Açúcar desinfeta, cura feridas e favorece a cicatrização. O estudo que surpreendeu a ciência

  • atualizado: 
Moses Murandu

Normalmente não se fala muito bem do açúcar, um produto que devemos usar com muita moderação. Parece, no entanto, que esse ingrediente tem uma virtude muito importante, que é a de ser um bom desinfetante e curativo para feridas.

É o que revelou um estudo realizado na Grã-Bretanha. 

Para muitos de nós nunca nos viria à mente mas, entre os usos alternativos do açúcar, há também a possibilidade de espalhá-lo nas feridas para acelerar a sua recuperação. Existe uma pesquisa realizada no Reino Unido que comprovou que a sacarose tem um excelente poder de cura se aplicada localmente.

Isso foi confirmado por uma equipe liderada por Moses Murandu, da Universidade de Wolverhampton, em West Midlands, que já havia experimentado esse uso original do açúcar quando criança. O homem, criado no Zimbábue, estava realmente acostumado a usar sal para desinfetar as feridas, mas às vezes ele tinha à sua disposição o açúcar que, apesar de mais caro, parecia ser mais eficaz, além de ser um remédio melhor que o sal, porque não queimava durante a aplicação.

Depois de se tornar enfermeiro, ele percebeu que o açúcar não era considerado remédio na área médica como ingrediente desinfetante para feridas e, sendo assim, mais tarde Murandu se tornou professor de enfermagem e decidiu completar um primeiro estudo piloto sobre o potencial deste ingrediente aplicado precisamente sobre as feridas.

Como usar o açúcar em feridas e porque funciona

Murandu explicou que, para tratar uma ferida e fazê-la cicatrizar mais rápido, basta aplicar uma boa quantidade de açúcar na ferida e depois cobri-la com gaze. O método seria eficaz tanto em animais como em homens.

O professor disse que um de seus pacientes teve uma parte de uma perna amputada com uma ferida que ainda não havia cicatrizado completamente. Teria sido açúcar a garantir uma melhoria substancial (ele usou um pacote inteiro no início e apenas 4-5 colheres de chá no final do experimento). Graças ao uso desse ingrediente, garante Murandu, a recuperação do paciente foi muito mais rápida.

Mas como o açúcar age para promover a cura? De acordo com Murandu, recentemente premiado por seus estudos pelo Journal Wound Care, a sacarose seria capaz de extrair água das feridas, evitando que, acumulando-se, pudesse se tornar um solo fértil para a proliferação bacteriana.

murandu premio
Explorar esse potencial seria interessante não apenas em países onde os antibióticos são escassos, mas também onde eles existem, mas começamos a sentir cada vez mais o problema da resistência que as bactérias desenvolveram contra certos medicamentos. 

Até o momento, o estudo do Dr. Murandu é muito pequeno (foi experimentado em apenas 35 pacientes), mas com resultados animadores, pois a investigação demonstrou que algumas estirpes bacterianas foram inibidas com a aplicação de doses elevadas de açúcar sobre as feridas.

Tudo o que resta agora é aprofundar o estudo, um objetivo que o próprio Murandu se propõe a levar adiante.

É como dizer, tudo tem realmente seu lado bom! Parabéns Doutor!

Sobre o açúcar, leia também:

AÇÚCAR REFINADO: 10 RAZÕES CIENTIFICAMENTE COMPROVADAS PARA LIMITAR O CONSUMO

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!