LABIRINTITE TEM CURA? VEJA AQUI COMO FAZER!

labirintite

Labirintite é uma inflamação do ouvido interno, também conhecido como labirinto. Esta desordem cria sintomas muito desagradáveis como perda de equilíbrio, tonturas, e muito mais.Aqui vamos compreender melhor as causas da labirintite e suas possíveis soluções.

Labirintite é uma doença a ser levado a sério pois, tem de ser bem tratada e mantida à distância e assim não terá consequências graves. Nos casos em o ouvido é danificado por uma inflamação, após uma primeira fase aguda que dura alguns dias,a labirintite pode passar para uma fase intermédia com sintomas atenuados e, finalmente, o problema tornar-se crônica, por meses ou anos e, ciclicamente, recomeçar.

Os sintomas da labirintite

Labirintite pode afetar um ou os dois ouvidos. Os sintomas mais frequentes são perda de equilíbrio, tonturas, sensibilidade à luz, zumbido e, em casos graves, até a perda auditiva.

Sem dúvida, o sintoma mais difícil de gerir são as tonturas que podem tornar-se muito fortes e interferir com as atividades diárias normais. Depois de uma crise de tonturas, ocorre uma sensação de atordoamento muitas vezes acompanhada de náuseas e vômito , sudorese, palidez e mal-estar.

Muitas vezes os sintomas da labirintite podem trazer como um efeito colateral adicional a sensação de ansiedade e depressão. Em alguns casos podem ocorrer crises de pânico nas pessoas que sofrem de labirintite.

Labirintite, as causas

As causas de labirintite ainda não foram completamente esclarecidas mas, se pensa que possam estar relacionadas com a presença de vírus ou bactérias que atingem diretamente os ouvidos (por exemplo, no caso de otite ou papeira) ou as vias respiratórias superiores (nariz, sínus da face, garganta) migrando diretamente para o labirinto. No entanto, não está excluído que a labirintite também pode aparecer como resultado de situações muito estressantes ou como reação alérgica a alguns medicamentos ou, até mesmo, como consequência de cirurgias aos ouvidos.

Entre os vírus que podem causar labirintite estão os citomegalovírus, os de doenças exantematosas como varicela, o sarampo e rubéola, vírus do herpes e da influenza. No que diz respeito as bactérias, no entanto, muitas vezes as responsáveis pelo estabelecimento de uma labirintite (inflamação do labirinto) são os Streptococcus pneumoniae e outras espécies de Streptococcus ou Staphylococcus,assim como a Escherichia coli e, em casos muito raros, a Mycobacterium tuberculosis. Labirintite também pode ocorrer como sucedâneo de uma meningite.

Remédios para labirintite

Não tome de ânimo leve uma crise de labirintite para evitar consequências irreversíveis como a perda de audição, danos permanentes aos ouvidos ou a cronicidade destes sintomas. Procure um otorrinolaringologista, médico especialista em ouvidos, nariz e garganta, à primeira suspeita de sintomas de labirintite, e siga a terapia prescrita (que será à base de antibióticos, anti-inflamatórios e outros medicamentos atenuantes dos sintomas). Faça o repouso indicado.

Infelizmente, nos casos de labirintite não há remédios caseiros que sejam efetivos. Você poderá ter boa ajuda com a reflexologia podal, por exemplo.

Especialmente indicados para você:

OS OUVIDOS ENVELHECEM: APRENDA COMO CUIDAR DELES

COMO ALIVIAR A DOR DE OUVIDO COM REMÉDIOS NATURAIS

VOCÊ É SUPER SENSÍVEL AO BARULHO? VOCÊ PODE SER UM GÊNIO!