Fumar emagrece? Descubra a verdade

Fumar emagrece?

Em geral, as pessoas que querem emagrecer, recorrem como medida extrema, ao hábito de fumar. Outras tantas alegam que não deixam o cigarro com medo de engordarem. Muitos dizem que a nicotina teria um efeito de supressão do apetite, algo que pode agora ser desmentido, com base em um estudo publicado recentemente.

Estudos conduzidos pela Washington University School of Medicine e o Centro Monell, localizado na Filadélfia – ambas instituições dos Estados Unidos - chegaram à conclusão de que o tabaco diminui a percepção de sabor da gordura e dos açúcares, o que acaba levando o fumante a aumentar o consumo desses alimentos e, com isso, a ingestão de calorias e o ganho de peso.

Tal percepção foi obtida por meio da análise de quatro grupos de mulheres, entre 21 e 41 anos, com variados tipos físicos e níveis de frequência de fumo, que tiveram de experimentar pudins de baunilha com diferentes quantidades de gordura e açúcar para, em seguida, classificarem de modo objetivo, o grau de cremosidade e doçura de cada um deles. Os grupos eram formados por obesas fumantes, obesas não fumantes, fumantes com peso normal e não fumantes com peso normal.

Em comparação com os outros três grupos, as fumantes obesas tiveram uma percepção menor do sabor de gordura (cremosidade) e doçura, além de terem sentido um prazer menor em comer tais doces.

Yanina Pepino, PhD em Medicina e Julie Mennella, biopsicóloga, alertaram que o estudo apenas fez associações entre fumar e sentir sabor, em vez de tentar identificar as razões pelas quais as fumantes obesas eram menos propensas a detectarem a gordura e a doçura dos alimentos. Os resultados sugerem que a capacidade de perceber a gordura e a doçura - e ter prazer em comer - ficou comprometida em mulheres fumantes que são obesas, o que poderia contribuir para o consumo de mais calorias.

Estudos anteriores já haviam ligado o tabagismo ao aumento das compulsões alimentares e ao maior consumo de gordura, independentemente de um fumante ser ou não obeso.

Estudos também descobriram que os fumantes tendem a aumentarem a circunferência abdominal, o que é outro fator de risco para doenças cardíacas e problemas metabólicos.

Os resultados contribuem para desmitificar a ligação entre fumar e ser magro, e as mulheres são muito mais propensas que os homens a começarem a fumar para darem uma ajuda no controle do peso, disse a Dra. Pepino.

Não há uma boa evidência de que o tabagismo ajude a manter um peso saudável. No caso de mulheres obesas que fumam, parece que o tabagismo pode tornar as coisas ainda piores do que se pensava anteriormente.

Desse modo, ocorre mais um motivo para largar esse vício, imediatamente!

Leia também:

setaCONHEÇA OS ALIMENTOS QUE AJUDAM A ELIMINAR A NICOTINA

seta10 PLANTAS QUE TE AJUDARÃO A PARAR DE FUMAR

setaO QUE ACONTECE EM SEU CORPO QUANDO VOCÊ PARA DE FUMAR? DE 20 MINUTOS A 15 ANOS

Fonte foto: Stock.Xchng