Como usar a cromoterapia a seu favor

cromoterapia

Há quem diga que gostaria de viver em um mundo colorido ou cor-de-rosa... É que as cores trazem alegria e tantas outras sensações para nós.

Essa identificação com as cores tem uma resposta científica. Há vários estudos sobre os efeitos das cores sobre nós. O interesse sobre esse tema começou em 1810, quando Johann Wolfgang von Goethe escreveu “A Teoria das Cores”, onde descreveu seu estudo sobre os efeitos físicos e psicológicos das cores nas pessoas. Esse estudo foi pioneiro no que, posteriormente, seria chamado de psicologia das cores.

As cores podem inspirar, acalmar, irritar e emitir diferentes vibrações. Na Índia, por exemplo, as cores têm papel central na teoria dos chakras, isto é, dos centros de energia do corpo.

Essa antiga tradição recupera a cromoterapia ou terapia da cor, que é utlizada cada vez mais como terapia alternativa para gerar harmonia e bem-estar e, inclusive, para sanar enfermidades. A cromoterapia se baseia na capacidade das cores de emitirem vibrações e irradiar energia no nível óptico e em todo o corpo, sobretudo, em nossas emoções. A cromoterapia tem uma concepção holística da saúde e do homem em geral.

Quais são as propriedades de cada cor na cromoterapia?

Azul: transmite generosidade, diminiu o estresse e relaxa a mente. Em nível corporal, é utilizada no tratamento de problemas de tereoide, chagas, queimaduras.

Verde: gera serendidade, calma e paciência. Ajuda a estabilizar e cria harmonia. Favorece o sistema muscular, a motricidade e ajuda em terapias contra dores.

Laranja: reforça a segurança e a autoestima. Incide sobre o intelecto e a força física. Ajuda a superar perdas emocionais.

Vermelho: as vibrações da cor vermelha têm um grande poder estimulante que facilita a tomar decisões e a superar pensamentos negativos. No nível corporal, incrementa a circulação e estimula o fígado.

Amarelo: ajuda a concentração e estimula o cérebro. Pode ser utilizada para melhorar a digestão e em tratamento para a depressão.

Violeta: suas vibrações atuam reduzindo o sentimento de solidão e diminui os medos e a insônia. Ademais, ajuda a melhorar a confiança.

Turquesa: é utilizada para reforçar o sistema imunológico e se relaciona com a garganta, o peito e a tireoide. Estimula, também, o discernimento.

Magenta: é utilizada para tratar sinusite e zumbido de ouvido. Cria um sentimento de amabilidade, amor e compaixão.

Veja outras cores no link abaixo:

seta

GUIA PARA CROMOTERAPIA: O SIGNIFICADO DE CADA COR

Como usar a cromoterapia

Em geral, na cromoterapia são usadas lâmpadas halógenas com filtros de cor, com os quais se expõem os pacientes uns minutos antes da sessão. A cor é escolhida de acordo com o tratamento particular e é aplicada em uma area local do corpo por vez.

Existem outras aplicações que, por exemplo, utilizam envases de cristal de cores que são enchidos com água e expostos ao sol antes de ser bebida.

Você pode aproveitar os benefícios das cores na sua vida cotidiana, por exemplo, na decoração de sua casa, nas roupas que veste e na alimentação.

Um exercício bom é visualizar a cor que necessita por alguns minutos quando você for meditar ou estiver tranquilo, como antes de dormir.

Leia também: 

seta

FENG SHUI: 10 CONSELHOS PARA DECORAR A CASA

seta

SUCO VERMELHO: UMA ÓTIMA MISTURA PARA A SAÚDE