CONSUMO DAS GORDURAS SAUDÁVEIS?
ÔMEGA 3 NÃO TEM SÓ NOS PEIXES - CONHEÇA 6 FONTES VEGETAIS DE ÔMEGA 3

Sobre menopausa, talvez te interesse ler também:

MENOPAUSA: DICAS PARA ACEITAR SERENAMENTE ESTA FASE DA SUA VIDA
MENOPAUSA: CONHEÇA OS SINTOMAS E PREVINA OS PROBLEMAS
6 CHÁS PARA ENFRENTAR A MENOPAUSA

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!