O pessimismo faz mal ao coração

pensamento-positivo

Há quem diga que ser otimista é bobagem pois, é verdade, o pensamento em si, não pode mudar os fatos. Um pensamento positivo não é o suficiente para evitar a morte se alguém se jogar pela janela do 10º andar, é claro! Mas se é verdade que de um lado ser otimista não leva a nada, ser pessimista igualmente não levaria a lugar algum. Porém, finalmente um estudo científico comprova que o pessimismo faz mal à saúde, especialmente a do coração.

O estudo foi realizado no hospital central de Paeijaet-Haeme na Finlândia, e afirma que o pessimismo faz mal para o coração, podendo mais do que dobrar o risco de morte por doenças coronárias.

Não basta portanto seguir uma dieta saudável, fazer exercícios regulares, evitar o consumo de álcool, o fumo e todo o resto do manual da boa saúde para ter um coração em forma: para proteger a saúde deste órgão vital é necessário também uma boa dose de otimismo, ou simplesmente…não pensar negativo.

O ESTUDO - Os pesquisadores envolveram 2.267 homens e mulheres finlandeses com idades entre 52 e 76 anos e monitoraram o estado de saúde destes indivíduos no decorrer de muitos anos, levando em conta todos os fatores que os podiam levar à morte por doenças cardiovasculares e submetendo-os a um questionário para calcular a natureza dos pacientes como “pessimistas” ou “otimistas”.

Os pesquisadores então descobriram que os indivíduos mais pessimistas (aqueles que pensam que "se uma coisa puder dar errado, com certeza dará errado”), tiveram um risco de morte por doença cardíaca 2,2 vezes maior do que os menos pessimistas.

"Os níveis de pessimismo podem ser facilmente medidos e o pessimismo poderia ser uma ferramenta muito útil, juntamente com outros fatores de risco conhecidos, tais como diabetes, hipertensão ou tabagismo, para determinar o risco de morte por doença cardíaca", disse Mikko Pänkäläinen, principal autor do estudo.

Por que então, não usar o pessimismo como campainha de alarme para a saúde do coração? Os pesquisadores concluíram no entanto que, pelo menos neste estudo, não se reconheceu o otimismo como uma qualidade "salva-coração”. Ou seja eles não encontraram ligações efetivas entre o otimismo e seus possíveis benefícios cardioprotetores.

Pessimistas x otimistas

Ainda que esta pesquisa não tenha reconhecido os benefícios do otimismo para a saúde, ficou claro que o pessimismo faz mal ao coração.

Porém, uma outra pesquisa, desenvolvida pela Universidade de Illinois, concluiu que as pessoas otimistas têm sim uma melhor saúde cardiovascular.

Leia mais: OTIMISMO E FELICIDADE FAZEM BEM AO CORAÇÃO

Sendo assim, acabaram-se as dúvidas: entre ser ver o copo meio cheio ou meio vazio, vale a pena ver sempre o lado bom das coisas. Pense positivo!

Leia mais sobre saúde e bem-estar:

CERVEJA FAZ BEM: COM MODERAÇÃO, PRESERVA O COLESTEROL BOM NO ORGANISMO

TOMATE PREVINE RUGAS E DANOS CAUSADOS PELOS RAIOS ULTRAVIOLETA

ANSIEDADE E PENSAMENTOS NEGATIVOS: AUMENTAM SE VOCÊ DORMIR POUCO OU FOR PARA A CAMA TARDE